Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!

 

 

Ora bem antes de ter um pouco de sossego o que já fiz desde que cheguei não da minha saudosa Faixa de Gaza mas de Namek em Pé de Guerra Cheio de Fungos foi:

 

Limpar as porcarias que tanto o "rapazola" como as "miudas" fizeram que foi desde uma vomitar em cima das cadeiras da sala e ele comer o que restou (pelo que apenas precisei de passar um pano humido dado que não haviam bocados de coisas estranhas a pastar), limpar duas mijas (normalissimo para o cachorro que ainda não se aguenta da bexiga), apanhar os jornais sujos - aqueles em que ele acertou em cheio -, lavar o chão, fazer o jantar (sob vigilância de cima da mesa da Sodona Piggy o que lhe valeu uma palmada no traseiro), lavar a loiça (com vigilância da Zappa que decidiu beber agua da torneira), lavar a wc delas (com vigilância do Pablo que adora apanhar bocados de silica que trinca com muito prazer fazendo "crrock crrock"), enquanto se limpa a loiça ouvem-se barulhos na wc e deparei-me com a Badalhoca da Zappa dentro da sanita em que quase tive de usar o desentupidor para a tirar de lá de dentro, enquanto a estava a tirar, o cão rouba o "coiso" em que se põe aquela pastilha da wc pato que põe a água azul... Posto isto levo o rapaz e o lixo à rua. Volto e ponho a máquina a lavar com roupa que suas senhorias decidiram tirar do cesto e fazer um festim qualquer com elas, dou meia volta e sigo para lavar a cozinha, vou atrás do Pablo que enfiou na boca mais qualquer coisa nojenta e peganhenta do chão (ha uns tempos foi um Dr Bayard semi comido por baixo do movel dos livros) e após tudo isto vou a banhos que bem preciso... Não sem antes guardar o balde e a esfregona porque o senhor é louco pela água suja das coisas que se lavam cá em casa.

 

Eu aqui mortinha por um estrado com um cobertor roto e um bocado de palha para fazer de almofada e estes lordes a roncarem cada um na sua cama com os seus deveres diários cumpridos. Perdão... A Zappa está a afiar as unhas na mala do portatil. Foi-se deitar agora.

 

 

Volta Luís, estás perdoado!!! :D

 

 

 

Estes dias sem o Luís cá para falar e partilhar as coisas custam-me imenso. Precisamos de ganhar uns trocos.

 

Faltam 3 semanas para eu gritar "Freedom" como o Mel Gibson no filme BraveHeart enquanto é esventrado no potro.

 

Eu sou esventrada psicologicamente todos os dias... A minha estupidez é levada ao limite para aguentar a burrice dos outros. A falta de bom senso, de disciplina, camaradagem, de cultura e humildade para pedir ajuda ou esclarecimentos.

 

Ninguém cruza conhecimentos, ninguém pensa, ninguém quer saber mais do que o básico que lhes foi ensinado. Como burros com palas nos olhos seguem o caminho que apenas conhecem. Não quebram rotinas, não quebram regras para melhorar o funcionamento da coisa em si. 

 

Sobem na horizontal da forma mais podre existente, guerreiam atenções e ladram quando alguem sai fora dos parâmetros por usar calças de ganga ou rir um pouco mais alto, por ir tantas vezes fumar porque "não deve ter nada para fazer" sem nunca se pensar que se é capaz de acabar o que se lhe é mandado mais cedo porque não se perdeu tempo com porcarias futeis e conversas do diz que disse.

 

Não sabem o que foi o Crash nem em que ano se deu. Não sabem o que é uma ETAR e nem nunca ouviram falar da Guiné-Conacri... Para elas o Vulcão Vesuvio ou o Homem de Vitruvio de Leonardo Da Vinci é o mesmo. Um Ford lê-se "Forde"; Epígrafe é epigráfe e a Opel Vívaro é Opel Viváro. O cúmulo é a questão "O que é um U-P-L-O-A-D?" soletrado... E são elas Doutoradas...

 

Por favor.... Tirem-me daqui...

 

 

Eu não nasci para isto. Eu não pisei os meus miolos para isto.

 

 

Eu quero ir para um sítio em que não preciso que hajam enciclopédias mas pelo menos não tentem fazer em fanicos aquilo que construi mentalmente em quase 23 anos...

