Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!

07
Jul13

Porque eu sei!

por Pobre(o)Tanas

 

Eu não sou de acusar ninguém sem provas mas eu SINTO que assim foi pois para mim 1+2 nunca foram 4 por isso aqui vai:

 

Ao fdp do técnico da M*O que veio cá a casa instalar a box e me gamou os óculos de sol que me custaram o couro e os comprei no dia em que soube que estava grávida - daí o valor sentimental - só tenho duas coisas a dizer:

 

Esqueceste-te da bolsa para os guardar e... Que te cresça um pinheiro centenário no ASS!!!

 

 

Tenho dito.

 

 

Boa noite!

 

 

 

PS. Foram os primeiros óculos decentes que comprei. Sempre usei dos chineses e por achar que me davam cabo da vista - já pouca - decidi comprar algo em condições... Vê-se a sorte...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

11
Fev10

DESPEDI-ME!!!

por Pobre(o)Tanas

 

 

Eu, Pobre(o)Tanas, ao fim de quase um ano de tortura psicológica (dado que me faziam "frosquinhices" na minha linda cabecinha com tanta intriga), física (porque andei um ano "rota" e "dorida" da pressão psicológica em que se me instalam os nervos pelo corpo todo) e sexual (no que tocava ao cansaço que se evidenciava de cada vez que era para realizar qualquer acto dentro destes parâmetros) DESPEDI-ME!

 

EU DESPEDI-ME! E ao contrário da maioria dos desempregados que por aí andam, estou FELIZ!

 

DESPEDI-ME, DESPEDI-ME E DESPEDI-ME!

 

Eu entreguei a minha demissão! EU desisti. Entreguei uma carta do género "RENDO-ME SEUS PALHAÇOS! FIQUEM COM TUDO MAS NAO ME TIREM MAIS A MINHA ESSENCIA!"

 

 

Desisti de milhares de coisas para me dedicar àquele emprego de merda. Deixei a minha vidinha social, deixei a família muitas vezes pendurada por causa do cansaço, deixei de fazer coisas giras porque tinha de descansar, deixei de descansar para trabalhar, deixei de ser eu, deixei de me vestir como queria, deixei de roer as unhas porque era feio e as mãos são o nosso instrumento de trabalho, deixei de poder dizer parvoíces porque fica feio no meio em que estamos, de ser eu mesma. E para que? Para ganhar 600 euros num sitio em que há um horário a cumprir no que toca à entrada e não existe um de saída... Em que pessoas são numeros, em que homens se deitam às 4 da manha e acordam às 6 para se fazerem à estrada para encher as nalgas aos que estão sossegados em casa a acaríciar as mamas de silicone que nós, estupidamente, comprámos com o nosso suor! Em que no fim do ano dizem que ha que fazer mais horas e que para isso nos aumentaram 25 euros e que se o cliente está descontente não há forma de recebermos mais dinheiro. Que tem de haver proactividade quando essa é a que mais existe uma vez que o chefe nunca está disponível para resolver o que quer que seja.... Se nos rendemos ao nosso bom senso resolvendo as coisas como melhor pensamos ser somos postos de parte, castigados, ignorados... Se não resolvemos porque não sabemos, nos deveríamos ter rendido ao melhor que pensamos ser possível para não perder clientes... Se resolvemos como querem não está nada bem porque as regras de ontem já não são as de hoje. Somos líderes de mercado e a concorrência quer afanar tudo o que temos. Que se lixe a concorrência! Já têm tanto para que querem mais...

 

Dezenas de "ovelhas" que repetem o que o chefe diz.... "É assim como vos digo ou não é rapazes?", "ÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉ"...

 

 

Até a FDP da garagem é baixa para os carros desportivos que entram...

 

Eu não pactuo com isso! JAMAIS EM TEMPO ALGUM! Eu vou para um supermercado passar Skip's na registadora por opção! E se nem aí conseguir vou para outro sitio qualquer onde possa ter as unhas roidas, o cabelo apanhado a meu jeito, um macaco no nariz e as cuecas todas mijadas se me apetecer!

 

 

Não interfiro na vida de ninguem, não sou má para ninguem e dei o litro ali dentro! Eu tenho caracter, tenho genica, tenho cultura e acima de tudo experiencia de vida e quem não me merece não me tem. PONTO!

 

 

 

Depois disto tudo sou mais famosa na empresa do que pensava porque pessoas que nem sequer sabia que existiam - coitadinhas - andam a dizer "Sabes quem se vai embora????"....

