Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!

24
Jun11
Tem sido complicado vir aqui. Falta de tempo, cansaço, muito cansaço, e sinceramente tem dias que prefiro plantar batatas no FarmVille ou construir uma escola no CityVille que vir aqui e despejar a trampa que ouço o dia todo no trabalho ou a vontade que tenho em fazer uns bons quilómetros, atravessando o oceano e dar umas valentes bolachadas em certos Americanos mal-educados que ligam para o escritório, ou abanar meia dúzia de Chineses que tentam vender coisas que em nada nos interessam e quando dizemos "Thanks, but no thanks" eles desligam o telefone na nossa cara voltando a ligar no dia seguinte como se nada tivesse passado.

Depois de semanas e semanas a salivar por este fim de semana prolongado, pois para nós, aqui, seria de 4 dias, eis que o Dr. Where's Wally (ou Waldo), decide alterar algo que há 30 anos era normal na empresa e nada de ponte para ninguém. Estava tudo a pensar que seria igual aos anos anteriores quando ele descobre que ninguém está a pensar trabalhar na sexta e vá de fazer grande filme e ralhar, espernear, contorcer-se e maldizer de tudo e todos. Depois de toda a revolução, cai nele e resolve dizer que quem quiser pode tirar férias. Certo que no fim disto tudo só ele, eu e a Miss Coquette é que fomos bulir. Pois que a restante malta meteu férias. A medo preferi ir do que ele passar-se da cabeça e mandar-me de férias permanentes. A Miss Coquette como não lhe interessava ter fim de semana prolongado, deveria estar com falta de dinheiro para ir a Badajoz às compras, veio toda feliz e contente trabalhar como se a vida dependesse disso e ganhasse uns pontos a mais em relação a quem tirou férias. No fim disto ganhamos o mesmo que aqueles que ficaram em casa a descansar: um B.C.M.... Para quem não sabe, um Balde Cheio de Merda p'la proa.

Aguardo, desta forma, pela primeira quinzena de Agosto para finalmente ficar de papo para o ar.


Já sou "AVÓ"!!!!

Filho da mãe do cão, deu uma pinada de 10minutos e faz meia dúzia de cachorros!

Aquele a que temos direito já está mais que vendido pelo que em Agosto vou entregá-lo aos futuros donos.

Estou babadíssima com os meus netos! 4 meninas e 2 meninos!











Não caibo em mim de cada vez que vejo estes pequenos! O meu peito enche-se de alegria! Só me apetece beijá-los! Lindos, lindos, lindos! Ficava com eles todos dentro de um cestinho... E passava toda uma vida a mirá-los assim quietinha...

Mas depois fico com falta de ar... E tudo isso por causa do esforço físico. Todos os dias, religiosamente, temos ido correr para o campo da bola aqui da aldeia. Fazemos aquecimento e ali vamos nós... 1 voltinha... 2 voltinhas... 3 voltinhas... 4 voltinhas e paramos que por enquanto não dá para mais. 1 voltinha a andar, outra voltinha a passo rápido e no fim uma corrida em velocidade. Posto isto uns abdominais. Se estamos podres de bons? Não, mas havemos de lá chegar... Daqui a uns anos... E se pararmos de comer merdices!

Depois temos tido a visita da minha mãe quase todos os fins de semana. Da ultima vez resolveu trazer o meu tio que já há mais de 4 anos que não me via e foi preciso divorciar-se para se apegar momentaneamente ao seio familiar... Eu diria mais, apego à "mama"... da conta familiar. Mas isso são outros quinhentos que eu sou pessoa que partilha!!!

Já dizia a outra senhora que lê cartas que eu nunca seria rica, seria sempre remediada, que não viveria com dificuldades, agora rica jamais. E eu já interiorizei tudo isso contudo os 3 Pastorinhos também assistiram a um Milagre e nunca pensaram eles que isso fosse acontecer enquanto pastavam ovelhas...

Se estou triste de não ter tido um fim de semana prolongado? Não, nem por isso... Eu até sou uma pessoa calma e aguardo a minha vez...

