Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!

 

 

Desde que estou neste trabalho que tenho apenas rasgos da minha inteligência e cultura de outrora... Rasgos esses que antes seriam diários e que agora ocorrem, talvêz, de 15 em 15 dias...

 

Para se ter noção vejamos a brilhante conclusão a que cheguei hoje:

 

B. - Ela poderá fazer inseminação artificial...

 

Pobre(o)Tanas - Porque? É estéril?

 

 

Eu que sempre fui o supra-sumo da cultura sexual saí-me com esta... Eu que era culta, sabia coisas formidáveis... Que tinham piada... Agora transformei-me nisto... Num ser denominado "Bobo "Burro" de Corte"...

 

Obvio que fui gozada apesar de saber que, ha uns meses atrás, nunca cuspiria um "monstro" destes pela boca fora... Isto era básico e eu fui castigada... E sei porque o fui... Porque uma vez um amigo disse que uma mulher nunca engravidaria se não tivesse um orgasmo... Ao qual eu respondi "Seu paspalho, a tua mãe decerteza que não se veio quando te fez e tu estás aqui...".

 

Eu mereço... Mereço estar lerda... Merecia castigo pior...

 

Preciso de ser injectada com neurónios... E deveria pensar antes de falar, isso é certo...

 

 

Precisa-se de meia duzia de enciclopédias, pfv...

 

Neste momento o meu cerebro dá atenção a Perdas Totais e IDS Credor... Aos 40 processos diários que possuo, a um perito por cada processo que tenha em curso e o qual tenho de controlar... Tenho dezenas de homens na rua que preciso de lhes meter mão antes que as coisas fiquem negras...

 

Sou uma pastora e eles o meu rebanho! Rebanho esse que além de querer que façam o seu trabalho, me preocupo com eles... Que não fiquem mal vistos nem eu... E muitas vezes preocupo-me se chegam bem, se estão bem. Tenho os clientes que deveriam estar no topo das minhas preocupações como acontece com maior parte dos meus colegas. Mas para mim o mais importante são os "meus" homens, os meus soldados. E são tão bons meninos quando fazem tudo certinho  e não deixam aqui a pastorinha de cabelos em pé!

 

Dão-me na cabeça porque muitas vezes posso não lhes ter pulso mas acho que se for compreensiva para com eles e com alguns erros que possam cometer, que tenho deles o que preciso e até agora tem corrido bem. E como digo constantemente não vou discutir com um homem que anda neste "mundo" há mais anos que aqueles que tenho de vida...

 

Gosto tanto dos meus "maninos"! Tã lindes qu'eles saum!

 

 

Orgulho de "mãe" babada!

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

E de maneira que é assim que ocupo o cérebro... Já não tenho perspicácia... Já não sou tão prática como era. Nem tudo é lógico para mim e não tem sido com noites de descanso que isto tenha melhorado...

 

Efectivamente preocupo-me... Estou metida no meio do mulherio casado que fala no que dizem as revistas cor de rosa do café da esquina. No básico dos básicos. Do que veste a outra hoje... E isso torna-se hábito. O cérebro feminino dispersa-se em porcarias futeis desse estilo. Sempre foi assim por mais "machona" que a mulher fosse por mais que pensasse de forma simples e prática como um homem. A mais SheMale de todas as mulheres, onde estou, tornar-se-ia uma perita em perfumes e nas trezentas formas de fazer galinha de cabidela. Qualquer mulher ali, se se sentar numa cadeira de outra colega, fica grávida... Porque o projecto das que ali trabalham, presentemente, é ter o segundo filho - o primeiro eu ainda não estava lá. Miram as barrigas umas das outras, na gordura acumulada... Entretanto a coisa acalmou com a vinda da praia... Era ver quem trazia o maior bronze e claro a barriga...

 

Tanto se beija como se pregam rasteiras - mas isso sempre foi assim - contudo cada vez é mais intenso e eu vejo-me a cada dia que passa mais sonsa sendo verdadeira comigo mesma. Com a verdade engano as pessoas... Digo que estão fantásticas, lindas, magras para pensarem que estou a ser mentirosa - com aquele sexto sentido feminino para o cinismo - no entanto digo-o com verdade acabando por nunca se saber se o que penso é isso mesmo ou não.

