Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!

25
Mai15

 

Sempre disse que gostaria de ter uma criança com personalidade. Nunca quis um filho (neste caso filha) nhó-nhó o qual pusesse a um canto e ali ficasse a anhar. 

 

Pois bem, saiu-me o tiro pela culatra. Eu pari uma mistura de suricata (sempre à coca de tudo o que se passa), com macaco (sempre a gozar/mexer em tudo/gritar), chita e polvo (corre e foge-nos de uma maneira que nos custa a apanhar).

 

A miúda não se cala, a miúda não pára quieta. Ela acorda às 6 da manhã e só se deita depois de um dia intenso e mesmo durante a noite não se cala. Ela vive os sonhos, canta, esperneia, ri, chora, levanta-se, olha para todos os lados e cai para trás de braços abertos. 

 

Durante o dia corre ainda mais, grita, cai, levanta-se, bate nos bonecos porque a culpa é deles, come, bebe, faz chichi dentro e fora do penico, faz cocó, desarruma tudo, faz puzzles, tira livros, canta, dança, mexe nos telemóveis para ver os bonecos que quer, desliga a tv, liga a tv, arranca as roupas aos bonecos, mete-os no penico também pois acha que têm necessidades iguais às dela, embála-os, manda-os ao chão, diz-lhe para não chorarem, chama por nós, grita pelos cães, pelos gatos, pelos primos e tios e pelo Pai Natal.

 

 

Pede gomas, "xolatis", queijo da "vaca quiri", "pão com piquega". Pede "monedas" para andar no carro do Noddy. Ela canta o "Olha a bola Manel" na versão heavy-metal no meio do corredor dos congelados quando tudo está em silêncio. Ela pinta a televisão com marcadores pretos e volta e meia alguém tem um bigode extra no telejornal. Ela atira comida dos gatos aos cães e a dos cães come ela. Tira macacos do nariz e oferece a toda a gente. Corre até à casa de banho para nos apanhar nus e perguntar e tentar ver onde temos "o pipi/a piuínha". 

 

Ela ultrapassa obstáculos físicos e mentais, ela conta até 14 e deixa o 8 para o fim porque é teimosa e só diz/faz o que quer, sabes as cores básicas e cuido que mais mês menos mês saiba a diferença entre salmão e rosa velho AHAHAHAHAHAH, sabe que deve dizer "Calma aí!!!" quando tudo discute à sua volta e se vê algum miudo mais pequeno a levar tareia de um maior ela lança um grito de guerra e arreia no malvado. Justa. Muito justa. 

 

Ela troca-nos as voltas com uma pinta bestial e sai das situações da forma mais airosa ou mais dramática. As lágrimas correm em fio e nos entretantos não sabe se há-de chorar se rir. Ela dorme na nossa cama porque a dela é da Kitty (peluche que lá pernoita). Ela odeia praia e parece uma dondoca debaixo do chapéu cheia de creme e trejeitos de pindérica que não pode apanhar um grão de areia.

 

Ela é linda e sabe-o! Adora sapatos, vestidos, malas, pintar unhas e fazer penteados. Chapéus, colares, relógios, lenços. Ela cheira bem, é vaidosa e quando se vê ao espelho beija o reflexo. Tem aquele andar feminino nas pontas dos pés e afasta os caracóis dos olhos enquanto diz "Tu na xabis, mãe!" (Tu não sabes!).

 

Tem 2 anos e meio e quando chegar aos 20 eu já estarei no canto de uma sala do manicómio a arrancar cabelos e o pai mais careca ainda. Porém é a filha que sempre desejámos, a pessoazinha que mais amamos neste mundo e que nos tem dado tanta alegrias e nos preenche tanto.

 

- MÃEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE! Xou um xinóxauro!!!! ARGHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

03
Mai13

5 meses

por Pobre(o)Tanas

 

Cinco meses desde que fui mãe...

 

Cinco meses cheios de tudo o que enche o coração com os melhores sentimentos...

 

Cinco meses em que descobri que existem amores fortes. Tão mais fortes que tudo o resto que possamos sentir!

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

24
Fev13

De pequenino...

por Pobre(o)Tanas

 

 

Já ando a ensinar à minha catraia as coisas fixes da 'ternete!

 

 

 

Dois meses e meio...

 

Já dobra o riso, tem imensas cócegas, já faz as suas "conversinhas" connosco e sózinha com os seus bonecos.

 

Está super crescida e cada vez mais linda!

 

Super inteligente (sai ao pai, felizmente!)

 

--------------------

 

E estou a meio da minha licença parental.

 

Sinceramente apetecia-me mandar o trabalho às favas e criar a minha filha como se fazia antigamente. Mãe em casa, pai no trabalho. Se o coitado fosse um engenheiro dos bem pagos... Mas pronto é um engenheiro dos pobres. Giro e todo bom que dói mas dos pobres! Já tive sorte em pescá-lo por isso calo-me e fico feliz com o que tenho.

 

E por falar nisso faz 4 anos que começámos a falar... Por esta altura... 

