Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!


27
Fev10

Aqui em casa....

por Pobre(o)Tanas

 

 

 

* "Semos" todos amigos *

 

 

 

 

 

 

 

A Piggy coitada é que ficou cortada disse que estava com mau ar por causa da sua acne e por isso não quis aparecer..

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

27
Fev10

Em dias de mau tempo....

por Pobre(o)Tanas

 

 

Leva-se o pirrolho à rua enquanto se passa pelo MCDonald's e se apanha um hamburguer feito às 3 pancadas, come-se à pressinha para se vestir o pijama e enquanto as gatas dormem e o cão come uma maçã no cesto, enfia-se um DVD e dorme-se a sesta!

 

 

 

 

Por aqui já vi as janelas e estores de uma marquise tombados pelo vento. De resto só mesmo o barulho e as sirenes dos bombeiros.

 

 

 

 

 

Bom fim de semana a todos...

 

 

 

 

 

Fiquem em casa!

Autoria e outros dados (tags, etc)

25
Fev10

Aqueles momentos:)

por Pobre(o)Tanas

 

 

 

 

 

*Aquela cumplicidade*

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Somos pessoas com óculos novos...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

25
Fev10

 

 

 

 

 

Opahhhhh!!!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

24
Fev10

E eu que ontem me "Limpei"...

por Pobre(o)Tanas

 

 

Estava eu descansadinha da vida a beber o cafézinho depois de almoço, toca o telemóvel...

 

 

 

 

Pessoas do tempo da outra senhora que queriam saber como eu estava, que se tinham juntado e lembrado de mim! Credo!!!!

 

 

Aquela "erva" devia estar mesmo poderosa!!!!!!!

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

 

Realmente ando tão "out" de tudo...

 

 

(Imagem tirada da Internet)

 

 

 

 

 

Só penso em campo, árvores, sossego e ter uma vaca leiteira chamada Camélia....

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

Hoje o meu chefe convocou mais uma reunião para oficializar a saída de mais um colega nosso, dizendo:

 

 

 

- É com muita pena que o R. nos vai deixar uma vez que é um excelente profissional.

 

 

 

Pensei para comigo:

 

"Ena... tu sobre mim disseste apenas que eu ia mudar de vida... E ainda gozaste com a situação..."

 

 

 

- Vamos por duas pessoas no lugar dele...

 

 

 

Ao que lhe respondi mentalmente:

 

"Para mim podes contratar o Rancho Folclórico de Cu de Judas porque bem vais precisar dessa gente toda para fazer o meu trabalho, oh urso!!!!"

 

 

 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

- Se fores morar para o Alentejo podias arranjar-me um porco preto...

 

- Pah não sei não...

 

- Podias pintar o chefe... Eu ficava com ele à mesma...

 

 

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

Cheguei a casa e enfiei-me na banheira com água e sal para tirar este peso negativo de cima de mim.

 

Há dias em que levamos para o nosso cantinho uma carga tão má que mal nos conseguimos manter de pé, discutindo por tudo e por nada.

 

Depois de ter renovado estou aqui fresca que nem uma alface.

 

 

Certamente que não retirou a chatice que é ainda faltarem quase 3 semanas para iniciar um novo ciclo para mim. Mas tirou o peso do dia de hoje em que decidiram que deveria saber de que fibra são feitos, inchando-se todos sempre que eu passava para eu perceber - qual cachorro - quem são os líderes da matilha.

 

 

Deveria um dia juntar o meu chefe com a Psico... Davam um belo casal. Um presunçoso e a outra com - apenas - a mania que sabe mandar. Tínhamos o casal sensação.

 

 

Eu não preciso de saber quem está acima de mim na cadeia laboral, nem tão pouco lidar com eles, até porque sei bem o espaço que ocupo e que as normas são para cumprir e eu gosto de ter regras. Agora penetrarem no meu pequeno círculo e tentarem violar a minha privacidade, entrar à força na minha bolha isso não deixo. Talvez um trabalhador tenha que deixar, talvez eu esteja errada mas esta sou eu e só entra na minha bolha quem eu quero, até porque nem toda agente respira o mesmo oxigénio que o meu.

 

 

Por vezes dou-me ao luxo de ter 5 min para observar toda aquela gente e ouço uma voz dentro de mim que me diz: "Pobres deles que não sabem... Deixai-os estar... Não sabem... Não querem ver..." e retomo o meu trabalho; digo umas piadas sobre um qualquer assunto em mãos ou sobre a vidinha dos meus macacos do nariz e traques e assim fico... Pena que só eu naquela empresa mande peidos e tire macacos do nariz, mais ninguém o faz... Por isso andam inchados...

