Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!

 

 

 

 

Ora bem... O chefe deu-me férias. Quase duas semanas!!! Tudo isto seria perfeito se ao fim do 5.º dia eu não andasse já a bater com a cabeça contra a parede!

 

CHEFIIIIII EU QUERO TRABALHARIIIII !!!! POSSO IR???????????? Eu porto-me bem, prometo!

 

Ser complexo, euzinha...

 

 

-------------------------------------------

 

 

Da ultima vez que escrevi tinha dito que arranjara uma prenda para o Luís mas que não podia divulgar dado que ele passa por aqui algumas vezes - tipo leitura de wc ou apenas para me dizer "Ouve lá porque nunca mais escreveste???" - contudo como sou boca de trombone ao fim do 2.º dia já lho estava a contar...

 

 

Pois bem aqui fica uma foto da "prenda" bem como das minhas outras "prendas" actualizadissimas

 

 

 

 

Pablo Manel Sapatinha, Rei da Baba

 

 

 

A Sodona Pamir Afonsinha Rosinha dos Limões, Princesa da Quinta da Serralheira

 

 

 

 

E as estrelas: Zappa Maria Mijona, Princesa da Casa a Cair de Podre e Miss Piggy Piggs, Duquesa do Caixote de Areia.

 

 

 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

Resolvi ir ao Oftalmologista porque há mais de 2 anos que não uso mais nada que não lentes de contacto uma vez que os óculos foram com os porcos. Além de ter levado uma rebocada do tamanho deste mundo e do outro porque não usei nunca mais óculos, passo mais de 8 horas com lentes e a graduação aumentou; esta aumentou ainda mais quando vi a conta... Agora vou estar 48h sem lentes para que me possa observar melhor. De forma que estou a escrever isto com o nariz colado ao monitor porque, e como aqui já o disse, sou daquelas pessoas que não vê um boi a mais de dois palmos do nariz.

 

 

Esta que seria a semana em que ia deixar de fumar, nada me consola mais do que meia duzia de cigarros à tarde para não pensar mais na consulta e no que vou pagar em óculos quando ele mos receitar. Seria também a semana em que ia por cortinados na cozinha mas fiquei sem vontade para felicidade da vizinhança que esta noite me deve ter visto nuazinha a ir buscar um iogurte ao frigorifico; Mas como eu não os vejo sem lentes é como se não estivessem lá... É isto que penso... Queira Deus que assim seja.

 

 

--------------------------------------------------------------------------------

 

Já não tenho mais nada para arrumar em casa... Preciso que desarrumem tudo até Domingo à noite para me manter ocupada!

 

CHEFIIIIIIIIIIII DEIXA A POBRE(O)TANAS TABALHÁ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

 

 

(Imagem tirada da Net) - Deixa lá... Juntamo-nos os dois...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

25
Nov09

Novidades... Natalícias...

por Pobre(o)Tanas

 

 

Mais um Natal se avizinha e com ele surpresas à porta... À minha porta claro está. À minha porta podre. À porta do meu andar com os seus 60 anos. À porta do meu andar que não treme quando o comboio passa mesmo ao lado... O que quer dizer que a estrutura é optima.

 

Há um ano, por esta altura, pedi 3 coisas ao Pai Natal - esqueçam o Vin Diesel...

 

Eram elas: um frigorifico, uma maquina de lavar roupa e um televisor LCD... Pois bem... A máquina veio logo na altura - velhinha mas muito boa... E frigorifico veio este mês... ! A Tv deixaremos para outra altura até porque só o Luís é que a liga para ver as séries e o "Glorioso"...

 

Continuando...

Mais eu que ele - estamos apaixonadissimos pelo nosso "menino". Está claro que deixámos de pedir à vizinhança para nos guardar a comida e andar ao fim do dia a tocar às campaínhas a perguntar onde andavam as almondegas... Certo que a vizinhança já não nos vê com tanta frequencia ficando com ciúmes do "Frederico".

 

 

------------------------------------------------

 

 

Depois de um passo tão importante como juntar os trapinhos achei por bem dar outro passo este Natal pelo que já encomendei a prenda dele. Como ele vem aqui ao Blog não posso dizer o que é até dia 17 de Dezembro.