 

Ali dentro nunca disse "Gosto" sabendo que não é verdade. Gosto e pronto. Se pensarem que estou a ser falsa, paciencia... Eu é que sei. E acabo por nunca me trair nem aos meus principios.

 

Talvez por ter que possuir um jogo de cintura muito cruel e que muito oscila entre altos e baixos para a minha maneira de ser eu não consigo desenvolver o meu cérebro no que toca à cultura...

 

Talvez seja uma desculpa... Talvez nem seja... Um dia descobrirei...

 

Até lá espero que volte à minha tolice com algum sentido prático e simples...

 

---------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

29
Abr09

Enfim...

por Pobre(o)Tanas

 

 

Não me tem ocorrido nada para escrever num nível brejeiro e terrivelmente caótico no que toca a parvoíce.

 

Deve ser porque entretanto cresci...

 

 

 

Bem me pareceu que sem os minorcas, o meu blog ia morrer LOOOOL

 

 

 

 

Apetece-me escrever sobre a amizade. Em tom de "boca"... Mas como em tudo o que tem acontecido na minha vida, basicamente, so dou importancia ao que quero. O resto são meras merdices que nunca iriam equilibrar nos meus ombros. Até porque não carrego com pesos de problemas que não foram causados por mim. Lamento.

 

Só mais uma coisa: eu sou do genero de pessoa que enche e enche e enche e deixo que façam tudo de mim (como os caes cujas orelhas e cauda as crianças puxam até à exaustão)... Um dia dá-me um vipe e desato a morder a toda agente. Neste caso desligo e viro costas. Se me puxarem outra vez é certo que vou morder... Detesto MENTIRAS!!!

 

Saliento ainda que não tolero que se imponham na minha vida e façam birras que me afectem a parte psicologica, melhor dizendo, pressão... No sentido "Não me mandas sms, não és minha amiga...", uma pinóia! E não me vou defender até porque não me apetece nem vou perder tempo com isso. Porque para ver cenas dessas, ligo a tv e vejo os Morangos com Açucar...

 

 

Tenho dito!

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

 

Quanto a ti... Tenho tanto a dizer-te e não consigo... Com o crescimento ganhei medos...

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

29
Mar09

 

 

Este fim de semana, o cansaço apoderou-se de mim de tal forma que me fartei de vomitar e arrepiar-me de frio. Podiam ser sintomas de algo que comi ou de alguma carraspana que por aí andasse mas já me conheço bem e sei que era mesmo cansaço.

 

Cheguei a um ponto que nem sabia mais que fazer...

 

 

Fui de fim de semana para a minha mãe. Deixei as miudas felinas com comida e água, wc limpa e mantas fofas, peguei na Pamir e rumámos à Margem Sul.

 

Entrei em paranóia completamente.

 

 

A Pamir ocupa-me o tempo todo. Notamos que ainda tem atitudes de cachorra irrequieta e dependente. Pois bem não sou senhora de ir tomar banho sem que ela fique deitada no tapete da wc à minha espera, se estiver a jantar fica sentada ou deitada aos meus pés, no sofá deita-se ao meu colo e hoje, de rastos como estava, fui dormir a sesta... Quando dei por ela estava encostada às minhas costas, estilo cadeirinha e dormiu tantas horas como eu. Não come da mão de ninguém e não brinca com ninguém a não ser comigo. Ontem até disse ao Paulo, namorado da minha mãe, para brincar com ela... Ele pegou no brinquedo para ela lho puxar da mão... Nem lhe pegou... Tirou-lho e veio-mo entregar a mim...

 

Ando doida!!!!!!!!!!!

 

 

Com o trabalho, casa, gatas, cadela, família, amigos... Eu...

 

Mas um eu muito pequenino...

 

 

Não vou por as minhas obrigações à porta de ninguém mas penso que estou a dar o chamado "peido mestre"...

 

Depois com a má disposição do fim de semana em que ontem ao jantar vomitei o almoço de sexta, ando ainda mais fraca. Não conseguia dizer uma frase completa e barulhos eram facas nos meus ouvidos!

 

 

A sesta restabeleceu energias... E estava louca para chegar a casa...