Já tirei senha e tudo!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Confesso que sou uma preguiçosa no que toca a ir ver a caixa de e-mail, ainda para mais tendo umas trilhentas contas para as mais diversas coisas. Umas profissionais, outras para parvoíces de e-mails que me mandam para me rir, outras de blogs e procuras de emprego... Depois de andar o dia todo a ver e-mails no trabalho que são às centenas por dia com porcarias, nem me dá vontade de ver os meus. Mas hoje resolvi ver o do gmail e assim vi algumas mensagens aqui do Aventa Pr'aí que ainda não tinha respondido :S

I'm so sorry!!!

Uma delas era da Diversidades e Variedades a.k.a. Agridoce - podem ver o cantinho dela aqui  - e que no post em que falo que deixei de fumar ela se sente com vontade de seguir as minhas pisadas e me questiona que pensos usei.

Pois bem apesar de ter respondido agora mesmo à questão da Diversidades no sítio próprio, quero também aqui deixar para que outras pessoas saibam e se sintam com vontade de pelo menos experimentar em deixar de fumar. Nem que sejam uns dias, os pulmões agradecem... Depois pode ser que se tenha sorte em pensar que já que estivemos aqueles dias sem tocar num cigarro porque não ficar mais uns tantos?

Usei os pensos NiQuitin Clear 14 mg e sim passo a publicidade pois resultaram! Sempre me disseram que era tanga mas eu estou aqui a dar o meu testemunho em como me ajudaram e ao meu Jacinto. São puxadotes - cerca de 40 euros - mas comparado com o que se gastava por mês cá em casa em tabaco não é nada. Existem 3 fases mas nós usámos a Fase II que é para quem fuma entre 10 a 20 cigarros por dia - eu estava nos 20 em 24h e o Jacinto nos 40... No entanto só usámos um penso inteiro cada um durante 2/3 dias depois passámos para meio penso para poupar. Acabámos uma caixa os dois ao fim de uma semana e a partir daí não usámos mais nada pois achei que já que era para deixar de fumar não era para ter pensos com cenas colados à pele.

Nâo é fácil. Não o é mas já vivi coisas bem mais dificeis na minha vida e me custaram horrores comparadas ao deixar de fumar. Hoje, ao fim de um mês e quase 1 semana sei que é cedo para ter percepção se será durante muito tempo ou não mas já que cheguei aqui mesmo com stresses pelo meio no trabalho e na minha vida pessoal e não me agarrei ao cigarro acho que conseguirei ir em frente. Tenho noção que quando for velhinha que quero fumar os meus cigarrinhos pois estarei no fim de tudo e nada como um cigarrinho para acalentar uma alma. É confuso por ter acabado de dizer que penso conseguir ir em frente e depois dizer que daqui a uns 40/50 anos me vejo a fumar após tantos anos sem o fazer mas só quem fuma ou fumou sabe o quanto um cigarro sabe bem. Bom não é bem o sabor pois não é agradável mas tudo o que engloba um cigarro, tudo o que o envolve e o acto de o acender, sorver o fumo e deixar que o que nele existe entre no nosso organismo, que nos possua e nos traga uma sensação de relaxamento, de bem estar e muitas vezes de clareza quando tudo o resto à nossa volta parece confuso, é divinal. Um cigarro muitas vezes tira-nos de confusões. Evita que nos dê um colapso com os nervos e façamos merda.

