Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!


02
Abr08

Abaixo as fotocópias...

por Pobre(o)Tanas

 


 


  Eu sinceramente estou farta desta minha vidinha de totó. Não tenho um único momento para mim. Além de que me afecta religiosamente (sim a minha religião é contra isso) que me mandem tirar fotocópias de manhã quando a puta da fotocopiadora está mesmo ao lado deles. É só esticar o braço quase. Tenho de percorrer o escritório quase todo para ir a merda da "fotocopiadeira" quando a mais ninguém apetece levantar o cu da cadeira e "esticar as pernas"... 


 


  A sério, não fodam um touro logo pela manhã... Eu bufo, eu rumino as merdas mas chego à conclusão que sou sempre a mesma otária que não chegará a lado nenhum a tirar fotocópias e a fazer merdas que mais ninguém se quer dar ao trabalho, num escritório de terceira categoria.


 


  Estou a ficar receosa de continuar sempre assim. Tenho medo de daqui a 15 anos, se tiver filhos, eles digam "Ah e tal a profissão da minha mãe é tirar fotocópias..."! Fds! Grande desgosto!


 


  Sou uma besta de trabalho e não saio da cepa torta... Que tristeza!


 


 


  Para rematar, hoje ainda é quarta feira... Só dormi 5 horas o que mostra bem a birra de sono que tenho.


 


 


  Acho que vou começar a cobrar...


 


 


Autoria e outros dados (tags, etc)


7 comentários

Sem imagem de perfil

De Zita a 02.04.2008 às 11:49

Somos duas, tótós que trabalham que nem desgraçadas e no fim a recompensa do "boss" é palavras tortas e ao mesmo tempo certeiras à nossa personalidade. Atura-se gente mal formada que tiveram a felicidade de nascer em berço de ouro e pouco fazem pela vida, atura-se filhos dessa gente, atura-se tudo e mais alguma coisa. Liga-se a televisão e aturam-se noticias desagradáveis, gente feia, novelas e actores ridiculos.
Enfim quem nos atura a nós? ninguém! aturemo-nos e no fim termos a coragem de nos olharmos e dizer que somos felizes porque ultrapassamos tudo isto e vivemos mais um dia.
Gosto do seu blog, descobri hoje mas vou ler com tempo o que está antes.
Sem imagem de perfil

De Pobre(o)Tanas a 02.04.2008 às 12:13


Habituámo-nos a comer os restos deixados pelos outros. Mas cada migalhinha é benvinda. Mas sabe não se dane por ter de aturar os nascidos em berço de ouro ou platina ou raio que os parta. Olhemos para nós e vejamos as qualidades de desenrascanço e o quanto felizes somos. Eles estão na bolha deles. Quando esta rebentar vão cair na nossa atmosfera cheia de micróbios de pobres - aquilo que possuímos para eles apenas - e definhar porque não possuem anti-corpos para a vida difícil...
Tenho, sim, muita admiração por aqueles que nasceram em berço de ouro mas que sabem o que custa...
Já estive no meio dos que não sabem o que é andar a contar trocos e sinceramente é triste de se ver... Até doi...
Sem imagem de perfil

De Estupefacta a 02.04.2008 às 19:30

Migalhas também são pão.
Obrigada pelo teu comentário, obrigada pelo teu testemunho extraordinário , que revela uma força e vida interiores impressionantes.
Tudo de bom para ti.
Beijinho
Sem imagem de perfil

De tontices a 02.04.2008 às 20:37

O que eu me ri com este post lol. Francamente então esses gajos nao levantam o cu da cadeira para tirar uma cópia? dasse eu já me tinha passado rsrsrs.
beijinhos
Sem imagem de perfil

De Pobre(o)Tanas a 03.04.2008 às 13:53



Obrigada. O mesmo lhe desejo para si e para a sua filhota. Também tenho uma relação com a minha mãe parecida com a sua com a sua filha pena que houvesse gente a querer quebrar essa ligação mas mãe é sempre mãe. Guardou-nos dentro dela 9 meses. Bem haja
Sem imagem de perfil

De Pobre(o)Tanas a 03.04.2008 às 14:06


Eu não me posso passar... É o meu dinheirinho que está em jogo...
Sem imagem de perfil

De Pobre(o)Tanas a 03.04.2008 às 14:06



Mas fico contente por alguém se rir

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D