Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!

19
Jul13

 

E agora sim, depois do sucesso da operação ao coração do meu pai, podemos respirar de alívio!

 

Foram meses de incerteza e muita angústia por causa de uma noticia dada assim do nada quando menos se esperava...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

05
Jan09

1.º Post de 2009!

por Pobre(o)Tanas

 

Ahhhhhhhhhhhhhhh BOM ANO NOVO!!!
 
 
(Um bocadinho atrasado mas o que conta é a intenção…)
 
 
 
Tantos dias sem escrever…
 
 
(Dito assim à pressinha: recebi 1 ordenado e 1 sub. de férias… falta o do Natal…)
 
 
 
Comecei bem o ano… Coisa simples, sossegada em casa da minha irmã, um brinde com IceTea - que eu não aprecio muito álcool - e nem sequer pedi desejos. Quero simplesmente um ano calmo, igual aos últimos meses de 2008…
 
Tive uns dias em casa, que serviram para descansar. Fui visitar mais uma vez o meu pai e a minha avó e passei lá uma noite. Depois no dia seguinte voltei à casa do meu pai para ir buscar umas coisas que, quando saí, não tive tempo de pegar. Livros - carradas deles -, a mala das tintas e pincéis, uns cadernos com escritos, cadernos com desenhos por acabar e caixinhas com recordações, fotos.... Foi estranho voltar a casa. Ao meu quarto. Enfim…
 
A namorada do meu pai estava com uma birra enorme por minha causa e até foi abrir o café, onde trabalha, no dia 1, só para não ir almoçar connosco. Já não tenho paciência para criancices e por isso deixei-me estar na minha.
 
No dia 3 fui sair com a minha Pris e um amigo dela (colega de trabalho) o Cédric. Fomos ao Metropolis Club e ainda nos encontrámos com mais pessoal. Foi bacano, festa dos anos 80 e 90. Parecíamos uns meninos copinho de leite comparados com o pessoal hardcore que por lá andava mas pronto, estávamos felizes. Às tantas os meus joelhos traíram-me… Fiquei cheia de dores. A Pris e o Cédric foram uns queridos e vieram embora comigo mais cedo. Sentámo-nos nuns bancos à espera que as dores me passassem e as horas também para termos transportes para casa. No entanto o primeiro comboio para o Cédric era às 6 da manhã e o meu e da Pris às 7… Decidimos, então, irmos todos para minha casa de táxi. Fizemos a cama ao Cédric na sala - coitado teve de levar com os miados nocturnos da Piggy - e a Pris ficou comigo a roncar que nem uma porca… Meio Dia, hora de levantar porque eles iam trabalhar. Vai tudo para o Vasco da Gama…
 
Bom verdade seja dita, com os saldos comprei um casaco e umas botas… Era para comprar um telemóvel novo - assim baratucho - porque o meu estava avariado mas como deu uma queda na wc do Metropolis, agora ficou como novo…
 
Ele há coisas… --‘
 
A Zappa só tem feito asneiras... Como tenho andado a pintar quadros deixei um a secar na secretária do escritório, deixei lá as miúdas enquanto limpava a cozinha. Escusado será dizer que a Zappa pisou o quadro e andou a patinhar a casa toda… Desde o chão do escritório, ao corredor, às paredes, molduras, cadeira e portátil, tudo estava patinhado de preto. Patinhas minúsculas por toda a parte… Não lhe bati… Já nem forças para isso tinha além de que só lhes chego a roupa ao pêlo quando as apanho em flagrante delito porque se assim não for elas não sabem a razão… Quer dizer… Acho que nem as apanhando com a boca na botija elas sabem do que se trata mas pronto… Enfiei-a na banheira e esfreguei-a até à exaustão… Para ela não foi um castigo… Foi sim uma brincadeira… Água na banheira para a miúda é o paraíso… A Piggy agora aprendeu a miar às tantas da madrugada. Como se entoasse as músicas dos Il Divo - atenção nada contra… Às quatro da manhã ouve-se qualquer coisa como “minha-a-a-a-U-U-U-U-U-U-U-UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU-Nha-Nhau-U-U-U-U-U-U-U-U-UUUUU”… Isto tira a sensatez a qualquer ser num raio de 3,5 KM… Mas pronto são minhas e amo-as…
 
 
Hoje, de volta ao mundo do trabalho (à Faixa de Gaza como lhe chamo)… Comboio cheioooooooo! A-PER-TA-DO!!! Pessoas carrancudas (Eu!), ensonadas (Eu e muitas outras), “assegundafeiradas” (Todos)…
 