Com o cafézinho é o auge de uma manhã, de uma tarde. Depois da refeição é a cereja no topo do bolo. Uma sobremesa após a sobremesa. Um cigarro é como um/a amigo/a que nos acarícia as costas quando estamos na fossa e no fim fornica o/a nosso/a homem/mulher e arranja forma de ficar com tudo o que é nosso... Passados anos, se tivermos azar, arranjamos algum problema nos pulmões, na garganta ou uma merda qualquer cancerígena por causa do nosso tão estimado companheiro de anos... Um fumador pensa nisso muitas vezes no entanto não tem força para dizer que não como qualquer viciado. Nem sequer consegue conceber na cabeça a ideia de não fumar. Isso parece tão estranho. Por vezes até parece que dói pensar em deixar de fumar. Se deixamos de fumar não sabemos o que fazer com as mãos, com o tempo livre, com aqueles minutos que temos há anos no nosso trabalho em que pausamos, depois das refeições não há nada mais que nada e o café passa à condição de solteiro. O dia que queremos deixar é sempre amanhã. Essa é a primeira prova a ser ultrapassada. O amanhã passar a hoje e o hoje a este preciso momento.


Quando amanhã finalmente chega, quando o momento do último cigarro chega, quando finalmente lhe viramos costas, quando deitamos o resto do maço no lixo ou o damos a alguém - eu guardei o meu, o Jacinto doou o dele aos carenciados da nicotina no trabalho - começa uma nova etapa. Todo o tipo de variações de humor e físicas. Muita gente desiste logo nos primeiros dias. Eu fui das que desistiu uma vez ao fim de 3/4 horas e de 4 dias também. É nisso que os pensos ajudam. Os primeiros dias é o vício de boca que fala mais alto. Dar connosco a meter a mão ao bolso em busca do isqueiro. No entanto decidi por mim não usar mais que uma semana e ir reduzindo a dose. Ao fim do 4.º dia achei que era muito forte e fui trabalhar sem nada. Ao principio da tarde mal conseguia abrir os olhos, a boca estava seca e tinha dores no peito apesar de não me apetecer mesmo fumar, era apenas físico e não aquela coisa psicológica. Contudo se se for reduzindo e cortando o penso ao fim de uma semana já conseguimos andar bem sem nada. O cheiro do tabaco passa a ser um misto de saudade e repugna. Cheira bem mas faz dores de cabeça. O humor também passa por picos. Há que ter força de vontade para não desancar as pessoas. Já testemunhei desmames complicados: o meu pai esteve 4 anos com a birra... Ao fim desses anos voltou a fumar. Também dá vontade de chorar sem saber porquê... É difícil gerir tudo isto de cabeça fria mas muitas vezes vendo os outros fumar pode ser até positivo. Pelo menos para mim é. Sei que se estão a prejudicar. Fazem-me alguma inveja mas penso que eu estou a caminho de mais um dia sem tabaco, que estou a limpar e eles bem pelo contrário e assim sinto-me com forças para continuar a minha jornada.

Depois há algo muito bom também. Fazer esta caminhada a dois. Não tem lógica fazê-lo sozinha/o quando o/a companheiro/a fuma ao nosso lado. Não. É rebentar com a nossa força de vontade, é ser-se massoquista! Assim os dois podem falar do que sentem, podem dar força... Apesar que as birras também são a dobrar. Mas acho que compensa!

Continuo a dizer que não é fácil mas fazer quimioterapia por uma doença qualquer derivada do tabaco custa muito mais. Apesar de termos feito pelo dinheiro pois quando se é jovem nem se pensa nas doenças, agora já páro para pensar no resto e saber que a cada dia respiro melhor, que amanhã será melhor o que ajuda imenso...

Por isso nos tempos que estão a chegar, além de ver um futuro financeiro muito negro acho que não nos podemos dar ao luxo de adoecer pois não se sabe que pessoas desumanas encontraremos pela frente, que direitos nos serão vedados e se não nos poderão afastar do nosso ganha-pão por isso...

Como tal muita força para pensarem em deixar de fumar... Só vos desejo isso. Força para pensar em deixar por enquanto. O resto vem por acréscimo e um dia de cada vez... O ser humano é um animal de hábitos e o hábito tanto se cria como se destrói. Deixo o conselho de o fazerem de mente aberta e ver até onde se vai e somente isto... Nada de muitas expectativas para depois não dar em nada pois não vale de nada dizer que se deixa e andar aí às escondidas a fazê-lo. Se é para tentar é para tentar e tentar é uma coisa que se faz devagar e com muita paciência... Nada de muita pressão pois um viciado é a última coisa que precisa. Não precisa que lhe perguntem 30 vezes como se sente e que lhe digam outras 50 que o facto de estar de birra é falta de tabaco pois isso já ele sabe desde que acordou de manhã...

