Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!

21
Out08

Viver sozinho/a...

por Pobre(o)Tanas

 

 

Isto de vivermos sozinhos tem, como tudo, os seus prós e contras. Tem as suas coisas boas e as coisas más. E uma das más aconteceu-me ontem e outra acontecerá se dia 26 não tiver 22 euros na conta para pagar a luz, mas isso é outra história! Mas como estava a dizer, aconteceu-me ontem uma coisa má que pode acontecer a quem viver sozinho.

 

Estava eu a preparar a roupa para hoje, porque tenho de vir empinocada no minimo para o trabalho, e à procura de uma camisola nas minhas caixas com rodinhas no quarto. Aquelas caixas dão uma arrumação fantástica, a roupa fica ali dobradinha (ou então não!) e é só escolher. Pois bem, no quarto, enquanto não tiver um movel proprio, a televisão está em cima de uma cadeira da cozinha. É algo temporário e até da jeito porque se não me apetecer ter ali a tv, tiro-a, levo a cadeira para a cozinha e fico com espaço. Acontece que estava baixa de volta das caixas e quando dou por mim sinto uma dor no cóccix que nem vos passa pela cabeça. Bati com o rabo na ponta da cadeira e com o impulso da dor caí para trás e bati a segunda vez. Escusado será dizer que senti a coluna toda a encolher-se em fracções de segundos, as pernas fracas e de seguida uma dor aguda que se me fez uns suores frios que não vos digo nada. Não sei se alguém ouviu o meu gemido de dor, pois literalmente fiquei deitada onde estava, agarrada ao rabo como se a minha vida dependesse disso. E senti-me frágil, mas tão frágil... Pequenas lagrimas começaram a surgir com a dor e eu so me torcia. Digo é das piores dores que se pode ter porque nem dá para ver o sitio em questão.

 

Hoje mal me consigo sentar. Sinto tudo inchado.

 

Isto é à conclusão que viver sozinha tem destas coisas. Ninguém para acudir na hora exacta.

 

Isto foi no cóccix porque se tivesse batido com a cabeça e tivesse desmaiado, a esta hora ainda lá estaria e talvez já estivesse de pernil esticado.

 

Este fim de semana por acaso bati com a cabeça na madeira do sofá. Mas isto foi por culpa de alguém que me virou como se eu fosse um saco de batatas, me pôs toda torcida e fez com que batesse com a cabeça. Agora tenho aqui um galo...

 

Pergunta: "Mas já cantou? Eh eh"

 

Resposta: "Engraçadinho! Tens muita piada tu! Humpf!"

 

 

 

 

("Não, que ideia! Queres experimentar? Anda cá que eu ajudo!") - foto tirada da net...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D