Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!

05
Jan09

 

 

Fazendo contas a 2008...

 

 

Foi um ano, digamos... de descobertas, de aprendizagem...

 

 

Aprendi/descobri que:

 

 

- Sair de casa custa... Mesmo que de peito feito como se tivessemos toda a razão deste mundo.

 

- Nem sempre os pais são considerados "Pais"... Neste caso "mãe"... E que infelizmente há que repensar nesses valores. Uma mãe para mim? A minha avó (que me criou), a D.ª Orlanda (que me tem ajudado imenso), a minha irmã (que esteve lá quando precisei), a D.ª Tina (que me abriu as portas numa tarde de Junho para me emprestar uma lanterna juntamente com o Sr. Augusto).

 

- Ter uma casa só nossa é algo maravilhoso. Pagar a renda, a luz, a água, a comidinha... Custa mas é gratificante. Temos a mais valia que podemos levar quem quisermos ao nosso lar e fazer aqueles serões entre amigos.

 

- Sabe bem perdoar. Ficamos leves...

 

- Custa crescer...

 

- Por vezes o melhor é afastarmo-nos das situações. Não nos torna cobardes. Simplesmente ajuda a mostrar aos outros que somos diferentes e que alguém tem de mudar. Eu, se não estou bem, mudo-me...

 

- Até sabe bem estar sozinha...

 

- Que não custa dar uma segunda hipotese às pessoas... Se chumbarem novamente no "teste" sempre podem voltar para Ludares - Vila Real (LOOOOL)

 

- Tenho força para remar o meu barquito de vida por mais que a tempestade seja forte e o vento me queira levar para trás.

 

- Não precisamos de estar mocados para ver as coisas boas da vida.

 

- Que a amizade é uma coisa bonita mas sem me chatearem a cabeça com "mixuruquices" porque não tenho paciência para o diz que disse e invenções...

 

- Devemos sempre erguer a cabeça por mais que esta nos pese com a consciência. Não me posso envergonhar do que fui. E orgulhar-me sim, de tentar sempre ser melhor...

 

 

 

 

 

 

Pequenas coisas que agora me lembro e que fazem sentido neste ano que passou...

 

 

 

 

 

 

 

 

Para este ano espero...:

 

 

- Superar-me... sempre!

 

- Manter a minha casa tal como está.

 

- Conseguir um emprego melhor onde me sinta mais realizada.

 

- Encontrar-me cada vez mais... Sabe estar e ser...

 

- Não voltar atrás...

 

- Encontrar alguém que me faça bem... No sentido de encaixar comigo... Se não for possível peço então que...

 

- Saiba estar comigo mesma...

 

 

 

 

Ainda para este ano:

 

- Não vou esperar voltar à Faculdade... Vou aguardar pelos 23...

 

- Também não espero tirar a carta... Algo me diz que ainda não é tempo...

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

 

Sinceramente? Cada vez gosto mais de mim...

 

 

Sei que já disse isto mais que uma vez mas... Tenho de me recordar sempre disto...

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

03
Dez08

 

 
Depois de ter saído mais cedo e me ter mentalizado que ia ao dentista (da maneira como estou eu aceito qualquer médico desde que me tire o dente do siso nem que seja à chapada…) não é que chego lá e “Pah olhe não tem consulta…”. “Quê????!!!!”. Só tive de me conformar… Agora ando aqui com um medicamento que se me faz uma espécie ao estômago… Tipo… Ando gravidamente mal disposta com isto… É uma sede e umas náuseas. Só me apetece leite com chocolate, água, café mas principalmente muita mas muita água! E fresca (o que neste tempo é óptimo para a garganta…). Curo-me disto arranjo uma broncopneumonia…
 
 
 
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
 
 
Há mais de uma semana que tenho andado de volta dos classificados do Correio da Manhã… E talvez seja por isso que me doem os dentes. Só agora tive tempo de falar sobre isto uma vez que ando “Em Busca do Trabalho Menos Desencantado Possível IX”. Então agarro-me aos e-mails que me enviam com ofertas e aos classificados como se não houvesse amanhã. Acontece que há anos que não dava uma vista de olhos pelos classificados por inteiro a não ser pela parte dos animais quando o meu pai ma estendia, a medo, não fosse eu querer um Chihuahua, um YorkShire, ou mais algum gato lá para casa. De forma que, e passados tantos anos, dou comigo a pensar algo como “Este mundo está perdido.” e “Eu afinal sou uma retrógrada e em nada liberal como pensava eu que era…”.
 