 

 

Amanhã, Faixa de Gaza outra vez...

 

 

Fim de semana mais curtinho:(

 

 

 

 

Não posso quebrar agora, sabendo que posso ser chamada para o novo trabalho... Não posso mesmo. Penso na frase que o meu pai costuma dizer:

 

"Quando pensamos que o corpo não aguenta mais, aguenta o dobro..."

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

Tenho um cabelo que precisa de um corte urgente (sem ser os meus cortes com uma Mac3), um buço maior que o da Frida Kalo, as pernas mais peludas que as do meu pai e farto-me de comer o que me deforma, "banhosamente" falando...

 

PRECISO DE FÉRIASSSSSS!!! PRECISO DE 5MINUTOS PARA MIM!!!!!!! Para olhar para o meu umbigo!!! Pronto preciso de umas férias de 5minutos pode ser???

 

Esquecer-me que sou eu quem veste as calças cá em casa, que pago tudo, que limpo, que sou "mãe"... Esquecer-me que cá fora as pessoas viram-se sem mim e não preciso de estar sempre lá para salvar o mundo...

 

 

Basicamente só penso nestas coisas...

 

Bom sempre é melhor que pensar no sexo oposto... Até porque neste momento sou um repelente humano com esta bigodaça que possuo... E nem penso nisso... Porque não vou gastar 1 minuto dos 5 que apenas preciso... E também... Não vejo ninguém em quem possa pensar porque quando isso acontece a Zappa deita-se no meu colo, a Piggy dá-me turras, a Pamir dá-me trincas, o microondas apita, o telemovel vibra, olho para o pó da minha casa - apesar de o limpar todas as semanas- vejo patas marcadas no chão e eu... eu... GRITOOOOOOOOOOOO!!!!!!! Porque entretanto tocaram à campaínha também...

 

Vou dormir!!!!!!!!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

26
Mar09

 

 

Correu muito bem... Tão bem... E gostei...

 

 

 

Terça-feira terei uma resposta...

 

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

 

Vendo bem... Talvez tenha aquilo que por agora queria... Um trabalho novo...

 

 

Realmente a vida tem corrido sobre rodas aqui para os meus lados e fazendo uma retroespectiva de ha um ano para cá, que conquistei tanta coisa... Sim já sei que me estou a repetir... Mas pronto gosto de fazer estes balanços.

 

Consegui a minha casa, arrumar algumas ideias - nem todas mas cada coisa a seu tempo e na respectiva prateleira -, ter as "miudas" comigo e juntar mais um membro na "família", conseguir gerir o dinheiro para esta gentinha toda, para mim e para a casa, sorrir cada vez mais e marimbar-me para o que não me agrada... Estar bem com a minha família toda mesmo não sendo o membro que destabiliza, tornar-me maníaca das limpezas - lavando o chão todos os dias - coisa impensável ha uns anos atras, arranjar-me e gostar cada vez mais de mim... Melhor, saber viver sozinha em casa e sozinha como ser humano com carências afectivas LOOOL (trincado milhoes de chocolates e engolindo a Matutano em peso...).

 

 

 

Acho que tenho tudo... E conquistado devagarinho, sem pressas... Como sempre gostei de fazer as coisas...

 

 

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

Disseste que querias que falasse de ti aqui...

 

 

Já falei! LOOOOOOOOL

 

 

 

"Viste ali aquele quê , ya"

 

 

 

 

 

 

 

MUAHAHAHAHAHAHAHA

 

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

:)

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

03
Mar09

 

 

Se há coisa que aqui a Pobre(o)Tanas percebe é de Política! E percebe também de homens nus de meias brancas da raquete e mais ainda de IRS!

 

 

LEIAM BEM....

 

 

 

IRS

 

 

 

 

*MEDO*

 

 

Pois bem, levantei-me a custo de manhã e dirigi-me até à Faixa de Gaza... O meu ram-ram de sempre.

 

Eram 10 e 15 telefono ao meu pai e conversa para lá e para cá falámos sobre o IRS - que tenho de o fazer e que ele ajuda e coise e tal - até que caí em mim. Assim do nada... *PUFF*

 

 

- DEUSES TENHO OS DOCUMENTOS TODOS COM MORADAS DIFERENTESSSSS!!! AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH E TENHO DE FAZER O IRS, PEDIR A SENHA E E E E E... SE NAO FIZER... E.... VOU SER PRESAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!! VOU MORRER NUMA CADEIA POR NAO TER FEITO IRS. E AGORA????!!!!!QUE FAÇO???