 

Pra mim só um supermercado em que apenas ponho os produtos no laser e aquilo faz "pip" e eu ficarei toda contente porque somente me pedem sacos ou questionam se há pilhas para vibradores. Faço as minhas horinhas e venho para casa igual ao que fui. Sem mais conhecimento mas também menos baralhada com a merdice que esta gente tem na cabeça.

 

Basicamente a ideia é ter um trabalho de menor responsabilidade a ganhar a mesma miséria - nem é passar de cavalo para burro é apenas passar de cocó para ervilhas de cheiro - tirar a porcaria da carta uma vez que ninguem se cala que eu o deveria fazer - no entanto sei que vai ser parte da minha morte (só 10%) - e voltar à faculdade e acabar os 2 semestres que me faltam.

 

Pingo Doces e afins esperem por mim!

 

Mas também não sei se acabar a Licenciatura é boa ideia uma vez que parte dos licenciados e merdas que tais ali dentro são piores que o meu pobre avô que tanto se esforçou para tirar a Quarta Classe para adultos. Felizmente existem outras maneiras de se ganhar experiencia e conhecimentos de vida não tivesse ele estado na Guiné-Conacri, em Nova Iorque, Paris e por esse mundo fora a soldar peças que se partiam...

 

 

Por falar nisso, este fim de semana recordámos-te como ha muito não se fazia. Já lá vão 8 anos. Já pouco me lembro da tua voz... Desculpa-me!

 

Sei que olhas por mim e que queres que seja sempre mais e mais. De ti herdei a vontade e a mania de arranjar coisas que acabo por destruir por impaciência como aqueles rádios que teimavas em arranjar e acabavam no lixo em pedaços. De ti herdei o "eu é que sei e tirem-me a vida se estou a mentir...".

 

Saudades tuas. Amei-te tanto, meu velho "pai".

 

Beijinhos da Bicharocas:)

 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

P.S. Nunca digam a uma colega que vão com ela de autocarro para casa e quando não a vêem saltam para o primeiro que aparece só porque decidiram à ultima da hora ir sozinhos para acabar o livro que tanto estão a gostar... Ela pode mandar parar o autocarro que entretanto já estava em marcha correndo atrás dele e sentar-se mesmo ao vosso lado como se não vos conhecesse... Assim a vossa vegonha é bem maior.

 

Aquilo que não faço pelos livros da Philippa Gregory...

 

E já vou no 7.º!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

25
Nov09

Novidades... Natalícias...

por Pobre(o)Tanas

 

 

Mais um Natal se avizinha e com ele surpresas à porta... À minha porta claro está. À minha porta podre. À porta do meu andar com os seus 60 anos. À porta do meu andar que não treme quando o comboio passa mesmo ao lado... O que quer dizer que a estrutura é optima.

 

Há um ano, por esta altura, pedi 3 coisas ao Pai Natal - esqueçam o Vin Diesel...

 

Eram elas: um frigorifico, uma maquina de lavar roupa e um televisor LCD... Pois bem... A máquina veio logo na altura - velhinha mas muito boa... E frigorifico veio este mês... ! A Tv deixaremos para outra altura até porque só o Luís é que a liga para ver as séries e o "Glorioso"...

 

Continuando...

Mais eu que ele - estamos apaixonadissimos pelo nosso "menino". Está claro que deixámos de pedir à vizinhança para nos guardar a comida e andar ao fim do dia a tocar às campaínhas a perguntar onde andavam as almondegas... Certo que a vizinhança já não nos vê com tanta frequencia ficando com ciúmes do "Frederico".

 

 

------------------------------------------------

 

 

Depois de um passo tão importante como juntar os trapinhos achei por bem dar outro passo este Natal pelo que já encomendei a prenda dele. Como ele vem aqui ao Blog não posso dizer o que é até dia 17 de Dezembro.

 

Depois de tanto que ele tem feito por mim - somos muito cumplices - pensei em algo que compense para além do que nos une e dia 17 lá vou eu... Buscar a "prenda" :D

 

 

------------------------------------------------------

 

 

Como a minha vida tem ciclos e faz um ano que me reaproximei dos progenitores, este deve ser o Natal em que me afasto outra vez porque simplesmente a mulher do meu Velhadas Tolo começa a fazer mossa naquilo a que chamo "bem-estar paternal"... Há pessoas que simplesmente devem venerar-me e não se contentam com apenas um "é-me indiferente na minha vida...". Temos pena... Continuas assim e não te ofereço nada no Natal, amiga...

