Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!

 

 

Ora bem antes de ter um pouco de sossego o que já fiz desde que cheguei não da minha saudosa Faixa de Gaza mas de Namek em Pé de Guerra Cheio de Fungos foi:

 

Limpar as porcarias que tanto o "rapazola" como as "miudas" fizeram que foi desde uma vomitar em cima das cadeiras da sala e ele comer o que restou (pelo que apenas precisei de passar um pano humido dado que não haviam bocados de coisas estranhas a pastar), limpar duas mijas (normalissimo para o cachorro que ainda não se aguenta da bexiga), apanhar os jornais sujos - aqueles em que ele acertou em cheio -, lavar o chão, fazer o jantar (sob vigilância de cima da mesa da Sodona Piggy o que lhe valeu uma palmada no traseiro), lavar a loiça (com vigilância da Zappa que decidiu beber agua da torneira), lavar a wc delas (com vigilância do Pablo que adora apanhar bocados de silica que trinca com muito prazer fazendo "crrock crrock"), enquanto se limpa a loiça ouvem-se barulhos na wc e deparei-me com a Badalhoca da Zappa dentro da sanita em que quase tive de usar o desentupidor para a tirar de lá de dentro, enquanto a estava a tirar, o cão rouba o "coiso" em que se põe aquela pastilha da wc pato que põe a água azul... Posto isto levo o rapaz e o lixo à rua. Volto e ponho a máquina a lavar com roupa que suas senhorias decidiram tirar do cesto e fazer um festim qualquer com elas, dou meia volta e sigo para lavar a cozinha, vou atrás do Pablo que enfiou na boca mais qualquer coisa nojenta e peganhenta do chão (ha uns tempos foi um Dr Bayard semi comido por baixo do movel dos livros) e após tudo isto vou a banhos que bem preciso... Não sem antes guardar o balde e a esfregona porque o senhor é louco pela água suja das coisas que se lavam cá em casa.

 

Eu aqui mortinha por um estrado com um cobertor roto e um bocado de palha para fazer de almofada e estes lordes a roncarem cada um na sua cama com os seus deveres diários cumpridos. Perdão... A Zappa está a afiar as unhas na mala do portatil. Foi-se deitar agora.

 

 

Volta Luís, estás perdoado!!! :D

 

 

 

Estes dias sem o Luís cá para falar e partilhar as coisas custam-me imenso. Precisamos de ganhar uns trocos.

 

Faltam 3 semanas para eu gritar "Freedom" como o Mel Gibson no filme BraveHeart enquanto é esventrado no potro.

 

Eu sou esventrada psicologicamente todos os dias... A minha estupidez é levada ao limite para aguentar a burrice dos outros. A falta de bom senso, de disciplina, camaradagem, de cultura e humildade para pedir ajuda ou esclarecimentos.

 

Ninguém cruza conhecimentos, ninguém pensa, ninguém quer saber mais do que o básico que lhes foi ensinado. Como burros com palas nos olhos seguem o caminho que apenas conhecem. Não quebram rotinas, não quebram regras para melhorar o funcionamento da coisa em si. 

 

Sobem na horizontal da forma mais podre existente, guerreiam atenções e ladram quando alguem sai fora dos parâmetros por usar calças de ganga ou rir um pouco mais alto, por ir tantas vezes fumar porque "não deve ter nada para fazer" sem nunca se pensar que se é capaz de acabar o que se lhe é mandado mais cedo porque não se perdeu tempo com porcarias futeis e conversas do diz que disse.

 

Não sabem o que foi o Crash nem em que ano se deu. Não sabem o que é uma ETAR e nem nunca ouviram falar da Guiné-Conacri... Para elas o Vulcão Vesuvio ou o Homem de Vitruvio de Leonardo Da Vinci é o mesmo. Um Ford lê-se "Forde"; Epígrafe é epigráfe e a Opel Vívaro é Opel Viváro. O cúmulo é a questão "O que é um U-P-L-O-A-D?" soletrado... E são elas Doutoradas...

 

Por favor.... Tirem-me daqui...

 

 

Eu não nasci para isto. Eu não pisei os meus miolos para isto.

 

 

Eu quero ir para um sítio em que não preciso que hajam enciclopédias mas pelo menos não tentem fazer em fanicos aquilo que construi mentalmente em quase 23 anos...

 

Pra mim só um supermercado em que apenas ponho os produtos no laser e aquilo faz "pip" e eu ficarei toda contente porque somente me pedem sacos ou questionam se há pilhas para vibradores. Faço as minhas horinhas e venho para casa igual ao que fui. Sem mais conhecimento mas também menos baralhada com a merdice que esta gente tem na cabeça.

 

Basicamente a ideia é ter um trabalho de menor responsabilidade a ganhar a mesma miséria - nem é passar de cavalo para burro é apenas passar de cocó para ervilhas de cheiro - tirar a porcaria da carta uma vez que ninguem se cala que eu o deveria fazer - no entanto sei que vai ser parte da minha morte (só 10%) - e voltar à faculdade e acabar os 2 semestres que me faltam.