 

Ele em Angola. Eu em Queluz armada em durona perante a vida. Imaginava lá eu que as coisas iam correr bem, iamos viver para uma aldeia no meio do Alentejo e que íamos ter uma filha linda e maravilhosa?

 

Abençoada internet que me ofereceu toda esta vida fantástica que tenho! 

 

Além de me ter ajudado em momento críticos da minha vida, desabafando neste blogue, criando amizades, ajudou-me a conhecer o meu homem. E agora longe de alguns amigos queridos, vou mantendo contacto com eles através dela. Por isso é com todo o gosto que ponho a miúda em frente ao pc!

 

----------------------------------------------

 

Releio certos posts destes anos que passaram e rio-me imenso! Pergunto-me por vezes como conseguia dizer, fazer, acontecer... Cresci tanto. E calo-me mais. Há coisas que já não digo. Deve ser para ficar bem. Oh sei lá! A vida na altura exigia que fizesse frente às coisas e pessoas. Precisava de impor o que era e sentia para não sair ferida mas hoje não preciso. Hoje pouco ou nada me fere, felizmente. Tenho um homem ao meu lado que não me faz sofrer. Em quase 4 anos juntos nunca este homem me feriu com um acto ou palavra. E eu sinceramente já merecia alguém assim. Não me quero gabar mas merecia. 

 

Ao deparar-me com o que fui e escrevi consigo testemunhar toda a minha evolução nos primeiros anos de vida adulta e gosto da forma como percorri (e percorro) o meu caminho. Consegui ter a cabeça bem assente para chegar aqui e fico feliz de nunca ter vassilado, ter posto um pé em falso. E seria tão fácil ter-me desencaminhado. Mas consegui e hoje as feridas estão bem saradas...

 

As cicatrizes? Oh usei creme de baba de caracol e a coisa ficou ali disfarçada!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

13
Fev13

Ser-se pai é fácil!

por Pobre(o)Tanas

O tempo escasseia e sinceramente a atenção ao blog da pequena é maior. Por falar nisso: http://levanta-te-tu.blogspot.pt/

 

Mas ao fim de 2 meses de amor a 3, posso dizer que estou mais que apta para abrir um infantário! Já mudo fraldas com uma perna às costas, saco da mama mais depressa que um cowboy saca da pistola, dou-lhe uns bacalhaus valentes nas costas para ela arrotar e a pequena anda numa fona feliz e contente!

 

Ser mãe não é aquela coisa tããããããão negra como faziam! "Ah quando fores mãe é que vais ver o que é...", "Ahh isso é agora! Deixa que quando chegares àquela fase de não sei quê é que é amargar!", "Ui isso não é nada... Experimenta não dormir dias seguidos e...".

 

Pois tenho a dizer que é fácil! Desde que se tenha paciência e se tenha consciencia que daqui a 20 anos a pirralha está-se nas tintas para nós, que não quer colo, já não lhe apetecem as minhas mamas, usa cuecas (ou não!) sabendo controlar o esfincter e bexiga e que podemos dormir mais umas horinhas tudo se faz sem problemas!

 

Por isso quando ela tem uma daquelas noites que acorda de 10 em 10 minutos a esfregar os olhos com um enguiço enorme, a gritar e a espernear eu penso: Faltam 19 anos, 10 meses e 0 dias para estares na faculdade a fingir que estudas e a ingerir sei lá o que! 

 

Só há uma coisa negativa em se ser mãe. Aliás, duas: A preocupação constante com eles que nos põe a cabeça a 1000 e os telefonemas mensais dos gajos da Salvat a quererem que compremos todos os livros da Disney! De resto a coisa flui com a naturalidade necessária.


Sigo uma teoria fantástica quanto ao cuidar da Eva e ser boa mãe: nunca imitar a minha! Se não usar os exemplos da minha mãe, consigo ser uma excelente progenitora e a miúda até é capaz de chegar aí aos 35/40 anos com vontade de se manter cá em casa sem grande alarido.


A Eva é tratada com todo o amor e carinho que temos por ela. É beijocada o dia todo, MIMADA mesmo! As nossas "conversinhas" são encantadoras e o mundo pára só para a minha filha! Mas não somos pais paranóicos, felizmente!  

 

Há vida para além de germes, chuchas caídas ao chão que chupadas por um de nós surtem o mesmo efeito de uma esterilização, a nossa vidinha prende-se com idas à rua com os bichos estando quase a nevar, banhos com o pai na banheira grande, sestas quando lhe apetece, beijos a toda a hora, mama ao léu e ao dispor, a caminha dos pais volta e meia quando há birra e um cansaço extremo da nossa parte, não havendo horários para comer, fá-lo quando quer seja de 3 em 3h, seja de minuto a minuto, vendo televisão no baloiço, lavando a roupa dela juntamente com a nossa e se estiver com uma birra louca é certo que lhe vou dar colo até me doer cada osso do corpo sem querer saber se ela fica com manhas - sabendo de antemão que uma criança com 2 meses não tem manhas, tem sim necessidade de colo, aconchego, carinho depois de 9 meses a crescer confortávelmente num "ninho quentinho". Nove meses sem barulhos estridentes, gente assustadora à volta do carrinho a fazer "bidú-bidú", sem este espaço todo que cria medos e ansiedades, sem confusão.