Fumava L&M Light e agora o que consumo light são algumas coisas para tentar não aumentar de peso mas isso é outro tema para um dia destes quando eu estiver com a birra e ciente que irei ficar badocha devido à quantidade de comida que tenho ingerido...





Avento as músicas do fim-de-semana...


(Prefab Sprout-Cars and Girls)

(Daryl Hall & John Oates-Maneater)



Autoria e outros dados (tags, etc)

21
Jan11

Pensamentos que fluem...

por Pobre(o)Tanas
Resto de semana calma nas Calhoeiras... Tão calma que desespero por emoções para a minha escrita fluir. Claro que não quero que me chateiem mas um abananço naquela empresa dava jeito.

O Eng. Falta-me um Bocadinho Assim, resolveu à sua maneira pedir desculpas por me ter tratado abaixo de bicho do esgoto, pelo que no dia seguinte enquanto eu bebia o café da manhã, perguntou-me se me podia acompanhar também num cafézinho. Não pediu mesmo desculpa mas eu também não estava à espera disso pelo que esta atitude e o facto de não me ter chateado os restantes dias fez com que a minha mira da caçadeira mental mortal que possuo se desviasse dele. Continuando apontada ao Dr. Where's Wally? aguardando um dia em que esteja com a telha e eu tenha dormido mal para a coisa se dar. Mas nem esse me tem dado volta às entranhas com a sua parvoíce, bem pelo contrário, o que me deu uma certa paz de espírito estes dias.

Uma das razões que também me levou a estar sossegadinha estes dias foi a minha dor de coluna. Na terça-feira à noite a dor afectou também as pernas o que me fez deitar mais cedo e nem apetecer fazer o que quer que fosse. Contudo desde ontem que pouco ou nada me tem doído o que quer dizer que estou pronta para outra seja lá o que aí vier de seguida.

Amanhã queria ir ao cabeleireiro arranjar esta trunfa mas não conheço nenhum aqui. Já andei a sondar e a perguntar às minhas colegas mas chateia-me ir a um sítio que não conheço e também estou com preguiça de ir gastar dinheiro ou fazer algo que depois não gosto e fico de neura. Estava para ir fazer umas nuances assim mais para o ruivo uma vez que tenho o cabelo quase que preto - apesar de a minha cor ser castanha escura com reflexo vermelhos - e cortar as pontas ou fazer uma franja mas não me estou a ver de franja nem de cabelo mais curto. Nem me estou a ver dar um balúrdio por meia duzia de nuances. Isso é para a minha mãe e as restantes tolas da idade dela que vão ao "salão" 3 vezes por semana e já nem se lembram da cor natural do cabelo. Que os têm tão entesados que tenho esfregões para os tachos mais suaves. Que se aparece um branco arrancam-no logo.

Eu então estou deserta que me apareçam os brancos. Dar-me-ão mais segurança no que toca ao estatuto da idade. O meu reino pelos 30 anos que nunca mais chegam. E quando chegar aos 30, anseio pelos 40 e por aí a fora. A sabedoria da idade. Isso sim é o mais importante. Não vasculhar a cabeça para eliminar qualquer vestígio do tempo. Dizem que os 20 passam num instante. Eu sinto que tenho 23 há imenso tempo... Ou o tempo passa devagar ou sou eu que sou parva...

Andei com esta música na cabeça ontem e hoje... Bom para falar a verdade também a cantei um bocadinho enquanto arquivava umas papeladas. Preciso de música para me orientar os sentidos e esta é a música da semana.

Adoro-a!