 

-----------------------------------------------

 

 

A minha velhota andou muito doente mas foi medicada a tempo pelo que já está mais gordita e com melhores cores. 80 anos pesam...

 

---------------------------

 

 

No trabalho tudo na mesma como a Lesma... Tudo gosmento e pecenhento com a mania das grandezas dos "poucoxinhos". Dedico-me a duas ou três pessoas porque o resto dá muito trabalho e se quisesse desenrolar os emaranhados das restantes mentes ia para psicologa criminal e como não devo voltar à Faculdade para estudar, limito-me à minha secretária que para mim é suficientemente grande e ao sonzinho de espera das chamadas para a Zurich do Porto - que raramente atendem...

 

 

---------------------------------

 

 

As miúdas, agora que mudámos a disposição dos moveis, andam calmissimas. Partiram só 2 apara-livros o que nem tem sido mau. A Zappa aprendeu a beber água do nosso autoclismo (que está avariado). Levanta a patilha da água e fica a aguardar que aquilo encha. A Piggy voltou a "fumar" das nossas beatas - tantos meses de desmame que não deram em nada... Uma vez fumador, fumador para sempre... Nem que seja apenas para mascar.

 

A Pamir, como disse, foi para a quinta da avó e está maravilhosa como só ela sabe ser. Muito gorda e lustrosa, meiga e destrambelhada. É uma mimada e é uma cadela feliz que corre para onde bem lhe dá na telha; como naqueles dias de praia em que perdi algumas amizades à pala dela. Se calhar tinha razão para ser assim. Os animais realmente vêem o interior de cada um.

 

-----------------------------------------

 

Pedi férias... Mas o "chefi" não há meio de as autorizar.

 

Se o arrependimento matasse... Teria morrido à porta da Faixa de Gaza.

 

Sempre tinha o solitários nas horas vagas... Agora tenho dias de solidão quando já todos foram para casa e eu fico ali prespegada à frente do monitor a encerrar processos...

 

Ahhhh abençoada vida... Deus me acuda a mim e aos outros que aquilo é pior que o ano 2012 em que dizem que tudo acabará. Mas não me vou preocupar. Já sei qual é o final... O meu patrão safa-se.

 

No entanto...

 

Como digo às pessoas "Tenho 22 anos e não tenho problemas..."...  E não!

 

 

 

 

 

 

Se aos meus 10 anos me dissessem que os moços desta musica eram feios eu espernearia... Hoje digo que a minha avó tem espantalhos nas figueiras mais apresentáveis.

 

Os tempos mudam...  dia 17 la vou eu...

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

05
Jul09

 

 

E depois de um fim de semana onde um Judas Alentejano perdeu as botas, voltei à merda da capital...

 

 

Ainda dizem que as Aldeias são a parvalheira... Parvalheira é este nojo de cidade onde andamos constantemente a correr armados até aos dentes de pseudo-educação e cultura...

 

 

Por mim, tinha-me amarrado a uma árvore para não voltar. Cheguei a Almada e comecei a ficar enjoada com a confusão do trânsito. Chegada a casa fui ao McDonald's e empaturrei-me de porcarias para afogar as mágoas por ter voltado e o Piolho Electrico ter lá ficado.

 

Não quero morar aqui. Quero ir para a aldeia, ter umas vacas e ovelhas... Vestir uma roupa qualquer para andar lá à vontade e viver numa casinha pequenina. Deixar a porta aberta de casa e ir ao café sem ter medo que roubem o que quer que seja. Deixar-me de preocupar com o que vestir, com o que comer, com o tempo... Principalmente com o tempo...

 

 

 

 

Estou com uma birra que nem eu me aturo. E amanha já é dia de trabalho. Ver carros estampados, o stress, o trânsito, o consumismo, a vida a 1000 à hora...

 

 

Que nojo... Só me apetece mandar tudo às favas...

 

 

 

 

 

 

 

 

Aqui sim... Vive-se!