 

 

 

O PÂNICO!!!

 

 

 

O meu colega velhadas rumina qualquer coisa:

 

- Então cama, comida e roupa lavada... Ainda pode continuar a estudar la na prisão...

 

- HOMEMMMMMMMMM!!! NAOOOOOOOO!!! TENHO DE FAZER QUALQUER COISA!!!

 

 

*Nesta altura já estava histérica*

 

 

- Vou embora. Não vou ficar aqui! Não vão querer uma colega presidiária! Vou embora... Mas... Mas eu trabalho com Tolinhos, Advogados. Eles são "mês amigues"... Não me vao deixar ir para a prisão... "DÓTORAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA"!!!!!!!!!!!

 

 

*Já estava de lágrima no olho* - É de sublinhar que chamei pela Psico, a única advogada perto num raio de 10metros...

 

 

- Vou à Loja do Cidadão...

 

- Vá, com o IRS não se brinca...

 

 

*KIDAAAAAAAAAAAAAAAAAAA*

 

 

Peguei na minha mala (arma de arremesso contra elefantes africanos solitários em epoca de acasalamento) e fui a casa pegar dinheiro (debaixo do colchão) e calçar uns sapatos baixos.

 

 

Cheguei aos Restauradores e estavam no numero 8... Eu era o 183... Nada de grave não fosse estar no numero 20 meia hora... De repente... Acho uma senha 163... (Senti-me no apogeu do culto à Deusa Malaharibuganess das Senhas de forma que até rolei os olhos como aqueles indigenas possuidos...)... Vim tomar café, comprei um livro de palavras cruzadas e voltei à Loja do Cidadão. Eis que alguem deixa uma senha 112 mesmo ao meu lado... Iamos no 35... (Desta vez não rolei os olhos, mas soltei um gemido estridente como se tivesse tido o melhor orgasmo do mundo - coisa dificil - e fiz um "yes!!! yes!!!" tipo Meg Ryan enquanto mordia o labio inferior e escondia a senha porque há quantidade de predadores de senhas perdidas que por ali havia era provavel eu parecer uma herege no meio de uma seita religiosa qualquer)...

 

Fiz uma amizade - LARAAAA - e dei-lhe a minha senha bem como a minha anterior (183) a uma senhora que ainda teve tempo de ir almoçar e ir ao cabeleireiro... Por lá conheci mais uma velhota que cantou o tempo todo algo como "*Estamos num país de merdaaaaaa*"...

 

 

Mas o pior estava para vir... Eu desde que sai do Pingo Doce (que trauma senhores) que ando às "salhas" com os numeros. E não é que vendo que a minha senha era o 112 não meti na cornadura que era 122????

 

Lá estava o 110, 111, 112 (orgasmos duplos), 113, 114, 115 e pensei...

 

ESTÁ QUASEEEEEEEEE... De repente...

 

 

MAS MAS MAS...

 

 

EU SOU O 112!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! JÁ PASSOUUUUUUUUUU!!!!!!!!!!!!

 

 

TREMELIQUES DE OLHO, UMA SENSAÇÃO DE PEPINO DO ENTRONCAMENTO ENFIADO NO TRASEIRO À BRUTA E UM ESGAR....

 

 

 

- POR FAVOR AQUI, AQUI!!! EU EU EU!!!!!!!!!! SOU EU!!!! NAOOOOOOO POR FAVOR "SINHORA". NAO, ISTO NAO ME ESTA A ACONTECERRRRRRRRRRR!!! Per favoreeeeee. Tenho crianças à minha espera em casa... Por favor... O IRSSSSSSS!!! PRESA VOU PRESA!"

 

 

Já estava a conseguir a proeza de falar romeno e uma mistura de crioulo com brasileiro...

 

 

Como tinha 3 numeros de tolerancia ainda me atenderam...

