Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!


22
Abr10

 

 

Depois de ter assinado o contrato dei conta que afinal ODEIO aquele trabalho.

 

Ok começo a pensar que o problema é meu que sou um bicho do mato mas depois chego à conclusão que apenas não fui integrada na equipa, que almoço sozinha porque odeio ouvir a coleguinha burra e o panisgas do outro a falar da outra que não se mete na vida de ninguém, que estou virada para uma parede como se tivesse de castigo na primária enquanto os outros estão virados uns para os outros e para a janela, que me tiraram ferramentas de trabalho porque vim de uma empresa superior e concorrente àquela e portanto venho munida de "fibra" a mais para o trabalho que me puseram a fazer e não querem que eu saiba muito. Simplesmente não tenho ferramentas para trabalhar de modo que demoro mais tempo que os outros no entanto não quebro, não me vergo e saio à minha hora.

 

Tanta caganeirice lá dentro e depois mandam-se todos para o "alho" e para a coisa da prima. Tratam o director geral por tu e só não o mandam ir cagar tambem porque para eles o boss é "fixe e não merece"...

 

Não há respeitinho nenhum.

 

Depois de ler o contrato acho que vou, um destes dias, mandá-lo às urtigas...

 

 

Será que sairei penalizada pelo abandono de posto de trabalho?

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

15
Abr10

Toca a andar para a frente...

por Pobre(o)Tanas

 

Sempre achando que passo de cavalo para burro no que toca à vidinha profissional criando expectativas que acabam furadas e que se comparam entre o cocó e as ervilhas de cheiro eu...

 

 

 

 

 

Não desistirei nunca de ser e estar sempre bem melhor... pois claro que não...

 

 

Já disse que sou como a Tartaruga da fábula?

 

Devagarinho chego sempre à meta... Mesmo sendo uma tartaruga coxa...

 

 

Um dia chegarei lá... Só não sei quando.

 

Mas como dizia a outra "Isso agora não interessa nada..."

Autoria e outros dados (tags, etc)

05
Abr10

Foi...

por Pobre(o)Tanas

Foi susto... (In)felizmente...

 

 

Eu aqui já a fazer grandes planos de fraldas e fraldinhas, com a paranoia que já se notava a barriga e que tinha desejos de sumo de cenoura, que não podia beber muitos cafés e que os enjoos eram fruto de tudo isto... Nããã... Lá veio o "fresh"...

 

 

Até fiz um teste de gravidez (que deu negativo claro mas na minha cabeça era ainda muito cedo).

 

Uma mulher, depois de ter feito mil e um planos, sente-se um bocado desiludida e impotente perante um cenário sangrento numa simples ida à casa de banho para fazer xi-xi pensando que estar sempre aflitinha também é sinónimo de gravidez.

 

Até andei em foruns fazendo perguntas e pesquisando sobre dicas que podiam fazer falta no futuro...

 

Enfim... Ser mulher que quer ser mãe é fazer figurinhas tristes em frente ao espelho e longe dele perante o olhar assustado do namorido que vai fazendo contas à vidinha e perguntando que nome lhe vamos por...

 

 

 

Pior que tudo isto só mesmo a farmaceutica entregar o teste de gravidez e perguntar se não quero a pílula do dia seguinte ficando com cara de atrasada mental quando lhe disse que não senhora e mesmo que quisesse seria tarde demais...

 

 

 

E assim tudo se desvaneceu... Num penso higiénico do Pingo Doce...

 

 

--------------------------------------------------

 

 

 

Como é que num trabalho tão pequenino até ali as pessoas dizem mal umas das outras???

 

Será que ainda não aprendi que é tudo igual em todo o lado?

 

Valeu-me - durante três dias - a ideia de estar grávida e pensar que suportava na minha barriga mais um ser que pudesse ajudar-me a ultrapassar certas coisas do dia a dia da minha vidinha profissional... Agora que só tenho as "regras" refugio-me no café que mais parece água de lavar os pés dos caminhantes de Fátima e que nunca me acorda para a vida.

 

 

 

Felizmente que já percebi que engravidei psicologicamente meia duzia de dias. Valha-me isso pelo menos.

 

 

Realmente encaro as coisas a tempo.

 

 

Há pessoas que procuram ajuda psicologica. Eu vou ao McDonald's.

 

 

 

 

 

'Bora lá ouvir a musiquinha

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

01
Abr10

A ser verdade....

por Pobre(o)Tanas

 

 

 

E se se confirmarem as minhas suspeitas...

 

Será filho/a da Minigeste e do Bactrim Forte!

 

 

 

 

 

Ai Deus me acude!

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D