Pois bem, estava eu a abrir as páginas dos classificados no comboio, de manhã, algo muito pouco usual uma vez que não há espaço para isso com a carrada de pessoas apertadas que ali vão, e eis se não que Traz! Como se estivesse num filme Western e se apenas ouvisse aquele barulho do vento antes de se sacar da pistola. Uma mão cheia de rabos espetados, tangas e corpos deitados em camas. Mesmo em cheio! Arregalei os olhos. Senti novamente o vento do Oeste, desta vez foi como se levasse nas trombas com aqueles rolos de cardos que rolam pelas ruas desertas e pimbas! Fechei o Jornal o mais depressa que pude e enfiei-o na mala. Não fosse alguém ter visto aquilo e pensasse que era alguma revista porno. Ou que eu estaria interessada naquele tipo de serviços… Corada, tentei disfarçar olhando pela janela e tal mas a visão não me saía da cabeça. Uma vez no aconchego – aquele que se pode arranjar minimamente – do escritório, abri novamente os classificados e mais uma vez os tais rabos espetados. Mas, senhoras e senhores, dezenas deles! Eu diria mais! Centenas! Três páginas, perdão, talvez umas quatro, de mulheres e homens e anúncios de “gatinhas gostosas”, “chinesas pervertidas”, “massagistas romenas” e todo o tipo de prestações de serviços sexuais muito sigilosos e discretos.
 
Novamente o vento do Oeste que se sente na minha cabeça – aquele sibilo de quem está a apanhar do ar e nunca viu aquilo na vida – e pensei: “Mas, mas! Mas no meu tempo isto não era assim! Onde andam as páginas dos móveis, das cassetes e discos de vinil para vender ou trocar??? E os filmes em VHS??? Ao menos pusessem já em DVD… E os instrumentos musicais? Daqueles de sopro já usados cheios de baba e cuspo…”
 
Pois é, meus caros, agora os instrumentos de sopro são outros. Filmes, quem quiser que os faça, mas caseiros e muito ou pouco hardcore – conforme o gosto de cada um – e móveis poucos ou nenhuns…
 
De maneira que nem é preciso nenhum tarado ir comprar revistas porno, compra o Correio da Manhã, abre os classificados e tem ali à disposição cus e ratas que dá para se satisfazer visual e “manualmente” quantas vezes quiser… Além de que basta virar mais páginas e sempre se pode cultivar com a informação dada. Gosto deste tipo de Jornais. É para todo o tipo de pessoas… Leitores satisfeitos…
 
Ainda me pergunto quem é que telefona para marcar uma “massagem com trav. Tatiana 19a. O.nat. primeira vez pass. ou act.”. A parte do “primeira vez” é que me faz rir porque se para elas/eles é a primeira vez eu então chamo-me Mónica Virgínia ou Cátia Vanessa e nunca vi um pénis na minha vida. Eu, sim, sou virgenzinha…
 
ATENÇÃO! Que eu não tenho nada contra. Simplesmente podiam, tipo, editar menos cus e patarecas. É que eu vejo o meu e a minha (com o passar dos anos espero conseguir essa proeza até ao fim da minha vida) todos os dias. De maneira que, epah, ver as das outras é assim… Pronto… Não podem fazer um “classificados” só para mim? Não? Está bem, que posso eu fazer…? Não mesmo? Okay…
 
 
 
 
 
E para terminar não há ninguém que peça secretárias…
 
 
 
 
 
 
Ah só mais uma coisa! Às pessoas que vêm aqui através dos meus posts "Secso e cocó à mistura" e "Pornografia"... Escreve-se "sexo"... É que há muito boa gente a escrever "secso" - eu pensava que não quando escrevi a palavra assim mas a verdade é que há - ... E também há quem escreva no Google "Eu quero ver coisa pornográfica" a par com "Fotos pornográficas nojentas..." e vem parar aqui...
 