 

Depois de tanto que ele tem feito por mim - somos muito cumplices - pensei em algo que compense para além do que nos une e dia 17 lá vou eu... Buscar a "prenda" :D

 

 

------------------------------------------------------

 

 

Como a minha vida tem ciclos e faz um ano que me reaproximei dos progenitores, este deve ser o Natal em que me afasto outra vez porque simplesmente a mulher do meu Velhadas Tolo começa a fazer mossa naquilo a que chamo "bem-estar paternal"... Há pessoas que simplesmente devem venerar-me e não se contentam com apenas um "é-me indiferente na minha vida...". Temos pena... Continuas assim e não te ofereço nada no Natal, amiga...

 

-----------------------------------------------

 

 

A minha velhota andou muito doente mas foi medicada a tempo pelo que já está mais gordita e com melhores cores. 80 anos pesam...

 

---------------------------

 

 

No trabalho tudo na mesma como a Lesma... Tudo gosmento e pecenhento com a mania das grandezas dos "poucoxinhos". Dedico-me a duas ou três pessoas porque o resto dá muito trabalho e se quisesse desenrolar os emaranhados das restantes mentes ia para psicologa criminal e como não devo voltar à Faculdade para estudar, limito-me à minha secretária que para mim é suficientemente grande e ao sonzinho de espera das chamadas para a Zurich do Porto - que raramente atendem...

 

 

---------------------------------

 

 

As miúdas, agora que mudámos a disposição dos moveis, andam calmissimas. Partiram só 2 apara-livros o que nem tem sido mau. A Zappa aprendeu a beber água do nosso autoclismo (que está avariado). Levanta a patilha da água e fica a aguardar que aquilo encha. A Piggy voltou a "fumar" das nossas beatas - tantos meses de desmame que não deram em nada... Uma vez fumador, fumador para sempre... Nem que seja apenas para mascar.

 

A Pamir, como disse, foi para a quinta da avó e está maravilhosa como só ela sabe ser. Muito gorda e lustrosa, meiga e destrambelhada. É uma mimada e é uma cadela feliz que corre para onde bem lhe dá na telha; como naqueles dias de praia em que perdi algumas amizades à pala dela. Se calhar tinha razão para ser assim. Os animais realmente vêem o interior de cada um.

 

-----------------------------------------

 

Pedi férias... Mas o "chefi" não há meio de as autorizar.

 

Se o arrependimento matasse... Teria morrido à porta da Faixa de Gaza.

 

Sempre tinha o solitários nas horas vagas... Agora tenho dias de solidão quando já todos foram para casa e eu fico ali prespegada à frente do monitor a encerrar processos...

 

Ahhhh abençoada vida... Deus me acuda a mim e aos outros que aquilo é pior que o ano 2012 em que dizem que tudo acabará. Mas não me vou preocupar. Já sei qual é o final... O meu patrão safa-se.

 

No entanto...

 

Como digo às pessoas "Tenho 22 anos e não tenho problemas..."...  E não!

 

 

 

 

 

 

Se aos meus 10 anos me dissessem que os moços desta musica eram feios eu espernearia... Hoje digo que a minha avó tem espantalhos nas figueiras mais apresentáveis.

 

Os tempos mudam...  dia 17 la vou eu...

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

14
Set09

Carreirisses...

por Pobre(o)Tanas

 

 

Este fim de semana fui novamente para o Alentejo.

 

Chegámos sexta e no Sábado à noite, depois de tomar café e fazer algum tempo porque ele não queria ver o Michael Carreira, eram umas onze da noite, lá nos montámos na "burra" directos para as festas de Vila Viçosa... Meia hora para estacionar porque o Tolo queria levar o carro o mais perto possível - mesmo à homem - e acabámos por encostar a 4 Rodinhas a 1km de distância após duas dezenas de asneiras, meia centena de *BUFAS* e três ou quatro "Eu bem te disse...".

 

Chegados ao recinto o "show" Carreira ainda deveria estar a 2/3... E mais uma vez alguém "grafonolou" um "Eu não te disse??"...

 

Como apertou a fome de goluseimas dirigimo-nos à paparoca que essa sim é que caiu bem demais.

 

Mas o Michael "Miguel" Carreira não é muito, digamos que, invisivel e inaudivel... O homem ouvia-se, talvez, em Lisboa para mal dos meus pecados.