Da minha bocarra, tudo normal. Fui tirar os pontos (mais 2… ao todo já tenho 46 pelo corpo todo o que já dá para uma dentada de tubarão…) e a dentista disse que se o mundo acabasse à dentada eu ganharia de certeza (eu e a Dalila Carmo)… Que os meus dentes estão saudáveis e que enfim posso beijar este mundo e outro… (esta parte do beijo fui eu que acrescentei)…
 
 
Ai *suspiro*… Espero arranjar net depressa… Esta “fome” que ando a passar põe-me “magra” de mente…
 
Sei que não tenho respondido aos meus bons amigos… Aliás tenho pensado imensamente nisso…
 
De qualquer forma ficam aqui os beijinhos…
 
Agora vou ali---» comer um bife com esparregado que está à minha espera... Para que conste em acta: esta Passagem de Ano comi meia sapateira daquelas grandes... Depois ainda fico admirada por a roupa não me servir ou porque tenho o corpo coberto de borbulhas... Alergia ao marisco... Fogo mas soube tão bem... Comi-a perninha por perninha... E as duas tenazes que eram enormes!!! Divinal! Touro que é Touro gosta de comer... Prazeres terrenos...

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

Cliquem no "play" e deixem-se "navegar"...

 

 

 

 

 

Cresci a ouvir o Oceano Pacífico. Ainda me lembro de ouvir no Mini do meu pai, quando me ia por à minha avó à noite e ele ia trabalhar. Lá vinhamos nós, Inverno, muito frio e eu de pijama por baixo da roupa de sair. Era so tirá-la e enfiar-me na cama no meio dos meus avós, quentinha, enquanto que ele passava a noite na Ford nas linhas de montagem. Não me lembro da minha mãe nessa altura, sou sincera. Aliás não me lembro de nada dela de 1994 para trás. Era como se não pertencesse ao meu quadro familiar.

 

Então ouvia esta musica... E muitas mais! Por isso década de 80's, para mim, é tudo de bom quando o tema é "música".

 

Ainda tenho aquele friozinho na barriga quando ouço a voz por detrás do "Ocenooooo Pacíficooooo".... Já o meu pai diz algo como "Detesto isto!". E muda de estação sob um chorrilho de "Oh, pai!!!!!!!!! Nãoooooooooo!". E lá põe outra vez na RFM...

 

Por vezes gostava de estar por detrás do Programa, para lhe desejar uma noite descansada enquanto ele conduzia o camião, por caminhos escuros deste País...

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

26
Abr08

Vida...E a Filipa

por Pobre(o)Tanas

 


 


  Hoje foi um dia que me fez pensar na vida. Foi daqueles dias que a lagrimazita nos corre pela face mas que o orgulho nos faz limpá-la antes que a vejam.


 


 


  Hoje a minha amiga perdeu o pai. E hoje pensei muito no meu.


 


 


  Nunca falei dele aqui. Mas também não há muito a dizer. É o meu pai... Um homem trabalhador, honesto e bonito.


 


 


  A dor da minha amiga marcou-me uma vez que ela não mais poderá voltar a dizer o que quereria dizer porque o pai partiu.


 


 


  O meu ainda está vivo...


 


 


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


---------------------------------------------------


 


 


  Sei que não tenho ainda coragem para o rever. Sei que estou a ser egoísta mas depois de todo este tempo em que o sofrimento foi uma constante na minha vida, sinto-me incapaz de o olhar nos olhos. E quando não olho uma pessoa nos olhos é-me muito dificil adaptar-me à sua presença. Sinto um nó na garganta e um enjoo psicologico que me faz fervilhar as emoções dentro de mim. É um turbilhão.


 


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


 


 


 Quero deixar aqui uma pequena força à Filipa que é uma GRANDE MULHER. Ela é mãe, filha, namorada, trabalhadora-estudante e MULHER. Tem uma garra e um estomago para enfrentar a vida que so lhe tem trazido problemas.


 


  A Filipa tem 22 anos e um filho de 2. Trabalha e estuda na faculdade. Paga dois carros e ajuda nas despesas de casa. Este ano perdeu o avô (há 2 meses) e o pai (hoje). Dois homens muito importantes na vida dela. Tem tempo para tudo isto e para ainda ter o seu namorado, tratar do filho e visitar os amigos. Vai para a faculdade e depois para o trabalho. Paga dois carros, um que já foi para a sucata porque este ano ela tambem teve um acidente e quase perdia a vida nele.


 


  Eu penso nos meus problemas e depois olho para a vida da Filipa e sinto-me egoista...


 


  Por isso digo que ela é uma GRANDE MULHER e para mim é um exemplo de vida.


 


  Aqui fica o meu beijinho e abraço de força para ela. Desejo-lhe toda a felicidade do Mundo porque se ela não merecer mais ninguém merece.


 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D