 

 

 

Melhor... Agora já não ha BI... Há o Cartao do Cidadão - Cartão Unico - mas eu prefiro dizer C.U. (Porque é giro mostrar o C.U. para entrar numa discoteca...) e com tanta complicação de meter dedos em sensores, escrever numa placa com uma caneta ficticia e ter de tirar fotos em frente a milhares de pessoas quando fico Com ar de presidiária barbuda, o sistema falha e repeti o processo DUAS VEZES!!! Para culminar, nao sabem se o meu processo entrou portanto aguardo que a mulher me ligue amanha se não terei de voltar ao inicio...

 

 

Por enquanto não consigo obter senha porque aguardo a confirmação da morada... Mas amanhã estarei agarrada ao telemovel como se a minha vida dependesse disso...

 

 

Sei que nao vou presa mas pronto... Também estou naquelas alturas do mes e estou sensivel... Daqueles dias em que se ligasse a TV e visse a Oprah, mal ela dissesse "Olá a todos benvindos ao meu programa..." já eu estava de kleenex na mão e a dizer "TÃO LINDOOOOO... TÃO BEM "DIZIDO"!"... Ou ver toda aquela gente a receber casas e carros... Choro por ver o pessoal tão feliz!

 

 

 

De maneira que demorei 4 h a fazer tudo isto. Gastei duas de expediente e as duas de almoço. Hoje sai mais tarde e amanha entro mais cedo para compensar...

 

 

 

AGORA VOU DORMIR!!!

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

25
Fev09

Jogar solitário...

por Pobre(o)Tanas

 

 

Quando recebi o meu primeiro computador, tinha 14 anos. Nesse mesmo dia recebi também uma aparelhagem e só quando me fartei dela, confesso, é que me virei para a informática ou pelo menos para 0,0001 daquilo que percebo disso. Naquela altura não tinha internet e só tive mesmo já estava fora de casa e com 20 anos no lombo.

 

Lembro-me de ter uns 12 anos e a minha irmã colocar-me em frente a um computador no trabalho dela e dizer-me "Olha podes ir à internet..."... E eu *Okay... Internet... Onde fica isso?*... Ela la me explicou. Abriu uma pagina e deixou-me ali a olhar para aquilo como se eu fosse uma burra a olhar para um palácio. Levantei-me com o meu orgulho ferido, fui à wc, voltei, sentei-me e joguei solitário a única coisa que sabia fazer até então num computador além de saber usar o Word e o Paint para fazer uns desenhos malucos que imprimia só porque era giro desperdiçar tinteiros e ouvir o meu pai refilar.

 

 

 

Anos depois o Solitário para mim continua a ser um passatempo quando não me apetece ir para a internet mas quero estar em frente ao computador sem ser para o estragar mexendo aqui e ali porque sim, porque é giro.

 

 

Hoje, no meu trabalho, ensinei o meu colega velhadas o bom que é ter o Solitário à mão. E, não me agrada nada dizer isto mas, vou por o velhote viciado naquilo... Já que não temos internet - ele para ver gajas nuas e eu para escrever no Blog - temos de nos auto-satisfazer (reparem no que eu disse) de alguma forma....

 

 

Será que ele vai começar a ver um fundo verde de cada vez que fecha a janela do jogo como eu?

 

 

 

 

 

Sou assim... Uma desencaminhadora de pessoas decentes que só querem trabalhar de forma honesta...

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

13
Fev09

 

Este título de hoje de certeza que vai causar polémica aqui para o meu tico e teco... Mais dia e menos dia e vêm as pessoas procurar-me pelas palavras "filha fresca"... Assim como me procuram/encontram todos os dia pelas palavras "secso" e "pintar o cabelo em casa", ou "Vin Diesel nu"...

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

Ingénua, Pobre(o)Tanas... Ingénua...

 

Quando recolhemos a Piggy - a Carolina e eu - passadas semanas ela teve o primeiro cio... Tive uma conversa com a miuda na cama, peguei nela ao colo e disse-lhe sob os risos da Carolina:

 

"Sabes Piggy, a partir de agora tudo vai ser diferente... Já es uma mulherzinha... A mãe quis ter esta conversa mais cedo mas pronto vamos tê-la agora."

 

A Piggy coitada olhava para mim muito pequenina e enfezadita...