 

 

Adiante...

 

 

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

O Mundo anda a palpitar como se fosse uma enorme ferida infectada... Penso para mim e pergunto-me se não nos vamos arrepender muito... Vão haver mudanças mas eu já não vou avisar mais ninguém.

 

Alguns dos meus já se encostaram às "boxes" esperando para ver e cansados de lutar. Vão-me indicando o que fazer e eu sigo as normas indicadas, as regras como se tratasse de uma conta complicadíssima, vou somando e subtraíndo, dividindo o que posso pelos outros que só se multiplicam se assim o desejarem.

 

Até lá vou "fazendo as malinhas" mentalmente até não chegar a hora de fazer mesmo as malas de verdade e partir para um sitio seguro tanto para a minha integridade física como psicologica bem como para os meus.

 

 

 

 

E................

 

 

 

Já postei mais um peidinho...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

23
Fev10

Força...

por Pobre(o)Tanas

 

 

Muita força para a Madeira e um abraço de coragem a cada madeirense que têm vivido dias tão negros...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

20
Fev10

Dia familiar...

por Pobre(o)Tanas

 

 

Dia cheio de emoções...

 

Quem me conhece, poucos, sabe que vim de uma família unida e que em pouco mais de 24h se desfez por desvaires e coisas irreflectidas. Quem viveu tudo isso - e ja lá vão quase 6 anos - sabe que foi não um terramoto mas uma catástrofe que fez todo o nosso reino desmoronar. Após meses e meses de lutas e coisas ditas para o ar que magoaram o pó foi assentando bem como as ideias e após todo este tempo cada um que fazia parte e viveu nesse "clâ" refez a sua vidinha conforme pôde e com o que restou.

 

Hoje, ao fim de 6 anos, parte da minha família juntou-se no mesmo espaço durante pelo menos 1 hora e pouco. Houve um abraço ou dois, um aperto de mão e meia duzia de olhares para distinguir terrenos que podiam ou não ser pisados. Um pequeno passo perante o que já fomos, um grande passo para aqueles que nunca julgaram ser possivel vê-los a todos no mesmo recinto.

 

Posto isto ainda disse um "Olá!" à namorada do meu pai que hoje estava bem disposta.

 

 

 

Nunca quis mal a ninguém e a ela muito menos. Nunca estive contra a relação dos dois até porque são contas que nada fazem parte do meu rosário e por dá cá aquela palha a Ana começou a pensar que eu era contra tudo o que a pudesse representar na vida do meu pai e avó. Quando eu nunca me meti nem tão pouco opinei fosse sobre o que fosse. Pelo que, e a pedido exclusivo do meu "velhote", lá enfiei o orgulho onde as galinhas gostam de levar e dirigi-me ao território dela para manter uma conversa civilizada quando esta poderia ter sido sempre assim.

 

Quem nos vê agora não quer acreditar que já fomos quase como irmãs/amigas/confidentes... Apenas arrefeceu com a minha saída de casa e está claro, o  meu afastamento - e porque agora vejo ter sido o melhor para eu começar a bater asas e voar... Há pessoas que têm a mania da perseguição e eu confesso não ter feito muito para que deixassem de pensar assim. Até porque gosto de estar no meu canto sossegada e porque nunca tive paciência para amizades "lapa" e da "SMS a toda a hora"... Feitios!

 

 

De qualquer forma a coisa hoje correu toda bem e deu para carregar baterias. O "namorido" apanhou laranjas, andou a dar de comer aos bichos com os meus velhotes, sujámo-nos todos de lama, andámos com as cabras, cães e galinhas e acima de tudo fizemos com que o Pablo tivesse um dia em cheio atrás da sua mais recente conquista - A Popota - de forma a vir todo esfanicado de cansaço para casa. Já chegámos há 5 horas e ainda nem abriu os olhos.

Melhor ainda foi o facto de pessoas que quero tão bem e que tanto tempo estiveram sem se ver, se juntaram para apoiar a equipa da minha "pirralha".... Realmente os miúdos fazem milagres...

 

 

Eu gosto muito dos meus e só com eles me preocupo de momento. Só eles fazem com que eu tire esta preguiça de "nem sequer me vou dar ao luxo de mudar para que tudo esteja bem"...