 

Digo já aqui que não tenho nada contra a música dele e nem me estou a defender e vão já perceber porque...

 

Para mim, até àquele dia, o filho mais velho do Clá Carreira era-me indiferente e não mais que isso.

 

Como qualquer artista tem as suas fãs, tem os seus quês, tem as suas merdices e isso já lá foi no tempo dos Excesso e dos Backstreet Boys que me fazia comichões e pele de galinha.

 

Como sou uma pessoa que dá o benefício da dúvida, enquanto trincava o meu pão com chouriço deixei-me ficar a ouvir com atenção o que o moçoilo poderia dizer para que eu pudesse ter uma opinião formada para que quando ouvisse bem ou mal dele pudesse intervir porque tinha visto e ouvido e não porque lera numa revista cor-de-rosa na sala de espera da dentista.

 

E ouvi...

 

Ouvi merda!

 

 

E por momentos tive vergonha de ter 22 anos porque ainda vou chegar aos 23 (idade que o rapaz disse ter) e poder, eventualmente, ser tão "poucoxinha"...

 

Após o fim de uma das músicas - cujo ritmo bate sempre no mesmo - o Michael Carreira solta algo como isto:

 

- Blá blá as raparigas de Vila Viçosa são lindas e eu sou solteiro mas tenho que vos confessar uma coisa... Como sabem eu sou tímido... E não acreditem no que as revistas dizem mas... Tenho 23 anos e sou virgem...

 

 

UAUUUUUUUUUUUUUUUUU

 

Miúdas a gemerem, a espernearem-se e a gritarem "ÉS TÃO BOM, ÉS TÃO BOM"... Como numa dança de perús que beberam cafeína em época de acasalamento.

 

Acho que o chão até tremeu - O Luís não deu conta porque estava embeiçado pelo meu pãozito. 

 

Depois de meio minuto de berraria - mais alta que os foguetes da festa que normalmente são históricos - chama uma gaiata ao palco e diz-lhe que podem ser ou namorados, ou amantes ou o raio que o parta, durante 5minutos... (A duração da música)...

 

Se não tinha opinião formada acabei de a ter... Ele realmente pode ser virgem mas que guardasse isso para ele uma vez que não tenho nada a ver com essas questões nem maior parte das pessoas que ali estavam e não tem que incentivar relacionamentos "fast food" a ninguém, principalmente a garotas que se baseiam nos Morangos para viver as suas vidinhas... Ou seja, agarrar nele e manter o nível de um homenzinho de 23 anos e não num parvalhãozito armado ao pingarelho com meninas.

 

Se é a forma de Macho Latino dele, se é a maneira como conduz os espectáculos, dar numa de galã barato, posso adiantar aqui que mesmo com aqueles fatinhos brancos e de fato de treino os Excesso e os D'Arrasar - apesar da minha visão de adolescente distorcida - eram bem mais apresentáveis e não falavam de virgindades em palco... No mínimo mandavam umas toalhas suadas para o público para este andar à porrada cá em baixo e mais tarde usar a toalha para limpar os pés depois de Educação Física.

 

Dei mais uma trinca no meu pão com chouriço e disse ao Luís para irmos dar um giro apesar da vontade dele de ir à tenda dos tiros e acabar à chumbada ao Carreirinha.

 

Valeu-me o entusiasmo dos homens Alentejanos... O Michael Carreira pedia para baterem palmas e eles

 

 

 

 

 

  

(Foto tirada da Net)

 

 

-----------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

Gosto do meu sossego mental...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

09
Set09

Ora vejamos...

por Pobre(o)Tanas

 

 

Ora... Aproveitando o facto de ter estado ausente uma série de tempo - um mês? dois? - e porque a minha irmã me pediu - assim a modos que com jeitinho - resolvi vir aqui postar uma poiazita à minha maneira e dar um empurrão ao que a mana pedinchou.

 

Em jeito de resposta ao Kai:

 

Ele foi-se embora... Mas só naquele dia porque depois voltou, obviamente.  e as coisas têm corrido bem - pelo menos eu acho que sim - tirando o meu mau feitio matinal e nocturno.

 

Os dias no trabalho são o que se pode chamar apocalipticos. É tudo rotineiro e se não fossem duas ou três pessoas eu já teria cometido um homicidio colectivo ou no mínimo dos mínimos cortado os meus próprios pulsos para não sofrer mais.