Melhor ainda são as pessoas que escrevem "Vozes na cabeça" e vão parar ao Post "Eu ouços vozes na minha cabeça" mais precisamente "pensamentos mentais matinais" que também aparece muita gente à procura desses "pensamentos". Ontem também houve quem procurasse pela Dalila Carmo e não raras as vezes que o meu post "IRRA!" seja o mais visitado...
 
É de salientar que:
 
- O meu blog seja visitado pelo Brasil em força à caça da tal pornografia e das ditas "vozes que ouvimos dentro da cabeça". (Não fui eu que disse mas sim ali o "visitómetro"...)
 
- O Porto e arredores também está em alta por aqui (vénia às pessoas do PORTO que são lindas! - Vocês são GRANDES e me aguardem um dia que isto em Lisboa não presta.) que normalmente lêem o que foi escrito minutos antes (Num há cá taradices só pessoas sérias!). 
 
- E Lisboa temos Cascais (vou começar a falar das tias paxaxas um dia destes...), Sintra (Travesseiros!) e Margem Sul também...
 
- Mais para o Norte lá em "xima" memo lá "enxima": ontem vi quem escrevesse algo como "eu quero ber gaijas" com "b" em vez de "v" e viesse aqui parar...
 
- Os "Algarves" e "Alentejos" nada querem com o SouMinha...
 
- Hoje tivemos visita do Funchal (Madeirinhaaaa).
 
- Mas Ilhas Açoreanas não temos tido.
 
- Depois ainda houve um/a alemão/ã que aqui parou por engano.
 
- E se não estou em erro alguém da Irlanda também por aqui caiu mas fugiu logo assim que viram que o Blog era de uma gaja que habitava numa província de Espanha...
 
E pronto é para mostrar as estatísticas!
 
 
Aquela função que tenho ali em baixo dá muito jeito, realmente...
 
 
 
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

24
Nov08

Coisas...

por Pobre(o)Tanas

Por momentos, enquanto fumava o cigarro das 11:23, tive uma ideia luminosa!

 

Já sei o que vou oferecer pelo Natal! E para todos!

 

Ou seja, mais um problema resolvido.

 

 

Pitititititititi!

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

Não contei à bocado, mas vou contar agora.

 

O meu excelentíssimo pai, resolveu pegar na minha avó e na pseudo-namorada, e por fim veio visitar-me. Já não nos víamos há mais de um ano. E agora perguntem-me lá o que foi que falámos...

 

 

Trabalho! Ora nem mais! Depois de um ano a conversa girou em torno do meu trabalho. Ainda rodopiou entre "Tens o tecto da wc a precisar de obras" e "Essa aparelhagem que tens aí não presta para nada comparada com a que deixaste lá em casa.".

 

Estiveram comigo 45 minutos, no máximo. Cinco minutos lá em casa, que foi o tempo de ver os defeitos e pousar o saco das laranjas da quinta, e mais quarenta para beber café e passear pelo jardim de Queluz. A namorada dele não abriu a boca - para não lhe sair trampa - e a minha avó, sorrateiramente, enfiou-me 80euros nos bolsos.

 

Quando vi a velhota, que me criou e foi mais que minha mãe, senti um aperto cá dentro. Não lhe dou mais que dois anos de vida. Está tão magra e fraquinha. Espero que não seja por minha causa pelas saudades e muito menos por causa do trabalho que aqueles dois lhe dão.

 

 

 

Obrigada, pai, era mesmo isso que eu precisava de ouvir. Mas mesmo que a aparelhagem não toque CD's e o tecto da wc me caia em cima da cabeça, enquanto eu estiver a tomar banho, eu não saio dali. Mais, não voltarei nunca para casa.

 

Capiche?

 

 

 

 

Só me pesa a consciência pela minha avó. Mas a vida é mesmo assim. E quando me enterrei só me apontaram o dedo e nem ela saiu em minha defesa com medo do meu pai.

 

Temos pena!

 

 

 

Chamem-me neta ou filha desnaturada, chamem-me ingrata, traidora... Sou eu sei o que passei...