 

 

Muahahahah

 

 

 

Como dizia a outra: Aperta-me as mamas! Quando me f**** por tras eu gosto que me apertem as mamas.

 

"Administradoiro", podeis ir apertar o que vos aprouver dos que aí ficam!

 

 

 

 

P.S. As unhas de gel foram com os porcos!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

29
Jun09

 

Se há coisa que nunca gostei - e já batalhei nisto vezes e vezes sem conta aqui, ali, além, do outro lado, "acoá" - foi de gente caganeirosa que vive das aparências, do "Aiiii tenho uma pestana sem rimel e caiu-me um botão.." e pior, de quem não tem posses para comprar botões mas que vive como se as tivesse ou pelo menos aparenta ter. E no meu trabalho muito se baseia por aí...

 

Eu gosto de andar aperaltada ao meu gosto... ADORO... Mas não vivo para isso. Se tiver as calças rotas ficam assim ate chegar a casa, se a braguilha se desfez agarra-se num clipe e prega-se por aí e não são poucas as vezes que dou comigo com uma meia de cada cor so porque não tive pachorra para achar o par no meio dos Himalaias... Enfia-se dentro da bota e vai-se feliz para o trabalho a anhar...

 

No local onde trabalho não ha lugar para desleixo desse... Até que eu cheguei e apesar de ser super asseada comigo talvez tenha um ar de mendigo no meio daquela gente. Primeiro porque odeio calças que não sejam de ganga... Depois porque podia usar mais vezes saias e vestidinhos mas se os levo tenho um dia de cão... Nada me corre bem porque penso que estou exposta demais... Logo nada melhor que um bom par de calças de ganga para me sentir fisica e mentalmente sã e com garra para enfrentar o mundo. Mas é obvio que é coisa que se deve evitar levar - coisa que ultimamente se tem repetido não uma vez por semana mas quase todos os dias... Normalmente o pessoal leva a ganga à sexta feira... Eu talvez seja o unico dia em que vá de calças mais para o "merdosamente" aceitavel naquele hospicio...

 

Lá dentro o aspecto conta mais que a capacidade de uma pessoa. Logo a minha inteligência é posta de parte mal venho sem maquilhagem... Ao inicio pensei que tinha ido parar a uma loja da Dior até que comecei a reparar nos podres que emanam dentro do recinto animalesco onde fui enclausurada em busca de uma vida melhor.

 

Wc das mulheres:

 

A mulher que mandar um peido lá dentro não sai enquanto toda e qualquer pessoa que lá esteja não saia... Para não se saber quem foi... Seria humilhante saber-se que a A ou a T se peidaram...

 

No entanto sabe-se por portas e travessas que são essas que, e apesar de serem casadas e com filhos, andam a fazer convites aos colegas homens a fim de lhes proporcionar uns momentos de degustação fálica nessa mesma wc...

 

 

Wc dos homens:

 

Pelo que consta... Digo tudo apenas numa palavra: cocaína...

 

 

 

 

 

Gostava tanto que soubessem que me cago frequentemente e tiro burriés do nariz enquanto jogo Golf Tour no telemovel e espero que o meu soldado seja expulso

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

 

Ora faz agora um ano, mais ou menos esta semana, que a minha vida deu uma grande volta...

 

 

Olhando para trás, para mim, muita coisa mudou.

 

 

Mas olhando para os outros, as coisas, os filmes, o teatro e a telenovela sao os mesmos.

 

 

 

Um ano depois de se ter junto com o vigesimo "homem da vida dela", a minha mãe separou-se...

 

 

 

E agora pergunto eu: valeu a pena deixar a casa onde estavamos e por-me numa situação de merda, para nao ter dado em nada???

 

 

Bem pelo menos virei-me...

 

 

 

 

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

 

Ando cansada do trabalho... Hoje cheguei as 21h30 a casa...

 

 

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

Como passo 95% do tempo no trabalho agarrada ao pc, quando chego a casa nem me apetece escrever... Ou pelo menos divagar...

 

 

De maneira que isto tem andado às mo(s)cas...

 

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

Quando foi a ultima vez que tive vida social???

 

 

Ora estávamos nós na noite em que o Titanic afundou e eu apenas em cuecas mandei-me do convés do Paquete, mergulhei nas águas geladas e nadei por aí abaixo até ao México, de onde regressei a semana passada com uma impressão estranha no corpo...