 

Lembram-se da Psico?

 

Eu lembro. TODOS OS DIAS! Que saudades!

 

Lembram-se de como ela era?

 

Eu tenho uns 50 iguais a rodearem-me...

 

Vendo bem... Acho que os dias de trabalho na Faixa de Gaza eram mais pacíficos... Neste momento trabalho numa empresa que só lhe posso chamar IRAQUE!

 

"Impresa" Ruim de Atacantes de "Qalças" (de ganga) Unificada Eternamente...

 

Estive 5 dias de férias - não tinha direito mas como todos os que entraram um mês antes de mim já gozaram mais de 15 dias eu resolvi pedinchar também.

 

O meu chefe não mos quis dar... Mas quando não se consegue beber água do riacho vai-se à nascente e assim lá fui eu falar com outro chefão... E fui de férias.

 

Certo e sabido que rejuvenesci... Para envelhecer logo no dia em que regressei ao trabalho.

 

Chego a casa sem vontade de nada, nem de comer... Apesar de estar gorda que nem uma vaca leiteira em época de abundância de erva.

 

Continuo pobre e a contar os tostões mas quem não nasce rico sempre pode tentar virar o cu para a lua quando esta está cheia... E isto soou um bocado mal mas que se lixe...

 

As miúdas estão boazonas e malcheirosas como sempre. Há coisas que não mudam.

 

A Pamir andou uns dias desaparecida e lá veio com uma mamonas enormes e um cagueiro de quem andou no bem bom. Ou seja deve estar prenhissima.

 

A minha mãe vai casar - contra vontade dela (?) - e eu a pensar no que vou levar vestido...

 

E pronto tirando os meus fins de semana passados Alem do Tejo, onde recupero energias, a minha vidinha insignificante de ser pobre e de mau feitio resume-se a isto nos tempos que correm.

 

Espero voltar à carga ao meu blog nem que seja para falar de trabalho como sempre mas pelo menos escrevo uma porcaria qualquer...

 

Até já!

 

Ah... O pedido da minha irmã fica para o post seguinte...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

04
Ago09

E quando ele se vai embora...

por Pobre(o)Tanas

 

 

 Tudo fica por metade...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

Olha lá oh Alentejano...

 

 

 

Tenho aqui uma coisa para te perguntar assim de uma forma rápida e sem rodeios...

 

 

 

Assim como quem não quer a coisa...

 

 

Mas antes tenho a dizer que...

 

 

Até nos damos bastante bem... Coisas em comum e tal... Mesmos gostos... Mariquices lamechas dos beijos matinais com mau hálito e puns... Os burriés que te tiro e tu a mim com um bocadito de papel higiénico... E quando temos porcarias nos dentes e dizemos "Olháááá tens aí uma coisa verde..."... As fotos em que raramente ficamos bem os dois... O facto de usar a tua gilette para rapar os pêlos das pernas... Comer o resto das tuas bolachas... Ou chegares e eu não ter as tuas meias lavadas que deixaste no corredor de manhã por esquecimento e que emanam um cheiro nauseabundo - quando reparo que afinal são as minhas porque tu usas Protex - e deixares a torneira aberta do lavatório quando não sou sócia da EPAL...

 

E eu até gosto disso...

 

Será que...

 

 

Tu por acaso não quererás...

 

 

Sei lá...

 

 

Trazer-me um macito de tabaco e juntar os cinzeiros???

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

05
Jul09

 

 

E depois de um fim de semana onde um Judas Alentejano perdeu as botas, voltei à merda da capital...

 

 

Ainda dizem que as Aldeias são a parvalheira... Parvalheira é este nojo de cidade onde andamos constantemente a correr armados até aos dentes de pseudo-educação e cultura...

 

 

Por mim, tinha-me amarrado a uma árvore para não voltar. Cheguei a Almada e comecei a ficar enjoada com a confusão do trânsito. Chegada a casa fui ao McDonald's e empaturrei-me de porcarias para afogar as mágoas por ter voltado e o Piolho Electrico ter lá ficado.

 

Não quero morar aqui. Quero ir para a aldeia, ter umas vacas e ovelhas... Vestir uma roupa qualquer para andar lá à vontade e viver numa casinha pequenina. Deixar a porta aberta de casa e ir ao café sem ter medo que roubem o que quer que seja. Deixar-me de preocupar com o que vestir, com o que comer, com o tempo... Principalmente com o tempo...