Rádio Macau - Cantigas D'Amor


E a quanta gente que passou na nossa vida não nos apetecia dizer algumas destas coisas acabando as frases com um simples "Querias e eu até podia fazer mas não me apetece!" Daí que vim para longe para não ter que dizer tantas vezes "não te debruces tanto que ainda cais" e o "não sei se me estás a acompanhar". Pelo menos aqui ando ao sabor da maré com o meu Jacinto longe de gente doida! Quem lá ficou que se ature e se amanhe.

E por falar nisso, estávamos a pensar ir a Ibiza este ano com a minha mãe e o Agente Benfica mas da maneira como as coisas por lá andam - mais frias que o frio aqui no Alentejo - penso que iremos adiar a viagem para irmos só os dois ou arranjar um qualquer grupinho simpático que nos possa acompanhar nas noitadas e diárias de praia a esturrar ao sol. E também porque lá para outubro ou novembro temos de começar a pensar em comprar um carro. O nosso bolinhas começa a ficar bom apenas para dar as voltinhas aqui da zona e ir para o trabalho, pois viagens muito longas já não me inspira muita confiança. Ou então para ficar atolado numa das nossas aventuras pela serra com os cães dentro da mala a olhar para nós com ar de "Então, pah! Isso é para amanhã?".



Quando eu e o meu Jacinto temos um dia inteiro por nossa conta e sem nada que nos atrapalhe, as coisas acabam por acontecer. E esta foi uma delas. Perguntámo-nos 'n' de vezes se o carro passaría ou não. Saímos para ver o solo, investigámos e deduzimos que sim. E a prova disso é esta fotografia. As nossas deduções em conjunto dão nisto. Daí que acho que a nossa relação é alimentada de muita confiança entre os dois. Não fosse o facto de confiarmos um no outro e o carro não teria ficado atolado. Não fosse eu dizer "mata" e ele "esfola" e nunca teríamos esta fotografia. Como tantas outras que mostram que as coisas não têm de ser perfeitas para serem especiais... Que um momento menos bom que nos faça perder tempo para fazer o que queremos ou um obstáculo que se atravesse à nossa frente não estraga o que se constrói.

E muita coisa mais diria esta fotografia.

Eu é que tenho que aventar a roupa suja para a máquina e o rabo para o sofá.


E como hoje é dia de sons portugueses neste meu Aventa P'raí deixo mais esta...



Sam The Kid - Viva! - Homenagem a Carlos Paredes

E sim esta música também me toca por a ter ouvido imensamente de cabeça bem cheia de tudo e de nada.

Pensando bem... Acho que o meu cabelo está bem bom...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ambos estão a tomar banho, enquanto ela esfrega o cabelo, ele começa a fazer parvoíces.

Pobre(o)Tanas - Opah, está quieto que eu hoje estou cansadO!

Ele olha para ela, suspira e diz:

Jacinto - Ok, Carlos!

E sai do banho como se nada fosse.


(Imagem da WEB)


Aposto que seremos assim daqui a uns 40 ou 45 anos. Eu - Embora lá, pah! Não está fria. E ele preparando alguma nos confins daquela cabeça...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Finalmente sexta-feira! Posso olhar para outras coisas que não o trabalho, a casa e o deixar tudo pronto e arrumado para não ter um qualquer fanico se der com alguma peúga no chão ou desatar à tareia aos tachos enquanto os arrumo. Hoje não faço a ponta de um corno em casa.

Felizmente o meu Jacinto à noite não lhe apetece nada mais que uma torrada e não preciso de enfiar o nariz nas frigideiras. Abençoado homem, o meu.

Hoje o trabalho mais parecia uma zona de bombardeamento e pergunto-me como o meu chefe (Dr. Where's Wally?) consegue em 365 dias estar bem disposto apenas 1... Estou naquela empresa há pouco mais de 2 meses e meio e pelo que vejo ele só está feliz no primeiro dia de cada ano pois foi o único dia em que o vi rasgado em sorrisos todo o santo horário de trabalho.

Por vezes ainda manda umas piadas mas 3 segundos à laia de bipolaridade o homem desata aos berros com tudo e todos. Acredito piamente que sofra de um qualquer disturbio mental.