 

 

 

I don't care!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

28
Out08

Hoje estou como o vento!

por Pobre(o)Tanas

 

 

 

Alguém que faça este vento paraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaarrrr

 

  

 

 

 (Em Benfica está quase assim... - foto tirada da net)

 

 

 

 

 

A minha avó, quando eu era uma criancinha irrequieta e fazia coisas impensáveis, tais como enfiar o capacete da moto do meu pai, meter-me no carrinho a pedais que eu tinha e descer a quinta pelos caminhos inclinados, por cima de pedrinhas, pedras e calhaus, muita terra e lama, couves e alfaces, dizia-me muita vez enquanto eu passava por ela a alta velocidade:

 

 

- Estás como vento, criança endemoninhada!

 

 

E assim estou hoje...

 

 

Ainda bem que já não uso suspensórios, porque uma vez fiquei presa por eles numa árvore, durante uma hora, até que ela me descobriu de cabeça para baixo...

 

 

 

 

Já contei que num só dia fui 3 vezes ao hospital?

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

27
Out08

Convites que se fazem...

por Pobre(o)Tanas

 

 

- Sou-te sincera. Cafés não! Estou farta de cafés! Bate coros de gente que pensa que sou vaca em análise para talho. Estou na minha. Sou lixada. E quem me quiser tem de me aceitar como sou. Quem não quiser nem sequer tente. Cafés chega! Eu nem gosto de café!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

- Podemos ir ao Zoo?

 

 

 

 

 

 

 

 

 A isto se chama persistência...

 

 

 

 

 

 

Porque a mim???????? 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

Hoje a minha frase mental matinal é.....................................................................................

 

 

 

Eu sou GRANDEEEEEEEEEEE porque me espreguiço muito!

 

 

 

Não sei quem é grande mas eu não sou de certeza... Mas espreguiço-me imenso!

 

Opah não ha forma destas frases sairem daqui do cucuruto?

 

 

Haja paciencia!

Autoria e outros dados (tags, etc)

17
Out08

^^!!!

por Pobre(o)Tanas

O que me riiiiiiiii!!! Ai como precisava! Ri-me tanto!!!

 

 

Um senhor interessado no trabalho de jardineiro, ligou. E enquanto me falava das experiencias profissionais comecei a ouvir um burulho de fundo muito doido! Ou seja...

 

 

UMA FOCA!!!

 

 

O senhor trabalha no Zoo.

 

 

Ri-me porque ela parecia estar mais interessada na minha lenga lenga acerca dos requisitos para este trabalho, que ele.

 

 

(Foto tirada do site do Zoo de Lisboa) - acho que foi esta malandra!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Este jogo japonês vai mostrar se o teu cérebro
é mais jovem ou mais velho que o resto do teu
corpo!

Como jogar:
1. 'Start'
2. Aguarda pelo 3, 2,  1.
3. Memoriza a posição dos  números e clique nos
círculos, sempre do menor para o  maior número.

Nota: Começa com o ZERO se ele estiver presente.

4. No final do jogo, após várias jogadas, o  computador vai dizer a idade
do teu cérebro!!!

Boa Sorte!

 

 

Cliquem ali ----------» http://flashfabrica.com/f_learning/brain/brain.html

------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

A mim deu-me 28 anos como resultado. Logo quando nasci o meu cérebro já era de uma criança de 7.... O que quer dizer que tenho uma inteligência brutal... 

 

Já vos disse que aos 12 anos o meu Q.I. era de 114? Não? Pois bem agora já sabem que sou um génio e uma supra sumo da batata frita!

 

 

Ok... Vou-me deixar destas idiotices de me auto-promover, além disso foram testes feitos na escola e esses não contam muito... Sou triste!

 

------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Ps. Esta noite sonhei que a minha foto vinha atrás de mim. Fiquei com medo que as minhas feições e roupa da altura fossem agarrar-me... 

 

 

Vou esconder-me ali atrás já volto...

 

 


(para que conste por escrito... todas as fotos do blog são tiradas da net, menos as que me representam, as das miudas e dos meus passeios... A do cabeçalho também é minha... Tenho dito... Assim não me acusam de roubar coisas... AH! E aquela que pareço saída do circo de óculos, infelizmente também é minha:( ) 



 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D