Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!

09
Jul09

Tinha ponderado deixar de fumar quando entrei para este novo trabalho...

 

Até que, na primeira semana, percebi que o melhor mesmo seria continuar... Talvez até passe à fase de me injectar com heroína...

Autoria e outros dados (tags, etc)

25
Set08

Coisas que já lá vão!

por Pobre(o)Tanas

Todos os que por aqui passam, que lêem com atenção e me "conhecem" um pouco, sabem de algumas coisas que fiz ha uns tempos. Não me arrependo, a ver se sei explicar, das minhas experiências, arrependo-me e isso já o disse várias vezes aqui, de ter puxado outras pessoas nessas viagens alucinantes. E arrepender-me-ia amargamente se nunca tivesse saído do "outro lado". Ou não tivesse a força para dizer "Eu NÃO!". Desde então que uso uma pulseira no braço. Atei-a com 3 nós e pedi a Deus para que fosse o ponto de viragem. Ou a cereja no topo do bolo da recuperação de uma queda que soube a tempo levantar-me dela. 

 

Nos últimos tempos, tenho participado muito mais na educação da minha sobrinha, ou pelo menos tenho estado mais presente. Só temos 9 anos de diferença e não parecendo muito, nas experiências de vida reflecte-se bastante.

 

Nos miúdos de agora, fala-se mais depressa de drogas que de sexo. E numa das visitas diárias à casa nova da Tia J. que é uma "fixe", a minha sobrinha e eu palavra puxa palavra, chegámos à conversa "D". Tinha dito à minha irmã e à sogra dela que nunca falaria de mim porque achava que não era altura. Mas acabou por acontecer. Contei-lhe tudo e fiquei espantada quando me disse que já sabia porque tinha ouvido zum-zuns... 

 

Disse-lhe que mal ela tivesse dúvidas que viesse ter comigo que eu explicava-lhe tudo. Não queria que perguntasse a pessoas que não soubessem. Que eu diria exactamente como eram as coisas.

 

E assim foi...

 

Por coincidência, ou não, encontrei, no fim de semana, este livro:

 

 

 

Sabia da existência mas nunca lhe tinha pegado. Estou a gostar bastante. Já o deveria ter lido há mais tempo. Claro que nunca cheguei nem a uma unha do pé da Christiane. GRAÇAS A DEUS! Neste momento quero que seja como mais um processo de nem sequer pensar no assunto com a importância que lhe dava na altura. Em que só queria e pensava naquilo.

 

Aconselho vivamente!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D