Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!


21
Nov08

 

 

9 e 20 da noite e enfiei-me na cama. Fechei portas e janelas ao mundo e deixei-me estar com a minha neura. E dormi com ela. Estava tão lixada que nem tive frio, aliás o calor dos nervóticos bastou-me porque tinha os pés em brasa, nem me custou a adormecer. Foi tiro e queda! Tipo "Ahhhhhhhhhhggggggggggggrrrrrrrr renheck renheck".

 

Eram 8 da manhã levantei-me, tomei duche, vesti-me como pude e espetei o trombil na base, tipo como enfiamos a cara num bolo cheio de creme. Pintei os olhos como se fosse para o engate e assim vim eu para a rua.

 

No comboio estava tudo a olhar para mim. Mas não, eu não estava com mau aspecto. Estava mesmo de trombas. Mas pelo menos estou pronta para a porcaria da festa de hoje. Estou disposta o suficiente para aturar isto.

 

A Psico acabou de entrar, cumprimentou-me com dois beijos (bleckkkkk) e até deu choque... Vem-me cheia de electricidade estática... Por isso é que aquele cabelo está assim... Parece um rato com gel. Lembram-se das lentes de contacto? Quando ela me acordou uma vez na minha sesta de hora de almoço (no verão e um calor daqueles) para me dizer que tinha lentes de contacto? Pois bem só ontem é que as começou a usar... Parece um saguim - seja la o que isso for, deve ser um macaco - misturado com o Mr Magoo porque ficou ainda mais pitosga...

 

Diz que deixou de fumar. Sim sim... E o tempo que demora no intervalinho e vai à rua não é o tempo de um cigarro... Eu nasci ontem...

 

O meu amigo velhadas e eu já nos rimos hoje, tal como eu, ele é contra a festa ou pelo menos contra esta palhaçada toda... Diz que tinha visto, quando entrou, um camião e pensava ele que estavam a descarregar leitões. Que deveria ser para o nosso lanche... Que pensava que iam contratar uma empresa de catering... Ele consegue ser pior que eu...

 

Eu devo ser a que vai servir às mesas. Pelo menos já tenho o cachecol que vou por no braço e tenho ali um quadro que serve de bandeja para o caviar e canapés... E o casaco... Como é branco disfarça bem...

 

 

 

Deus me acuda no dia de hoje...

Autoria e outros dados (tags, etc)


20 comentários

Imagem de perfil

De Pobre(o)Tanas a 21.11.2008 às 16:44

Meu incrivel Samuel quem me dera ser tambem eu poetisa. Mas poemas nunca foi o meu forte... Mas adorei o miminho:)

É verdade hoje despedi-me assim das miudas como um foguete mas logo logo tenho mimos para lhes dar. Talvez hoje durmam com a "mãe". Assim como prenda dos dias que passaram e por egoismo do ser humano não lhes tenho dado tanta atenção como merecem. Por vezes tambem sou má "mãe"... Ou pelo menos tenho medo de o ser...

E tenho reparado que julgas que seja capricórnio, mas meu amigo, sou taurina! LOOL tambem tem corninhos, tem, mas bufa muito mais! E rumina muitoooooooo!!!

Meu querido amigo! Que bom ter assim amigos e pessoas tão queridas que estando a uma distancia de um "click" me apoiam em momentos como o de hoje que o mundo conspira contra mim... Sou uma felizarda!

Beijinhos ranhosos porque acabou de me dar para o sentimentalismo e para a lagrima no canto do olho, de maneira que fico assim a modos que ranhosa:D
Imagem de perfil

De samueldabo a 21.11.2008 às 17:41

J....
Estendo-te um lenço meio usado porque é o último que me resta. Achei-te Capricorniana , talvez pela história semelhante, de amor, que ambos vivemos em tempos diferentes, tão semelhante que deveria ter dado certo, para ti como deu para mim. Mas não deu...
Quero que acredites em como és virtuosa. Em como nos fazes bem. Em como escreves bem. Por isso atrais bons leitores.
Agora ando ansioso para ver obras tuas. Eu sempre acreditei que eras rica, mas perdulária das tuas riquezas. És a que menos acredita de ti própria, não tens vergonha?...Tens que me convidar para uma orgia de arte.
Beijinhos
Imagem de perfil

De Pobre(o)Tanas a 22.11.2008 às 17:23

Deveria ter vergonha? Como me ri agora. "Não tens vergonha?" tantas vezes ouvi isso. "Não tens vergonha de ser assim", "Não tens vergonha de estar assim?"... Mas a tua foi com carinho que eu sei:)

Espero um dia que nos envolvamos todos nessa orgia e mostremos o que somos, seja atraves da escrita, da pintura, da escultura, da musica, de tudo o que entendemos por arte e aquilo que não entendemos que seja... Nos já somos obras primas:)


Bom fim de semana:)
Imagem de perfil

De NEOABJECCIONISMO a 22.11.2008 às 19:15

Querida J.... Ler-te é um delírio para a minha alma. Se eu tivesse a capacidade de ser mecenas (talvez alguém me leia, ou ouça, e acredite na minha capacidade de descobrir talentos)) financiava a tua criatividade. Sem medo de errar.
_Pobre,o que precisas? Uma mesada? certo .Um atelier sem renda? certo. Uma casa decente e confortável com direito a gataria? certo. E nascia uma estrela,mais rápido que do modo que tem de ser, a pulso, aos encontrões, quedas eminentes e vivências alternadas de maus e bons momentos.
Bom Domingo
adoro o teu ser mulher
beijinhos
Imagem de perfil

De Pobre(o)Tanas a 24.11.2008 às 10:02

Já és o meu Mecenas:)

Beijinho, amigo:)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D