 

Rebolar ali até ter comichão no corpo...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

06
Jun09

 

 

Se não tivesse as unhas arranjadas já as teria roído até ao sabugo.

 

Se não tivesse tanta certeza que sim já teria desaparecido só para não sentir isto.

 

Se, por vezes, não mandasse certas opiniões às urtigas talvez não fizesse o que irei fazer.

 

Se continuasse com esta mania de ter sempre os pés pregados à terra talvez não voasse...

 

Se fosse há uns tempos atrás eu diria para me internarem porque estava a ficar louquinha...

 

Mas eu quero ficar nesta loucura até ela durar.

 

 

 

Faltam 6 horas...

 

 

Não tenho fome desde ontem à tarde e dei voltas e voltas na cama...

 

 

Quem me vê por fora pensa que estou calmissima... Mas por dentro estou tipo gelatina treme-treme....

 

 

Mas não tenho medo.

 

Seja o que Deus quiser.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

30
Mai09

Porque sou assim....

por Pobre(o)Tanas

 

 

Eu nunca omiti o facto de que o meu blog iria morrer assim que eu saisse dos advogados, uma vez que eram eles que o alimentavam... Podia falar do meu actual trabalho mas nao vejo nada fora do normal ou que pelo menos trascendesse aquilo que vivi no outro que pudesse escrever aqui... Por isso não o faço.

 

 

Depois a minha vida deu uma volta enorme porque saio cedissimo e chego mais tarde ainda - não é por isso que ganho mais mas pelo menos faço o meu trabalho...

 

Deu tudo uma volta tão grande que tive de entregar a Pamir aos cuidados do meu pai e avó para que o animal se sentisse feliz num local com espaço porque tempo é coisa que não tenho nem sequer para dormir...

 

Entretanto tenho feito de mãe para a minha propria progenitora uma vez que a dela já não esta entre nós ha muitos anos e a minha não teve quem lhe desse nas orelhas. Por isso alem das minhas três "filhas" adquiri mais uma...

 

Não tenho tempo para os amigos e só hoje - meses e meses depois - irei sair e so hoje cuidei de mim como mereço com direito a manicure e tudo... O tempo para tanta gente é tão escasso que algumas pessoas nao compreenderam isso e decidiram mandar-me com os porcos e nem me deixaram explicar que apesar de não possuir tempo não quereria dizer que não pensasse nelas... Mas a vida é mesmo assim e sinceramente não me deita abaixo...

 

Para a semana a minha vida dará outra volta. Algo que aguardo há meses...

 

O Luís regressa a Portugal e eu estarei no aeroporto à espera dele como se esperasse pela felicidade 22 anos... E com isso, se o meu blog já andava as moscas, a partir daí será bem pior porque a minha vida nem sequer passa por aqui. O mundo lá fora tem coisas lindas e quero aproveitá-las...

 

Tudo se resume a isto... Trabalho e casa, esperar por ele, mais trabalho ainda (que por vezes até é feito em casa) e tentar dormir as 5 horas diárias que preciso no minimo para me recompor para mais um dia.

 

Descobri nestes ultimos tempos uma nova faceta em mim... A competição... Nunca pensei sê-lo pelo menos num mundo do trabalho... No entanto revelei-me... Não estou triste nem contente. Estou surpresa comigo. Porque não haverá merdice nenhuma que me tire o meu pão diário e se tiver que fazer 15 horas a trabalhar, faço-as. O meu lugar é meu. Temos pena. E nunca poderão pegar por não o fazer... Preciso dele para manter a minha casa e pela minha casa faço tudo...

 

O meu bem estar esta primeiro. A minha vida... E se for preciso trabalhar arduamente para tal eu estou na linha da frente.

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

Como eu disse ontem... A minha mãe deu à luz duas "maquinas de guerra"... No que toca a mim houve um erro na concepção... Saí mais sentimentalona.....

 

No entanto.....

 

 

"Mas.... Não lhe está a doer?"

"Nada mesmo..."

"Bem maior parte das clientes até se contorcem..."

"São mariquinhas..."

 

 

----------------------------------------------------------------------

 

 

 

Fui---------------------------»

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

29
Mar09

 

 

Este fim de semana, o cansaço apoderou-se de mim de tal forma que me fartei de vomitar e arrepiar-me de frio. Podiam ser sintomas de algo que comi ou de alguma carraspana que por aí andasse mas já me conheço bem e sei que era mesmo cansaço.