 

Pingo Doces e afins esperem por mim!

 

Mas também não sei se acabar a Licenciatura é boa ideia uma vez que parte dos licenciados e merdas que tais ali dentro são piores que o meu pobre avô que tanto se esforçou para tirar a Quarta Classe para adultos. Felizmente existem outras maneiras de se ganhar experiencia e conhecimentos de vida não tivesse ele estado na Guiné-Conacri, em Nova Iorque, Paris e por esse mundo fora a soldar peças que se partiam...

 

 

Por falar nisso, este fim de semana recordámos-te como ha muito não se fazia. Já lá vão 8 anos. Já pouco me lembro da tua voz... Desculpa-me!

 

Sei que olhas por mim e que queres que seja sempre mais e mais. De ti herdei a vontade e a mania de arranjar coisas que acabo por destruir por impaciência como aqueles rádios que teimavas em arranjar e acabavam no lixo em pedaços. De ti herdei o "eu é que sei e tirem-me a vida se estou a mentir...".

 

Saudades tuas. Amei-te tanto, meu velho "pai".

 

Beijinhos da Bicharocas:)

 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

P.S. Nunca digam a uma colega que vão com ela de autocarro para casa e quando não a vêem saltam para o primeiro que aparece só porque decidiram à ultima da hora ir sozinhos para acabar o livro que tanto estão a gostar... Ela pode mandar parar o autocarro que entretanto já estava em marcha correndo atrás dele e sentar-se mesmo ao vosso lado como se não vos conhecesse... Assim a vossa vegonha é bem maior.

 

Aquilo que não faço pelos livros da Philippa Gregory...

 

E já vou no 7.º!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

09
Mai09

À minha Tina!

por Pobre(o)Tanas

 

 

É com pesar que escrevo isto e é tristeza profunda aquilo que sinto...

 

 

 

Há duas semanas que andava constantemente a ligar à D. Tina para a ir visitar uma vez que nunca visito ninguem sem ligar primeiro...

 

 

Mas nunca ninguem me atendeu até que hoje conseguimos...

 

 

E foi com tristeza que soube que a minha Tina, a minha amiga e mais que "mãe" do coração - que tanto me ajudou enquanto estive na Amadora com as miudas -, morreu.

 

 

 

 

E sinto-me... Sei lá...

 

 

 

Já é a segunda pessoa, este ano, que so sei dias depois e mais nada posso fazer....

 

 

 

 

 

E agora que tinha uma oportunidade de lhe mostrar o quanto sou feliz...

 

 

 

 

 

 

Mas tu sabes que estou bem, não sabes?

 

 

Mas sei que nos abraçámos a ultima vez como sempre fizemos... So não sabia que era a ultima vez... No entanto abracei-te e isso conforta-me!

 

 

"Filhota, volta sempre que queiras porque és uma filha para mim e para o meu Augusto!"

 

 

 

 

 

Obrigada:)

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

28
Fev09

 

 

Não me tem apetecido falar, escrever... Nada de nada... Rien...

 

 

Semana meia estranha, complicada, triste.

 

 

Marcada pela morte de um amigo - do passado é certo e de lá longe, muito longe, mas mesmo assim amigo - que me deixou completamente apatetada, aparvalhada, anestesiada... Sei lá... Desde quinta feira que parece que nem ando cá. Fiquei mesmo... Não faço ideia.

 

O mais estupido disto tudo é que não fui avisada de nada, ninguém me avisou na hora e so soube uma semana depois... Ripei do telemovel e enviei um sms ao meu ex-mais-que-tudo-não-me-toques-que-sou-gajo-de-guito-e-menino-dos-papas-com-carrinho, que me confirmou...

 

"Sim, é verdade... Só fui ao velorio..."

 

"MAS E NÃO ME DISSESTE NADA NA ALTURA PORQUE???"

 

*Silêncio*

 

 

Pensei para mim: ES UM GRANDE CARALHO NÃO HAJA DUVIDA...

 

 

Só foi ao velorio... Amigo que é AMIGO dorme ao lado do caixao se for preciso e tem maozinhas para carregar a urna até à ultima morada do amigo...

 

 

Tudo isto fez-me pensar muito estes dias.

 

Pensei na ultima vez que falei com ele e que até fui arrogante... Basicamente ele era amigo do idiota do ex-mais-que-tudo, mas passámos todos férias juntos, saíamos juntos, viamos filmes juntos e foi ele que me alertou também pelo facto de o "Ranhoso" andar metido em merdas. E nunca lhe agradeci... Melhor devo ter agradecido na altura mas na ultima vez que falámos a minha veia arrogante e ciumenta veio ao de cima... Porque ele era amigo do "aborto" e eu já não era nada na vida de ninguém. Inveja talvez.