O mais engraçado nisto tudo e eu que já trabalhei em imensos sítios sei do que falo é que este fulano é o UNICO que causa mau ambiente. Porque entre mulheres, homens, mulheres e homens há um excelente relacionamento e este totó não percebe as energias negativas que espalha. Ali as mulheres não se pegam e os homens respeitam o estatuto feminino e todos se tratam cordialmente. Compreenderia que houvesse mau ambiente entre mulheres pois é algo que nunca se extingue dentro de empresas mas esta é a primeira vez que vejo compreensão entre todas e principalmente entreajuda.

No entanto sempre fui insatisfeita com a minha vida profissional e posso ser eu a corrigir defeitos no homem mas não tenho culpa... Já faz parte de mim este defeito.

O homem mete respostas nas bocas das pessoas que nem sequer proferiram qualquer palavra. O homem grita, esperneia, quer tudo "para ontem!" quando as coisas do Patrão (Dom Fuas) estão em primeiro lugar que as dele. O homem perde um papel e mete a empresa toda à procura dele quando foi ele que o deitou para o lixo ou o agrafou a um papel qualquer que acabou por ir parar ao lixo à mesma. O homem pede o arquivo de uma maneira e amanhã muda de ideias. O homem revira os olhos e diz "Epah não, esse não!" quando lhe digo que o Patrão está do outro lado da linha para lhe dar uma palavrinha. O homem desliga-me as chamadas do estrangeiro ou um qualquer cliente com quem esteja ao telefone só para o ajudar em alguma coisa. O homem chama nomes a toda agente pelas costas quando algo não está de acordo com o que ele quer. Ou seja o homem é um mimado, um caprixoso!

As minhas colegas estão naquela empresa há mais de 20 anos e aturam isto todo os dias. Sempre com um sorriso amarelo nos lábios.

Acredito que um dia haverá uma chacina pois o ser humano aguenta até certo ponto e eu ainda tenho 19 anos e 10 meses pela frente, se tudo correr bem. Não será da minha parte certamente mas anda tudo pelos cabelos.

Não fosse sexta-feira e estaria enfiada na cama com um sedoxil debaixo da língua a esta hora. Estive 20 minutos na rua à espera do meu Jacinto quando o Dom Fuas me questiona porque não vou para dentro da empresa esperar pois escusava de estar na rua ao frio. Perante a minha resposta de "Não se preocupe Eng.º, o meu Jacinto está quase a chegar" ele responde-me "Eu percebo, apanhar ar fresco fora da prisão!".

Acho que o meu patrão já percebeu a minha essência principalmente no que toca à parte campestre. A minha necessidade de espaço, simplicidade e liberdade de expressão.




Aguardo tempos melhores, nomeadamente no campo meteorológico, pois queria ir ali a Espanha (sim é mesmo ali a Espanha) ver umas coisitas nos saldos e esta chuva não me agrada nada. Até tive de deixar os cães em casa esta tarde pois a casota deles inundou. Normalmente à noite ficam em casa mas durante o dia gostam de passarinhar no quintal e receber umas festas de quem passa na rua, mas hoje seria impossível. Quando virei a casota parecia o despejar da Arca de Noé depois da enxurrada. Pelo que o Roque e a Amiga ficaram a dormir a sesta a tarde toda ao quentinho.

Podia ir tomar café mas não me apetece. Só há uma coisa que tenho saudades da capital: os cinemas. Tenho mesmo saudades de ir ver um filmezinho no grande ecrã e trincar uns quantos grãos de milho que não estalaram nem chegaram ao cargo de pipoca. Havia aqui um mas era ambulante. Por vezes ou a bobina do filme saltava da máquina e rolava entre as cadeiras dos espectadores ou traziam a segunda parte do filme e a primeira ficava noutra aldeia esquecida pelo que viam o fim e só depois o ínicio quando a iam buscar. E agora apesar de finalmente já ver televisão - amuada mas vejo - já nem 250 canais me satisfazem. Uma coisa é o olhar para o ecrã LCD da sala e ficar a mumificar ali, outra é pagar para ver um filme num ecrã ainda maior, carregada de pipocas (melhor ainda se forem de duas qualidades), coca-cola ou pepsi, e agora tudo caladinho no escurinho que as emoções vão começar.

