Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!


05
Abr10

Foi...

por Pobre(o)Tanas

Foi susto... (In)felizmente...

 

 

Eu aqui já a fazer grandes planos de fraldas e fraldinhas, com a paranoia que já se notava a barriga e que tinha desejos de sumo de cenoura, que não podia beber muitos cafés e que os enjoos eram fruto de tudo isto... Nããã... Lá veio o "fresh"...

 

 

Até fiz um teste de gravidez (que deu negativo claro mas na minha cabeça era ainda muito cedo).

 

Uma mulher, depois de ter feito mil e um planos, sente-se um bocado desiludida e impotente perante um cenário sangrento numa simples ida à casa de banho para fazer xi-xi pensando que estar sempre aflitinha também é sinónimo de gravidez.

 

Até andei em foruns fazendo perguntas e pesquisando sobre dicas que podiam fazer falta no futuro...

 

Enfim... Ser mulher que quer ser mãe é fazer figurinhas tristes em frente ao espelho e longe dele perante o olhar assustado do namorido que vai fazendo contas à vidinha e perguntando que nome lhe vamos por...

 

 

 

Pior que tudo isto só mesmo a farmaceutica entregar o teste de gravidez e perguntar se não quero a pílula do dia seguinte ficando com cara de atrasada mental quando lhe disse que não senhora e mesmo que quisesse seria tarde demais...

 

 

 

E assim tudo se desvaneceu... Num penso higiénico do Pingo Doce...

 

 

--------------------------------------------------

 

 

 

Como é que num trabalho tão pequenino até ali as pessoas dizem mal umas das outras???

 

Será que ainda não aprendi que é tudo igual em todo o lado?

 

Valeu-me - durante três dias - a ideia de estar grávida e pensar que suportava na minha barriga mais um ser que pudesse ajudar-me a ultrapassar certas coisas do dia a dia da minha vidinha profissional... Agora que só tenho as "regras" refugio-me no café que mais parece água de lavar os pés dos caminhantes de Fátima e que nunca me acorda para a vida.

 

 

 

Felizmente que já percebi que engravidei psicologicamente meia duzia de dias. Valha-me isso pelo menos.

 

 

Realmente encaro as coisas a tempo.

 

 

Há pessoas que procuram ajuda psicologica. Eu vou ao McDonald's.

 

 

 

 

 

'Bora lá ouvir a musiquinha

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D