 

Cheguei a um ponto que nem sabia mais que fazer...

 

 

Fui de fim de semana para a minha mãe. Deixei as miudas felinas com comida e água, wc limpa e mantas fofas, peguei na Pamir e rumámos à Margem Sul.

 

Entrei em paranóia completamente.

 

 

A Pamir ocupa-me o tempo todo. Notamos que ainda tem atitudes de cachorra irrequieta e dependente. Pois bem não sou senhora de ir tomar banho sem que ela fique deitada no tapete da wc à minha espera, se estiver a jantar fica sentada ou deitada aos meus pés, no sofá deita-se ao meu colo e hoje, de rastos como estava, fui dormir a sesta... Quando dei por ela estava encostada às minhas costas, estilo cadeirinha e dormiu tantas horas como eu. Não come da mão de ninguém e não brinca com ninguém a não ser comigo. Ontem até disse ao Paulo, namorado da minha mãe, para brincar com ela... Ele pegou no brinquedo para ela lho puxar da mão... Nem lhe pegou... Tirou-lho e veio-mo entregar a mim...

 

Ando doida!!!!!!!!!!!

 

 

Com o trabalho, casa, gatas, cadela, família, amigos... Eu...

 

Mas um eu muito pequenino...

 

 

Não vou por as minhas obrigações à porta de ninguém mas penso que estou a dar o chamado "peido mestre"...

 

Depois com a má disposição do fim de semana em que ontem ao jantar vomitei o almoço de sexta, ando ainda mais fraca. Não conseguia dizer uma frase completa e barulhos eram facas nos meus ouvidos!

 

 

A sesta restabeleceu energias... E estava louca para chegar a casa...

 

 

Amanhã, Faixa de Gaza outra vez...

 

 

Fim de semana mais curtinho:(

 

 

 

 

Não posso quebrar agora, sabendo que posso ser chamada para o novo trabalho... Não posso mesmo. Penso na frase que o meu pai costuma dizer:

 

"Quando pensamos que o corpo não aguenta mais, aguenta o dobro..."

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

Tenho um cabelo que precisa de um corte urgente (sem ser os meus cortes com uma Mac3), um buço maior que o da Frida Kalo, as pernas mais peludas que as do meu pai e farto-me de comer o que me deforma, "banhosamente" falando...

 

PRECISO DE FÉRIASSSSSS!!! PRECISO DE 5MINUTOS PARA MIM!!!!!!! Para olhar para o meu umbigo!!! Pronto preciso de umas férias de 5minutos pode ser???

 

Esquecer-me que sou eu quem veste as calças cá em casa, que pago tudo, que limpo, que sou "mãe"... Esquecer-me que cá fora as pessoas viram-se sem mim e não preciso de estar sempre lá para salvar o mundo...

 

 

Basicamente só penso nestas coisas...

 

Bom sempre é melhor que pensar no sexo oposto... Até porque neste momento sou um repelente humano com esta bigodaça que possuo... E nem penso nisso... Porque não vou gastar 1 minuto dos 5 que apenas preciso... E também... Não vejo ninguém em quem possa pensar porque quando isso acontece a Zappa deita-se no meu colo, a Piggy dá-me turras, a Pamir dá-me trincas, o microondas apita, o telemovel vibra, olho para o pó da minha casa - apesar de o limpar todas as semanas- vejo patas marcadas no chão e eu... eu... GRITOOOOOOOOOOOO!!!!!!! Porque entretanto tocaram à campaínha também...

 

Vou dormir!!!!!!!!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

25
Mar09

Saudadeeeee, saudadeeee...

por Pobre(o)Tanas

 

 

Chiu, chiu! Não façam barulho... Falamos assim a sussurrar...

 

 

 

Já é tarde e não quero acordar ninguém.

 

 

 

 

E porque eu ia contar um segredo mas tenho medo que as paredes aqui do Blog tenham ouvidos...

 

 

 

Bom lá vai à mesma...

 

 

 

AMANHÃ TENHO UMA ENTREVISTAAAAAAA!!!

 

 

AH-AH!!!

 

 

 

 

Chiu, chiu que alguém pode descobrir!