 

 

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAATCHIIIIIIIIIIIIIIIMMMMM *ROINCK* (Gripe Suina para quem não percebeu)...

 

 

 

Fuiiiiiiiiiiiiiiii!!!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

Ora novidades... O bilhete já deve ter sido vendido... Até porque era do Cedric e não meu. Eu só ajudei a angariar possiveis interessados...

 

*Comissões não?*

 

 

Não?

 

 

Pronto está bem...

 

 

 

 

 

 

 

Fim de semana em casa do pai... A aturar a "dor de cabeça" fingida, da namorada do pai...

 

Éramos para jantar os 3 com a avó, para celebrar o aniversário dele, mas lá está, a dor de cabeça continuou até ao momento em que me viu a calçar para me vir embora... Tristezas não pagam dívidas e eu ora enviei-lhe mais tarde um sms a perguntar - como quem não quer a coisa - se estava melhor... (Para p***, p*** e meia...)

 

A minha excelentissima mãe - já que estamos a falar de "família" - deu à costa a semana passada, várias vezes como um cadaver que teima em não ir ao fundo. De todas as maneiras possíveis e imaginárias tentou que alguém lhe desse atenção e imagine-se até enviou um e-mail ao meu pai a desejar-lhe um feliz aniversário... Obvio que não saiu ilesa desse acto... Ele por sua vez, descambou a conversa... Ela, fazendo-se de vitima, reenvia-me os e-mails dele para me mostrar a "peça que o teu pai é"... Pedindo-me desculpas posteriormente. Não contente o namorado dela envia-me um e-mail também a chatear-me a cabeça

 

 

"Ouve lá amigo, eu conheço-te de algum lado? Hum? Bem me parecia..."

 

 

cuja resposta não lhe deve ter agradado porque mais tarde enviou-me outro dizendo que:

 

"Se servir de ponte para restabelecer uma ligação entre ti e a tua mãe, procura-me, se não não me respondas..." e eu

 

*Oh meu amigo, é que nem te respondo mesmo...*

 

Caguei... Até porque foi ele que começou...

 

Vendo que da minha irmã nada leva a não ser desprezo, vendo que de mim já vem tarde, o meu pai responde-lhe como lhe responde, que faz a Exma Senhora Minha Mãe? Telefona a um ex-namorado porque precisava de um "ombro amigo"... Que por sua vez veio fazer queixas à minha irmã do telefonema dela e patati patata...

 

E agora digo eu...

 

 

 

 

 

*NÃO HÁ CU QUE AGUENTE...*

 

 

Hoje envia-me um sms a perguntar se tenho o passaporte dela... Devia ser para eu lhe perguntar onde ia... Mas como não me interessa... Não adiantou assunto...

 

AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH PORRADAAAAAAAA!!!

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

- Oh, como é que eu hei-de querer tomar banho se a minha vida é um inferno?

 

 

*Palavras da Dr.ª Psico...*

 

 

 

JURO! Vieram de fonte segura, garanto-vos!

 

 

E mais não digo que posso vomitar...

 

 

 

Deixo-vos com o título do post de hoje:

 

 

 

 

 

 

*LAVEM-ME AS COSTAS ENQUANTO CORTO OS PULSOS!!!*

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

10
Nov08

A mil à horaaaaaaaa

por Pobre(o)Tanas

 

 

Ainda não pareiiiiii!!!

 

Agora tenho cá a ramelosa da Psico que voltou e que diz que não lhe fiz a recepção que ela idealizou que eu, de boa vontade, faria...

 

Eu digo já aqui, antes que o Mundo acabe em 2012 e não o possa fazer:

 

- SE PARA MIM NÃO É BENVINDA PORQUE RAIO HAVERIA EU DE A RECEBER BEM??? HEIN???

 

Alem disso não sou nada aqui, a não ser uma mera secretária - qualquer dia sou cadeira tambem - por isso não devo ter voto na matéria quando o assunto é receber uma pessoa com quem não me apetece estar todo o santo dia como se se tratasse do meu apendice, ou o meu nariz perfeito, ou os meus olhos...

 

Oh senhora, "deslargue-me"! "Deslargue-me" da mão, faxabore!

 

Aposto que esta noite vou andar à tareia com a almofada e a dizer "Saiam daquiiii, deixem-me trabalhar!".

 

Agora somos 4 mulheres e 2 homens. Isto está entregue aos bichos...

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

Preciso de colinho... E de uma esfrega nas costas!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D