 

 

 

 

Estou com uma birra que nem eu me aturo. E amanha já é dia de trabalho. Ver carros estampados, o stress, o trânsito, o consumismo, a vida a 1000 à hora...

 

 

Que nojo... Só me apetece mandar tudo às favas...

 

 

 

 

 

 

 

 

Aqui sim... Vive-se!

 

Rebolar ali até ter comichão no corpo...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

27
Jun09

 

 

São 23h10 e adoraria estar neste preciso momento de pijama e a sentir o aroma da casa limpinha no ar... Mas não... Sentei o cu na cadeira desde que cheguei e entre visões da Ana Malhoa nua na Playboy e uma "revista" de olhos nos Tesourinhos Deprimentes dos Gato Fedorento aqui estou eu ainda vestida, a casa a cheirar a cinzeiro de taberna, um Pico de montanha para lavar e os Himalaias para passar a ferro...

 

Sinto a falta do Alentejano que só regressa daqui a uns dias. A casa parece vazia sem ele. Habituei-me em pouco tempo à presença constante do Tolinho Careca atrás de mim a ver-me a arrumar as coisas enquanto refilo da minha vida sem tempo, cheia de trabalho de esfregona na mão e pano do pó na outra.

 

A semana passada, depois de termos chegado a casa, comecei a limpar tudo e quando tomei consciencia que eram 7 da noite de um Domingo e nada tinha feito, que no dia seguinte era dia de trabalho, desatei a chorar de impotência por não conseguir parar o tempo. Sentei-me na cadeira e chorei. Andei meses que não derramei uma lágrima mas naquele preciso momento parecia que o mundo ia acabar e desabei num pranto. O Luis nunca me tinha visto chorar. Eu fumava e soluçava e a minha perna tremia e tremia... Até que não sabendo mais que dizer ele solta algo como:

 

- Sabes... Não fiques assim... Não te quero assim. Tu consegues fazer as coisas... Vê lá... Até já conseguiste, neste tempo todo que choras, coser uns 3 lençois à máquina da forma como estás a dar ao pedal...

 

Obvio que me arrancou uma gargalhada...

 

 

Nada como, quando uma mulher começa com as choradeiras do costume, mandar uma piada mesmo à homem que vê tudo, claro está, com uma clareza impressionante...

 

Era disto que precisava...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

18
Jun09

Conhecer alguém na Internet

por Pobre(o)Tanas

 

 

Vendo bem nunca fui uma pessoa de loucuras e muito menos de dar passos sem ponderar imensas vezes. No fundo mas mesmo no fundo de mim sempre fui muito pés assentes e de poucos sonhos. Os que tvesse teriam de ser dificeis de conquistar mas sabendo de antemão que os conseguiria alcançar ou então os mais fáceis e simples de concretizar. Talvez seja uma pessoa que vive com o 8 ou 80. Sempre soube olhar para algo e saber previamente se consigo ou não lidar com isso ou simplesmente fazê-lo. Logo não ponho mãos em "bordado" alheio. Como já disse aqui algumas vezes, sei viver em dois mundos distintos. Porque ja vivi com muito e de momento vivo praticamente com uma mão à frente e outra atrás contando constantemente os trocos. No entanto também já expliquei que sou bem mais feliz assim.

 

Com tudo isto quero chegar apenas a uma coisa... A chegada do Luís à minha vida.

 

De momento atingi algo que nunca tinha vivido. Esfrego os olhos, belisco-me e fico pasmada a olhar para ele pensando como alguém assim olhou para mim e me dá tanto. Falo na presença constante, da harmonia existente entre os dois, da cumplicidade que há quando apenas nos conhecemos fisicamente há umas miseras semanas parecendo que sempre vivemos isto assim há imensos anos.

 

Passo a explicar...

 

Eu, Pobre(o)Tanas de nome do meio, apaixonei-me há uns meses pelo Luís. Até aqui tudo bem. Tudo normal. As pessoas apaixonam-se simplesmente. Mas... Nem tudo foi simples de digerir porque apaixonei-me por alguém que nunca tinha visto. Podem imaginar... Sim... "Conheci" o Luís na imensidão da internet numa noite em que nada tinha para fazer e fui até um chat espairecer a mente e mandar as pessoas frustradas as favas e rir-me um bocado. E ali metemos conversa.