 

 

Esta tarde dei a desculpa que ia com a minha avó ao medico porque o meu pai estava fora e a velhota nao podia ir sozinha...

 

 

De maneira que ao meio dia e meia la estarei eu colada à porta do sitio - isto se o taxista der com aquilo - a pedir encarecidamente para me adoptarem como funcionária. 

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

E agora a grande novidade... Quem me arranjou esta entrevista? Pois...

 

 

A minha mae...

 

 

Muita coisa para contar e pouca vontade para o fazer.

 

 

Por vezes não sei se não serei burra em deixá-la aproximar-se mas por outras sinto falta dela e o meu coração não consegue extinguir aquela paixão que possuo...

 

Oh... Que fazer?

 

 

 

Enfim uma vez banana, banana para a vida toda...

 

 

E tenho-me sentido bem melhor.

 

 

Que se lixe! Se acontecer tudo outra vez, cá estarei para encarar a onda de peito feito ou mergulhar e fundir-me com ela... Veremos!

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

Estou nervosa quanto à entrevista.

 

 

Só agora encarei a realidade.

 

Posso ser selecionada. Vou deixar aquele escritório... No fundo tenho pena. Já fazia parte de mim.

 

 

Imagino assim a minha pessoa com direito a um apanhado de imagens como passam nas séries quando uma personagem sai da trama.

 

Eu a mandar pontapés na fotocopiadora...

A ralhar com o fax...

A rir-me que nem perdida com o meu amigo velhadas...

Deixar cair o telefone antes de o atender e as pessoas mandarem gritos do outro lado...

"Sim ela está aqui... Não, não digo quem é...", "Quem é???", "ENGANOOOO! PUBLICIDADE A UM CARTAO DE CRÉDITO..."

Quando chorei...

Quando dormia nas horas de almoço...

As caretas por detras dos clientes...

As anedotas que conto em que tenho de pedir que se riam...

As bocas parvas...

Os pés descalços enquanto enxugava as meias no aquecedor...

Os aniversários do pessoal...

Os cigarros fumados enquanto se tentava ter uma conversa séria...

Os prazos e toda agente a empurrar-se para usar a ultima resma de folhas...

A falta de papel higiénico e gritar de dentro da WC "Quem foi o sacana???" e a falta de pontaria de certas pessoas do sexo masculino: "Quem foi o porcalhão????"...

O "Oh senhora relaxe..." 

E "Sim eu sei que isto tem imenso pó mas se estiver calada nao o inspira tanto... Não, não a estou a mandar calar... Talvez... Um bocadinho... Pronto cale-se!"

 

A pérola:

 

"Dr. desculpe mas escrever "a parede estava cheia de rachas" não acho correcto...",

"Pois eu quero assim...",

"Sabe a justiça está como está por causa de requerimentos destes... O Juiz lê isto e que faz ele?",

"Não quero saberrrr, saia daqui...",

"Pois eu digo-lhe: ele vai para casa ver se as tem também... E não falo das da parede...",

"Pobre(o)Tanas!!!",

"Fissuras, Dr, fissuras!"

 

 

"Dr.ª quem foi "Aride"...???"

"Um poeta..."

"Não, esse foi Ary... Eu falo em "Aride" mesmo... Foi assim que a Dr.ª escreveu..."

 

 

"Ah ele não "cabeu" lá dentro..."

"Dr.ª... "CABEU"????? COUBEEEE!!!"

"Está bem... Faça lá isso..."

 

 

"Eu acho que prefiro aquele..."

"Acha ou prefere?"

"Pronto não se arme em fina comigo..." (risos) (private joke...)

 

 

Afinal... Irei ter mais saudades do que pensava...

 

 

Fogo... Estou com a lágrima no canto do olhoooooo!!!

 

 

 

Sai daquiiiiiiii lágrima malditaaaaa!!! Xô!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

23
Mar09

Birras...

por Pobre(o)Tanas

 

 

E de repente, assim do nada, fui-me abaixo sem razão aparente... Colei aqui à cadeira e nem me apetece fazer seja o que for apesar da casa estar de pantanas. Ando sem tempo...

 

 

Tenho algumas novidades mas já é tarde e quero ir descansar...

 

 

Fica para depois...

