Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!


10
Abr08

Sonhos de Infância....

por Pobre(o)Tanas

 


 Na infância queremos ser tudo e mais alguma coisa... Cada criança muda, "O que quero ser quando for grande", na grande maioria das vezes... E eu não fui excepção.


 


 Nunca deixando de lado a hipótese de ser cantora, dançarina, professora, patinadora profissional ou apresentadora de televisão, até aos meus 14 anos queria ser veterinária, tratar dos meus bichos e fazer tudo o que estivesse ao meu alcance. Cantora e dançarina era giro mas só em frente ao espelho do quarto, professora passou-me muito ao lado (acho que ja estava a prever que iam haver telemóveis), patinadora estava fora de questão, no Ribatejo nestes anos todos só vi neve há uns 3 anos e parece-me que antes disso só há 70 anos antes é que tinha nevado... 


 


 Após alguns desenhos, enveredei pela área das Artes... Como até desenho bem pensei que tinha futuro... Na Baixa de Lisboa...


 


 Depois passei para a fase da escrita e com ela o Jornalismo que é mesmo aquilo que quero... Ou trabalhar numa rádio... Nem que fosse a limpar as sanitas... Só o facto de estar a trabalhar numa rádio me deixaria feliz... E uma pessoa está sempre à caça de oportunidades.


 


 Nunca quis ser actriz para não me expor o que fez com que desistisse da ideia de ser modelo e apresentadora também.


 


 Pensei em economia, mas nunca me dei bem com números...


 


 Queria ter uma loja de decoração de interiores ou de animais mas como os animais para mim são tudo ainda os levava a todos para casa o que não rentabilizava o negócio... Portanto o mais provável seria trabalhar num canil mesmo que fosse voluntária ou construir um na quintarola da minha avó... O que não me deixaram...


 


 Sonhei em pertencer às equipas do INEM desde que vi o Médico de Família, até que aos 17 me inscrevi na Cruz Vermelha para os cursos mas depois da operação aos joelhos fiquei sem muita coragem.


 


 Queria ser educadora de infância, mas na altura tinha os meus 8 anos e como achava os meus coleguinhas uns chatos pensei que se o fosse os conseguiria mudar mas isso não aconteceu e a minha paciência já não é o que era e o meu autoritarismo foi-se...


 


 Agora, apesar de querer ingressar no Jornalismo, sonho mesmo em não ser nada, tirar a carta de mota e viajar de mochila às costas com a minha gata no sidecar...


 


 



 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D