Depois era sair e ainda dar uma vista de olhos pela Bershka ou pela H&M. Aqui não sinto necessidade de comprar roupa, só calçado - botas de preferência muitas botas - pois se vejo uma loja com muita roupa saio de lá a correr porque os meus olhos já não estão habituados a tanto tecido aglomerado. Canso-me só de provar uma camisola ou umas calças. Canso-me de ver preços. No entanto precisava de comprar roupa. Emagreci 7kg e tudo me balouça na zona pélvica. Mas olho para a quantidade de roupa que lavo por semana e ponho a secar e passa-me logo a vontade. E sejamos sinceros, o dinheirinho serve para outras coisas.

É sexta-feira à noite e se estivesse na capital estaria à mesma em casa porque está de chuva. Logo não me faz espécie alguma não ter vontade sequer de ir beber um café ali ao (António) Variações. E sinceramente isto é o paraíso em cuecas. 

Assim como assim hoje é noite de não se faz porra alguma, é noite de Aventa Pr'aí...


(Imagem retirada do Blog http://aleidooeste.blogspot.com/)

Autoria e outros dados (tags, etc)

31
Out08

Sexta-feira, outra vez!!!

por Pobre(o)Tanas

 

 

A tão esperada saída foi adiada para amanhã o que quer dizer que tenho de apelar à minha imaginação para saber o que vou fazer hoje... Tenho de inventar algo.

 

 

 

 

 

E hoje recebiiiiiiiiiiiii weeeeeeeeeeee!!!

 

Com este dinheiro compro uma mansão nas Bahamas, um jaguar, faço uma festona e ainda compro um iogurte!

 

E pronto já está tudo dividido dentro de envelopes que dizem "gás", "renda", "comida", "passe" e um que consegui que dissesse, finalmente, "pé de meia"!

 

A ver vamos...

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

24
Out08

 

 

 

Bom dia, bom dia! Saudações da terra dos malucos para quem quiser apanhar...

 

1.......2................3............................... UPA!!!

 

E foi aquela senhora ali ao fundo que apanhou a minha beijoca!

 

- Como se sente após ter recebido uma beijoca da Pobre(o)Tanas?

 

- Ai! Estou...ai...estou nervosa... ai! É para a televisão???

 

- Sim minha senhora é para a televisão! Sinta-se feliz porque recebeu uma beijoca da Pobre(o)Tanas. Olhe que não é todos os dias!

 

- Pois não! Ai que nervos... A televisão! Er... Para que televisão é??

 

- A senhora tem televisão em casa?

 

- Ai os nervos... os calores... Tenho televisão em casa tenho!

 

- Então é para essa...

 

(O diálogo é meu, mas esta piada ouvia-a algures há uns tempos...)

 

 

 

 

Sexta feiraaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!

 

Acordei cedissimo. Mais cedo que o normal. Tomei um banho prolongado. Vesti-me com o meu casaco preferido, o branco, as minhas calças justas e as sabrinhas lindas que tenho e assim vim trabalhar. Pintada, cheirosa, esbelta, FELIZ! Hoje estou sozinha. O meu amigo velhadas afinal não tinha infecção nenhuma. Er... coitado... está velhote e o "carro" já pega mal... Disse ele. O Dr. também foi de viagem para o Norte e assim resto eu já que estao as restantes em casa, uma de baixa feita taralhoca e outra a estudar para o exame oral de amanhã...

 

Sinto-me radiante!

 

Vou fumar um cigarrito e já volto...

 

 

Eu pensava que o jardineiro já tinha sido escolhido mas o Dr ligou-me para eu fazer uma selecção dos 3 melhores... Ora eu ando aqui às voltas com 9 pessoas... Umas porque estão desempregadas e têm familia para sustentar, outras porque têm cursos de jardinagem, outras porque têm já muita experiência e não sei por qual me decidir...