 

 

 

 

Deve ser sono...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

 

Espumei-me a semana todaaaaa!!! Ate pensei tirar ferias do nada... Assim *PUFF E FEZ-SE CHOCAPIK*... Juro...

 

Trabalhei que nem uma mula... E pensei mais nos subsidios do que queria o que fez com que o meu pistão se colasse diversas vezes nos dias que passaram... E me desse a volta às entranhas ao ponto de pensar em "homicidios colectivos"... Sangue a escorrer nas escadas do estaminé... Eu sentada na minha "Poltrona" cansada da matança dos "porcos" e o sangue a pingar da catana... Saber que estavam estendidos nos respectivos gabinetes... (Não, não tenho visto TV... Alias nao vejo televisão há 4 meses...).

 

Entretanto espirrei e a minha visão esfumou-se... Voltei ao requerimento que estava a fazer...

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Faz hoje uma semana que a minha maria "Palmira" - como maior parte dos velhotes da praceta lhe chamam - está connosco.

 

 

Para primeira semana correu tudo melhor do que pensava. Se antes já andava de esfregona na mão a toda a hora mal chegava a casa, não mudou em nada, mas tambem nao piorou... Para ser sincera, as catraias pequenas fazem mais asneiras que a grande. Espalham areia e comida por todo o lado. E recordo-me de um sabado de manha em que o homem do gás veio cá entregar a bilha e ao abrir-lhe a porta da cozinha, nos deparámos com meias minhas roubadas dentro da taça da água, brinquedos desfeitos e sacos de areia rasgados... O homem pousou a garrafa e fugiu...

 

 

A Pamir pronto lá faz os cagalhotos dela no jornal e dorme na minha cama todo o santo dia sem tocar numa unica peça de roupa minha, ou sapatos ou o que quer que seja...

 

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

 

Estou numa situação, que reparo ser, temporária... No entanto custa a passá-la porque estou mais consciente do que alguma vez estive...

 

 

 

A ver vamos...

 

 

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

FIM DE SEMANAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

 

 

EU + CADELA = PRAIAAAAAAAAAAAAAAAA!!!

 

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Paixao, paixao, paixao, paixao, te-ne-re-re-re, paixao...

Paixao, paixao, paixao, paixao, ta-ra-na-na-na, paixao...

 

 

 

 

Ela anda aí... Mas eu afugento-a...

 

 

LOOOOOL

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

22
Fev09

 

 

Agarradinha a uma embalagem de "Argolinhas" de chocolate branco do Pingo Doce (eu não gosto mas compro lá tudo) que os Filipinos não prestam......

 

 

 

Acordei ha 1 hora e picos. Cheguei tardissimo a casa. Falei, falei e falei... Como sempre... Como se não houvesse amanhã... Como se a minha vidinha dependesse disso e a salvação do Mundo também...

 

 

 

Passei uma semana de trabalho que não a posso classificar de cansativa, mas de perfeitamente idiota que é no que me transformo sempre que abro a grade do estaminé.

 

 

 

A Psico voltou a atacar na sexta feira às 19h quando me preparava para sair. Porque eu numa chamada disse, à cliente para a qual liguei, que falava "A Pobre(o)Tanas, do escritório do Dr. Jante 16"...

 

 

"Ouça lá!"

 

*Ui... Adoro quando me dizem "Ouça lá..."*

 

"O escritorio TAMBÉM é MEU!!!"

 

"Oh Dr.ª deixe lá... Para a semana é só seu e não é do Dr., calha uma vez a todos..."

 

 

Lá está... Perdi o respeito... E como já disse, continuará assim enquanto não me pagarem o subsidio de Natal...

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

 

Não é que só falo de trabalho neste blog?

 

Qualquer dia passa de SouMinha para OMeuTrabalho... Ou TrabalhaMinha...

 

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

Não tenho muito a dizer... Os vipes da minha visão do fim de semana passado, já lá foram... Com a constipação...

 

Eu disse!

 

 

Uma cliente nossa quando me viu engripada disse que se eu não saisse daquele trabalho que ia arranjar um problema muito grave porque trabalho em más condições... Sempre frio e humido... Passaria ao lado se ela não fosse médica de clinica geral e soubesse do que estava a falar...

 

 

M-E-D-O....

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D