Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!


02
Dez08

 

 

Se eu tivesse coragem agarrava assim numa pedrinha da calçada, fazia pontaria em direcção aos meus dentes e TUMBAS! Em cheio! Ando há uma semana com dores por causa do siso, o que me afecta os restantes dentes. Infiltrou-se-me aqui assim um formigueiro de formigas (podia ser um formigueiro de carochas ou baleias azuis...) daquelas vermelhas que picam nas pessoas como se não houvesse amanhã (como se eu alguma vez estivesse em contacto com esses espécimes africanos e percebesse do assunto), de maneira que estou assim inchada no meu lado esquerdo (o mais bonito) e com umas trombas que se alguém me diz alguma coisa é expulso da irmandade do anel...

 

 

Ainda dizem que o dinheiro não traz felicidade! Uma pinóia é que não traz! Se eu o tivesse arrancava este gajo que aqui me anda a azucrinar o juízo e ainda espetava um arame à volta dos restantes para não os ter todos tortos... Sim tenho um complexo com a minha cramalheira... Odeio-a! Se já não tenho espaço sem o siso, quando este nascer ao abrir a boca pareço uma serra electrica pronta a devorar um pinhal inteiro... Qualquer dia pareço a Dalila Carmo... Mas pior porque a senhora ainda é gira e tem os dentes direitos...

 

 

 

Fim de semana prolongado chuvoso... Tirando o Sábado que andei na ramboia, os restantes dias foram passados de pijama e pantufas o máximo de tempo que consegui... As miúdas, parece-me que as baixas temperaturas não as afectam em nada porque deram pinotes e miaram esgalgadas com fome - que não têm porque é so gulodice - o tempo todo e eu de cabelos em pé... Andei a embrulhar prendas e de volta de outras e elas ali a espreitar, a afocinhar, a roer e esgatanhar tudo do género hermano "Epah deixa ver!!!" com os dentes, unhas e bigodes e nunca e somente com os olhos...  enroladas em fita-cola, papel de embrulho e neve artificial... Cheguei ao cúmulo de pensar em embrulhá-las também, espetar-lhes um selo e enviá-las para a ilha do Kuturupikamucho para passarem umas férias... Mas depois "Epah não porque eu até gosto delas!"... De maneira que a birra passou, enfiei-me na cama, as 3 a ver tv e ainda passámos pelas brasas... Somos felizes!

 

 

Hoje, primeiro que abrisse a pestana para vir trabalhar, foi preciso mandar uma cabeçada na parede para ajudar também na dor de dentes...

 

 

De maneira que estou assim a modos que - e já deu para reparar - um bocadinho, perdão, um bocadão, embirrante...

 

 

Preciso de mimos!!! E daquela frase estúpida que os pais dizem após uma queda dos putos: "Pronto já passou...".

 

 

 

 

 

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhggggggggggrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr renheck renheck...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D