Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!


15
Abr08

Apeteceu-me escrever...

por Pobre(o)Tanas

 


 


  Falei com o meu namorado (?) agora... Realmente não sei como estão as coisas...


 


  Ele disse que entendia a minha posição e que eu fi-lo abrir os olhos. Eu disse-lhe que não fazia aquilo porque não gostava dele mas que ambos precisávamos de um tempo para criar bases. Porque sem bases não há nada que sustente uma relação. Que ele precisava de se encontrar, que não podia viver em sociedade enquanto não vivesse o seu próprio íntimo... Há que contar só connosco. Que ele não podia estar sempre à espera dos pais porque estes também não têm uma relação boa. Que esperam que ele se torne independente para que cada um siga a sua vidinha.


 


  Eu compreendo a situação dele mas eu sinto que daqui para a frente ele precisa de caminhar e enfrentar as coisas sozinho. Contar só com ele. Amar-se primeiro a si que os outros. Erguer os seus alicerces...


 


  Sinto-me mal mas sei que se não estiver bem também não lhe posso dar estabilidade...


 


  Que faço eu??? Vida complicada...


 


  Pareço aquelas miudas que escrevem "O Gonçalinho hoje não me deu atenção...Que faço???"... -----» Ando a perder qualidades... 

Autoria e outros dados (tags, etc)


5 comentários

Sem imagem de perfil

De samueldabo a 16.04.2008 às 11:52

Pobre, amiga.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Pobre, amiga. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Uf</A> !, não vinha aqui há dias. E tu, pelos vistos, recuperaste dos dias quietos. <BR>O mais difícil é sempre dizer, olhos nos olhos, a verdade que nos vai na alma. Tomar a rédea e seguir a rota que nos parece mais acertada. <BR>A única certeza é saber o que não queremos. <BR>Um beijo de amigo

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D