 

E assim do nada... *PUFF*

 

 

Uma pessoa desaparece da Terra. Se eu pudesse... 

 

 

Na altura não era a minha intenção ser má, cruel... 

 

 

E agora não tenho nunca mais hipotese de lhe pedir desculpa...

 

 

 

 

 

Hoje estive com o Cédric e com a Pris... Queria vê-los... Abraçá-los. Sentir que estão cá. Dar-lhes encontrões "amorosos" e sentir... 

 

 

Agora vim da missa... Mas nada do que o Padre falou me iluminou como das outras vezes... Não disse nada que me fizesse sentir mais perto de Deus. E como sempre permaneci em silêncio. Prefiro falar com Deus assim. Não entro nas ladaínhas. Conversamos em silêncio. Não precisamos dos gestos e sinais de cruz e coisas que tais.

 

Mas hoje estavas tão longe, Pai...

 

Ou eu estava... Não sei...

 

 

Cuida dos meus...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

26
Abr08

Vida...E a Filipa

por Pobre(o)Tanas

 


 


  Hoje foi um dia que me fez pensar na vida. Foi daqueles dias que a lagrimazita nos corre pela face mas que o orgulho nos faz limpá-la antes que a vejam.


 


 


  Hoje a minha amiga perdeu o pai. E hoje pensei muito no meu.


 


 


  Nunca falei dele aqui. Mas também não há muito a dizer. É o meu pai... Um homem trabalhador, honesto e bonito.


 


 


  A dor da minha amiga marcou-me uma vez que ela não mais poderá voltar a dizer o que quereria dizer porque o pai partiu.


 


 


  O meu ainda está vivo...


 


 


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


---------------------------------------------------


 


 


  Sei que não tenho ainda coragem para o rever. Sei que estou a ser egoísta mas depois de todo este tempo em que o sofrimento foi uma constante na minha vida, sinto-me incapaz de o olhar nos olhos. E quando não olho uma pessoa nos olhos é-me muito dificil adaptar-me à sua presença. Sinto um nó na garganta e um enjoo psicologico que me faz fervilhar as emoções dentro de mim. É um turbilhão.


 


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


 


 


 Quero deixar aqui uma pequena força à Filipa que é uma GRANDE MULHER. Ela é mãe, filha, namorada, trabalhadora-estudante e MULHER. Tem uma garra e um estomago para enfrentar a vida que so lhe tem trazido problemas.


 


  A Filipa tem 22 anos e um filho de 2. Trabalha e estuda na faculdade. Paga dois carros e ajuda nas despesas de casa. Este ano perdeu o avô (há 2 meses) e o pai (hoje). Dois homens muito importantes na vida dela. Tem tempo para tudo isto e para ainda ter o seu namorado, tratar do filho e visitar os amigos. Vai para a faculdade e depois para o trabalho. Paga dois carros, um que já foi para a sucata porque este ano ela tambem teve um acidente e quase perdia a vida nele.


 


  Eu penso nos meus problemas e depois olho para a vida da Filipa e sinto-me egoista...


 


  Por isso digo que ela é uma GRANDE MULHER e para mim é um exemplo de vida.


 


  Aqui fica o meu beijinho e abraço de força para ela. Desejo-lhe toda a felicidade do Mundo porque se ela não merecer mais ninguém merece.


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

24
Abr08

Leveza de Final de Semana...

por Pobre(o)Tanas

 


 


  Não tenho tido oportunidade de escrever. Como disse, no trabalho, a ração diária de net foi cortada. E como preciso de inspiração matinal para a minha escrita daí não o ter feito...


 


 


  Nada de especial nos ultimos dias. Fui buscar a Zapa, que é linda linda linda. Apesar de mal comportada e não me dar ouvidos (Desculpa minha Piggy quando disse que eras chata!) mas gosto tanto dela. E a Piggy também a aceitou bem. Estão felizes. Acompanhadas...


 


 


  Acabei definitivamente com o meu namorado... Não ficou contente apesar de eu ter sido clara no que disse e ter-lhe sido sincera. Penso que não quer ficar meu amigo e eu aí nada poderei fazer... Tenho de o respeitar e respeitar a dor dele. Aprendi eu com tudo isto que daqui para a frente terei de ser sincera... Mas comigo. Não alimentar situações destas muito tempo.


 


 


  Tive de postar aqueles dois post da minha mãe porque achei que mereciam. Estavam fantásticos. E fica uma pequena homenagem a ela.


 


 


  Recebi a notica que o pai de uma das minhas grandes amigas está a morrer. A mãe de outra amiga nossa em comum trabalha lá no hospital e diz que o senhor está mesmo por um fio. Não sei que fazer para confortar a Filipa. Farei o que o coração ditar na altura.


 


 


  Basicamente é isto. Ando muito cansada e não estou com inspiração. Não queria tornar este post banal, coisa de quem não sabe que escrever e põe qualquer coisa, mas pronto há dias assim.


 


 


  Estou bem. Sinto-me leve.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D