 

O Luís estava em trabalho em Luanda e eu em Lisboa armada ao pingarelho numa empresa de gente cocó (um dia destes tiro um par de horas para falar no meu trabalho para matar saudades LooL). 8000 km's de distância e quase 3 meses depois de conversas diárias, que duravam quase o dia todo ou parte dele e da noite, eu fui esperar o Luís ao aeroporto de Lisboa. E ali, ao fim deste tempo todo, eu e o Luís vimo-nos de verdade e não foi preciso mais nada porque a confiança era imensa.

 

Se escondi isto? Posso dizer que apenas 4pessoas sabiam e quase nenhuma delas se conhecia entre si. Se estava louca? Talvez... Se trouxe o Luís para o meu mundo logo nesse dia? Claro! Se estou arrependida? Que morra no preciso momento que pense que sim.

 

Conheci alguém através do ultimo sitio que pensaria que fosse capaz de fazer... Não posso dizer "eu nunca..." porque mais uma vez ficou provado. Não aconselho a ninguém fazer destas coisas em casa sem vigilância (pelo menos de uns 90maços de tabaco que foi isso que devo ter fumado nas horas em que falámos) porque nunca se sabe quem está do outro lado no entanto e se tudo correr bem já terei uma historia para contar aos netos... Apesar de já termos pensado em mil e uma formas de contar às pessoas como nos conhecemos porque ainda existe um certo preconceito...

 

O Luís é o homem que sempre quis ao meu lado e vejo nele a minha verdade. A mesma forma de ver a vida. A mesma garra e força de vontade para lutar. Apenas um pouco mais "mariquinhas" mas espero que me torne tambem eu uma piegas porque já me basta a temperatura negativa que se instalou em mim há uns largos anos. Penso que ele seja aquilo que eu era antes de me tornar neste pedrugulho.

 

De momento não vou fazer planos, vou viver o momento. Vou partilhar as minhas coisas, a minha casa e a minha vida sempre que possa e ele queira.

 

Apesar de andar toda beliscada para saber se não ando a sonhar, tenho consciência que mereço. Chamem-me presunçosa... Mereço e pronto.

 

Se tenho a minha vida preenchida?

 

Tenho...

 

 

Tirando o facto de estar a morrer de saudades da Faixa de Gaza...

 

Neste novo trabalho ganho mais 150 euros mas também trabalho o triplo e ando tipo cão vadio cheio de sarna, de patas atadas e sem forma de se coçar...

 

 

 

 

Vou criar o Movimento B.U.G.A.T. ('Bora Usar Ganga Amanha no Trabalho)...

 

Penso que, de calças de ganga, metade das pessoas ali seria mais simpatica e menos sonsa... Melhor ainda... Menos caganeirosos a quem enfiaram o pepino no traseiro. Aquele que me tentam enfiar todos os dias visto que entro quando o primeiro turno da recepção entra e saio quando o segundo já está a arrumar as canetas... Já pensei partilhar a pasta de dentes com o Guarda Nocturno...

 

Não fosse esta minha capacidade de burra de carga ou aquela que dança sempre com a mais feia e já teria cortado os pulsos. Mas como sempre nunca desisto quando sei que sou capaz... Já disse isto? Já? Olha temos pena!!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

06
Jun09

 

 

Se não tivesse as unhas arranjadas já as teria roído até ao sabugo.

 

Se não tivesse tanta certeza que sim já teria desaparecido só para não sentir isto.

 

Se, por vezes, não mandasse certas opiniões às urtigas talvez não fizesse o que irei fazer.

 

Se continuasse com esta mania de ter sempre os pés pregados à terra talvez não voasse...

 

Se fosse há uns tempos atrás eu diria para me internarem porque estava a ficar louquinha...

 

Mas eu quero ficar nesta loucura até ela durar.

 

 

 

Faltam 6 horas...

 

 

Não tenho fome desde ontem à tarde e dei voltas e voltas na cama...

 

 

Quem me vê por fora pensa que estou calmissima... Mas por dentro estou tipo gelatina treme-treme....

 

 

Mas não tenho medo.

 

Seja o que Deus quiser.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D