 

"Sabes que a mãe já teve umas experiencias com os machos muito desagradáveis e não queria que passasses o mesmo. Por isso quero poupar-te disso e como tal vamos ao médico um destes dias..."

 

Levámo-la ao veterinário para que fosse esterelizada... Faltei ao trabalho, inventei uma desculpa que tinha adoecido no dia anterior que fora a minha folga, e lá fiquei com a pequena em casa. Não dormi nada nessa semana porque a anestesia deu-lhe forte. Então enquanto ela dormia e não se coçava toda eu aproveitava para dormir também. Foi o caos... 

 

Quando trouxe a Zappa para casa soube que chegaria a altura dela também. No entanto está quase a fazer um ano e a Zappa nada de miados nem coise... Pensei para comigo, como nunca esteve em contacto com mais nenhum gato para além da Piggy que não mia nem se roça em ninguém com o cio, nem deve saber que há coisas que os machos têm que podem satisfazer frustrações...

 

Ingenuidade...

 

Esta semana deixei uma fresta da janela da cozinha aberta... Estamos em época de cio... Os gatos dos quintais andam em alvoroço... A Zappa esta semana deu os primeiros mios... Porque, e imagino eu, ouviu os outros...

 

Para mim não dizem mais que: NHA NHAUUUUUUUUUUUUUUU AUUUUUU

 

Para ela devem dizer: AI QUE ESTOU TÃO AFLITA, ANDA COÇAR-ME AS COSTAS COM OS DENTES ENQUANTOOOO NHA NHA AHHH AH AHHHHHH AUUUUUU

 

De maneira que, para castigo, acabou-se a janela aberta não vá a minha filha mais nova ouvir obscenidades...

 

 

À bocado foi a hora dos toalhetes passados pelo lombo... Enquanto lhe lavava o rabo, a pilhantra levanta-me as ancas e tremeu-se-me toda satisfeita...

 

E eu "Olha-me estaaaa a satisfazer-se à minha custaaaaa... Desanda já daqui sua vadia..."

 

Sentou-se ao meu colo e imagine-se, ela que é a mais independente, nunca me pede festas a não ser para comer, esfregou-se toda na minha cara, enfeitou-me o trombil com remelas fresquinhas, baba e ranho com macacos felinos e ronronou como se não houvesse amanha...

 

Estou velha... As minhas miudas já cresceram tanto... Já estamos juntas há um ano:)

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

Tenho uns desafios da Soflor para aceitar... Mas amanhã... Hoje vou enfiar-me na cama cedo porque tenho de me levantar de madrugada... Por volta das 11...

 

Durante a semana, quando me ponho de pé às 7 e 45 isso é ainda de noite... Muito antes da madrugada... Umas 3 da manhã para o ser humano comum.

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

- Sábado não vou sair contigo... É dia dos namorados. Não quero que pensem coisas... Vou-me enfiar em casa a ver filmes lamechas e a comer chocolates enquanto espalho kleenexs pelo chao do quarto...

 

- Andaste a beber?

 

- Não... Mas comprei umas botas! Sabado levo-as para te enfiar um salto no olho...

 

- És tão má para mim...

 

- Ainda estás a tempo de descombinar...

 

- Não...

 

 

*Ah pensava que não tinhas "córage"*

 

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

Bem e como sou uma lamechas do caraças...

 

Podem rir... Eu deixo...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Já não se fazem homens destes... Não com este penteado claro mas pronto coise... Assim...

 

 

Também me vou por ali a miar à janela...

 

 

 

*Isto soa a desespero o que até nem é totalmente verdade...*

 

 

 

 

 

 

Fui-----------------------»

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

12
Fev09

Nhaaaaa!!! Nhaaaaa!!!

por Pobre(o)Tanas

 

 

Hoje não me apetece dizer mal do meu patrão... Não porque não esteja irritada com ele e não me apetecesse, mas mais do que irritada, estou triste e quando isso acontece, fico sem vontade de falar sobre o assunto...

 

De maneira que para me animar fui...

 

 

ÀS COMPRASSSSSSSS!!!