 

Apelo à minha sensibilidade na hora H...

 

E que tenha sorte na escolha...

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

POBRE(O)TANAS

FELIZZZZZZZZZZ

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

 

 

 

Hey, Flau! Apanha a beijoca especial de hoje para ti! Um dia cheio de abracitos apertaditos e festinhas no coração!

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

17
Out08

SEXTA FEIRAAAAAAAAAA!!!

por Pobre(o)Tanas

O meu excelentissimo patrão meteu um anuncio para pedir um assistente de jardinagem... aguardem um cadinho que o telefone está a tocar...

 

Bem continuando, tem sido assim a manhã toda. Tenho a orelha vermelha de estar há horas ao telefone com possiveis candidatos.

 

Imaginem a minha cara quando me ligam de manhã a dizer que é para responder a um anúncio para assistente de jardinagem, e eu "Mas isto aqui é um escritório de advogados!!!" e a pessoa desligou. 5 segundos depois liga-me outra pessoa para responder a esse anuncio e eu juntei 1 + 1... Que seria coincidência a mais... Pensei nas fulanas que ligam para cá com alguma partida mas não. Liguei para o meu querido patrão que lá me disse do anuncio...

 

O telefone simplesmente não pára. Já bufo por todo o lado. Não me voltem a fazer uma destas por favor porque até tenho a barriga inchada de tanto chichi aqui dentro.

 

Tenho posto um sinal nos que mais me agradam e o Dr. pergunta-me:

 

"Este também é fixe para si?"

 

"Yah! Tem boas qualificações..."

 

"Yah... é fixe..."

 

"Sim, é porreiro!"

 

E eu que já não estou habituada a dizer fixe e yah entre as 9 da manhã e as 7 da tarde... Faz-me espécie aos ouvidos e comichão no céu da boca...

 

 

 

 

Este fim de semana vai ser ajudar a miuda no estudo porque tem 3 testes para a semana que vem. Vou voltar ao 6.º ano de matemática, lingua portuguesa e ciência da natureza... Força Pobre (o) Tanas!

 

 

Por falar em força! Hoje cedinho acabei o arquivo! 8 meses depois consegui! Mas tenho de dar os louvores ao meu amigo velhadas que me ajudou imenso. Depois de quase nos termos pegado à tareia, mas ajudou!

 

 

Comi demasiado ontem ao jantar... Sinto um boi dentro da barriga ainda e com o chichizinho que não fiz desde que abri o escritorio, pior...... Sinto-me... er... Como se tivesse um pasto inteiro dentro de mim!

 

 

 

Mas estou feliz porque é SEXTA FEIRA!!!!!!!!!!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

30
Mai08

...oO...

por Pobre(o)Tanas

 


 


 Mais uma sexta feira!!!    


 


 


Pronto é com estas coisas que um pobre fica feliz. Saber que mais uma semana passou. Que não fez mais nada se não ouvir do patrão, que é um inutil, que não dá produtividade. Trabalhou que nem um camelo. Fez as tarefas que mais ninguém quis mas que por sua vez vão receber mucha pasta delas enquanto o pobre fica a ver navios, sem dinheiro e com tendinites. Saber que não recebe antes de dia 2 ou 3 e mesmo assim ficar feliz numa mísera sexta feira.


 


Arre! Que somos burrinhos, hein?


 


 


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


 


A dra já chegou. Vem triste. Vai fazer exames. Tem uma menopausa precoce.


 


Penso em mim e se poderei um dia ter filhos. Quero ter. Vê-los crescer. O meu relógio biológico começou a dar horas há uns 4 anos... Mas pronto há que esperar pelo momento ideal e pelo par que esteja para me aturar, a mim e aos meus pirralhos.


 


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


 


Ando bem... Não é que não queira partilhar e falar sobre o assunto, nada disso. Mas está tão bem guardado aqui comigo... É um segredo de mim para mim:) 


 


 


 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D