 

Não somos pais "By the book"... Isso é para aqueles que não sabem ser criativos e apelar ao instinto! E nós como não temos ajuda de ninguém também tivemos de nos virar sozinhos e levar a "coisa" sem medo!

 

Tratar de um bebé é fácil! E acreditem que ser mau pai é mais dificil que ser bom!

 

Amor, paciência e simplificar as coisas é meio caminho andado para o sucesso!

 

Ser-se pai é fácil!

 

Ser-se pai é do baril!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

03
Jan13

1 mês a 3!

por Pobre(o)Tanas

1 mês de Eva!

 

1 mês que sou mãe!

 

1 mês que somos pais!

 

1 mês em que somos três!

 

 

 

 

Tão bom!

 

Tão perfeito!

 

Tão à nossa medida!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

18
Dez12

Benvinda, filha!

por Pobre(o)Tanas

 

A Eva nasceu no dia 03 de Dezembro às 18h25m, de parto normal, com 3190g e 50cm :)

 

E apesar das 18h de contracções de 10 em 10minutos, de ter urrado como um animal uma noite inteira e ter estado mais de 60h sem dormir, foi o dia mais feliz da minha vida!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

19
Nov12

Estamos a 2 dias da data prevista para o parto e andamos encantados com a ideia de sermos pais.

 

Ele mais nervoso que eu mas mesmo assim vejo nos olhos do meu homem que se sente feliz com a chegada do dia em que conhecerá a filha e assim a vida dele ficar mais preenchida.

 

A minha cabeça anda a mil, apesar de já ter estado mais ansiosa, mas ando super feliz.

 

Tenho 25 anos, estou prestes a ser mãe e com a minha/nossa vida equilibrada sem dificuldade. Um homem que me ama tal como o amo, os meus bichos e uma vida inteira de coisas boas para viver com a minha família. Família contruída por nós.

 

Se até dia 24 a Eva não nascer, será induzido o parto a 28. Sei que se não nascer por ela mesma, que dia 28 terei um dos meus sonhos nos braços e que tudo o que vivi para chegar aqui valeu a pena. Cada lágrima, riso, cada bocadinho que escrevi neste blog durante 4 anos - 1 deles sozinha - fazem parte do que fui e fiz para ter a Eva e o pai dela na minha vida.

 

Olhando para trás, há 4 anos nunca pensaria chegar onde estou e sem um único arranhão visivel. Sarei tudo, tive quem me ajudasse nesse trabalho, mas consegui e aqui estou/estamos. E é desta forma que quero continuar a caminhar. 

 

Quero que a minha filha seja super feliz e siga sempre o seu coração, sem pisar ninguém, mas que o siga. Quero que ame, ria até lhe doer a barriga, viva, seja ela mesma, sempre! 

 

Estaremos cá para o que ela precisar, sempre que precisar e quiser :)

 

E nós, meu companheiro de vida, que venham mais anos iguais a estes que estamos juntos. MUITOS! Até ao fim :)

 

Amo-vos muito!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

07
Nov12

38 semanas :)

por Pobre(o)Tanas

 

 

A Eva na ultima ecografia contava com 2.976kg pelo que hoje a barreira dos 3 kg já terá sido, certamente, ultrapassada.

 

Já estive mais ansiosa e nervosa. Neste momento só me apetece pari-la e tê-la aconchegada no meu peito.

 

Que mais posso dizer?

 

Estou apaixonada e ainda nem a vi...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

16
Out12

À espera...

por Pobre(o)Tanas

Por cá já estamos em casa. Amanhã fazemos 35 semanas e aguardamos a chegada da nossa Eva com muita ansiedade para daqui a 5 semanas e 1 dia.

 

Tudo pronto para a nossa bibicas linda!

 

Dia 24 de Setembro a bebé já contava com 1,800kg pelo que por esta altura cuido que já terá perto dos 2,500.

 

As noites são as que custam a passar mais pois não há posição para estar. O cansaço tem sido imenso e cada sensação nova faz-me ficar alerta como qualquer mãe de primeira viagem. Mas tento manter a calma e concentrar-me nos pormenores e do que possa eventualmente faltar... 

 

 

 

 

 

Quanto a mim estou ENORMEEEEEE!!! 

 

Recordo-me de há uns anos dizer que estava gorda e que iria deixar o leite com chocolate e as argolinhas do Pingo Doce... Se depois da gravidez chegar a ter menos 10kg do que tenho já será uma grande vitória.

 

Por enquanto não me preocupo minimamente com o meu peso. Sinto-me um casulo de onde sairá a mais bela borboleta...

 

Tirando o facto de andar cansada nunca na vida me senti tão saudável :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

01
Set12

28 semanas :)

por Pobre(o)Tanas

 

 

O tempo voa e faltam menos de 12 semanas para termos a nossa menina nos braços.

 

O quarto dela está pronto, a mala da maternidade também (ou não fosse eu uma apressada em tudo) e temos imenso amor para lhe dar.

 

Não vejo a hora de a ter...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D