 

 

Comprei umas botas a 9,90euros - que daqui a dois meses estão canejas - que eram as únicas que lá estavam e como tenho sorte, eram o meu número... Um singelo 39... Pronto eu calço o 38 mas de bota é o numero acima porque eu uso meias grossas para aquecer... E porque não me tem apetecido cortar as unhas dos pés... Não encontro o corta unhas e porque assim se alguem me chatear, descalço a botinha pipoca, retiro cuidadosamente a meia e ataco de forma instantanea quem estiver à frente... Depois com o chulé é tipo gás toxico...

 

Fora de brincadeiras de pita parva...

 

Sábado vou... Er... Não digo onde vou... É surpresa... Assim ninguém sabe! Mas é algo positivo!

 

 

 

Que parvo que anda o meu blog... Ou quem escreve... Que se lixe... Tenho umas botas novas!

 

 

 

 

De maneira que vou estender roupa e tratar da que vou vestir amanhã...

 

 

 

Apetecia-me ir dançar amanhã à noite... Há uns dois meses que não o faço e como já disse dançar é a minha consulta no psiquiatra.. E tenho faltado... Se tivesse carro ia sozinha mas pronto...

 

Que se lixeeeeeeeeeeeeeeee sou felizzzzzzzzzzzzzzzzz e

 

 

 

*TENHO UMAS BOTAS NOVAS!*

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

16
Jan09

O meu baú...

por Pobre(o)Tanas

 

 

Hoje, estava eu a abrir as grades exteriores do estaminé da Faixa de Gaza quando me deparei com uma coisa simplesmente... MAGNIFICA! Encostado a uma árvore, estava nada mais nada menos que um baú! Talvez com os seus 60x40 e pesado como o caraças. Entrei para por a mala e disse à Dr.ª Psico - que entretanto chegara ao mesmo tempo e entrara comigo - que ia buscá-lo para o restaurar...

 

 

- Aiii! Você teve a mesma ideia que eu!!! Eu também o quero!!!

 

 

*Mau! Começamos mal o dia...*

 

 

- Pois mas eu vi-o primeiro. Tenho prioridade.

 

- Pois é verdade, realmente...

 

 

*Ena! Já desististe? Logo assim à primeira? Estás fraquita hoje!*

 

 

- Mas eu tive logo essa ideia também. De o restaurar...

 

- Mas eu cheguei mais cedo, repito...

 

- Pois foi, pois foi...

 

 

*Querias tu ficar com ele quando eu o vi primeiro! Shame on you!!!"*

 

 

Rodei nos calcanhares e fui buscar a minha preciosidade do lixo... Não sem antes levar com ela nos dedos porque se me escapou a tampa que me "comeu" metade da mão e com o frio doeu como tudo... Agora está ali, ao pé do meu amigo velhadas que a está a guardar das ganfias da Psico, qual guarda real, não vá deitar-lhe a mão...

 

De maneira que logo à noite, no comboio, quem vir uma gaja com um baú nos braços, suor na testa e ar de lunática, sou eu!

 

 

 

 

 

Mandei um sms ao meu pai que também adora restaurar estas coisas. (Por exemplo ha uns anos restaurou sozinho duas máquinas de costura, uma Oliva e uma Singer).

 

Ao que ele me respondeu:

 

 

"Está nos nossos genes... Andar a vasculhar no lixo..."

 

 

Bolas! Eu não vasculhei! Bati com os olhos naquilo!

 

 

Mas acho que ele tem razão... Nos gostamos destas coisas que mais ninguém quer...

 

 

 

Er... Uma confidência assim pequenina...:

 

Eu não o vi primeiro... Cheguei lá primeiro apenas... Mas isso ela não sabe!

 

 

 

É MEU!!!!!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

15
Jan09

 

 

Sabem aqueles dias de cão? Em que quando damos conta já é noite? Hoje foi assim...

 

Piorei da gripe.

 

Mas apesar de tudo estou bem disposta. A fotocopiadora pagou, por tudo, ao pontapé e o fax escapou-se porque não o usei hoje... Também andei a dar porrada no modem. E na papeleira... De resto, os anões não me chatearam... (Que dia feliz!)...

 

 

 

Hoje não me apetece escrever mais nada...

 

 

 

Fico-me por aqui.

 

 

 

 

Voltem amanhã... Se vos apetecer...

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D