 

 

Sinceramente tenho orgulho em mim porque apesar de meses de afastamento de algumas pessoas minhas, ora estava bem com uns ora com outros, consegui crescer e estar de bem com todos apesar de nem todos estarem de bem com alguns...

 

O que fomos e o que somos... Já me deixei de preocupar com isso. Agora é como estou e como estão? Estão bem? Optimo porque eu tambem...

 

 

 

 

 

 

Fixe, fixe era que deixasse de chover....

 

 

Deus!!! Eu sei que Te pedi em Agosto passado que viesse rápido o Inverno para eu usar as minhas botas novas compradas em saldos.... Mas pronto entretanto já comprei mais umas tantas e confesso que já estou a ficar fartinha...

 

 

Tenho de me lembrar que Deus de vez em quando castiga-me com Lombalgias Intensas quando me porto mal para sentir o peso do sofrimento que causo aos meus semelhantes e "irmãos"... Desta vez é com dores nos pés dos saltos das botas....

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

18
Fev10

Agora que perguntam...

por Pobre(o)Tanas

 

 

 

 

- Tens a certeza do que estás a fazer?

 

É a pergunta que mais me fazem nos últimos dias seguida da:

 

- É mesmo isso que queres?

 

 

É, senhoras e senhores. Sem tirar nem por coisa alguma.

 

 

Acho que vou fazer uma tshirt: "Sim, tenho noção, porque é o que quero." ou então como as do Rock In Rio mas versão "Eu Fui-ME".

 

--------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

Sinceramente acho que nunca tive tanta certeza na minha vida. Não digo que não ande preocupada uma vez que existe bem mais procura que oferta no entanto o facto de me agarrar a qualquer coisa deixa-me uma boa margem. Só tenho uma imposição que não me chateiem mais a cabeça do que aquilo que aguento e se me querem chatear muito ao menos que paguem bem por isso.

 

Apanhei um asco tão grande a todo aquele mundinho que me fica para emenda. Felizmente que vou crescendo e guardando para mim aquilo que sinto e o que sei de mim. Mostro o que quero, a vida que me apetece mostrar. Dou o que quero de mim e busco a minha força interior para não ligar ao que pensam e dizem mas todos nós temos o nosso copo e o meu encheu. Há quem tenha um de shot e desista logo, o meu assemelha-se a uma caneca de cerveja alemã.

 

Nunca me deram crédito. Sempre acharam que apesar dos meus 22 anos que não tenho arcaboiço... Temos pena mostrei por A + B que sou capaz e que ao fim de quase um ano as unicas queixas que poderão ter é de ser uma pessoa bem disposta e alegre. Queixas porque a boa onda de algumas pessoas é algo complicado para muitas mais. Quero acreditar que assim o é porque a minha alegria pode prejudicar a evolução profissional dos meus colegas.

 

Posto isto e porque já deveria ter adivinhado logo na segunda entrevista em que me riscaram o curriculo todo dizendo "Isto não tem interesse", "Isto não tem nada de especial" (falando desta forma do meu percurso desde que comecei nas lides da vida adulta fora os biscates que fiz em adolescente), acho que não me merecem mais nada.

 

Pessoas que nos perguntam "Quem somos" ou "Que habilitações literárias temos" para poder melhorar as condições, não nos merecem. Pessoas a quem alguns de nós respondem "Sou Arquitecta" ou "Eu, senhor Eng.º, sou Advogado" não deveriam merecer nem o ar que respiram quanto mais o Porsche que os espera... Rebaixarmo-nos assim por 600 euros... Pela merda de 600 euros para fazermos face aos meses que cada vez parecem maiores. Para isso também eu puxaria não dos meus galões mas da minha capacidade de gaja com tomates e força para ampará-los a todos e chamar-lhes cambada de chulos e de fdp para cima!

 

 

Pessoas que, após o nosso horário de trabalho em que ficamos a fazer horas, nos mandam estar na net porque a inspecção está a chegar... Que depois dizem que estamos ali porque queremos...

 

 

Se tenho certeza?

 

 

Já estou a ouvir o "pip" das maquinetas do supermercado!

 

 

 

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

Aquilo é tão bom tão bom que até roubam a comida uns dos outros do frigorífico... Tão bom tão bom que a moça que nos leva os pequenos-almoços, almoços e lanches faz-nos passar por parvos.

 

- Uma de "canelones" se faz favor...

 

 

Manda-me uma porcaria de um bacalhau amargo com um arroz mais espapassado que se tivesse sido vomitado pelo meu cão...

 

 

- Olha... Eu sei que estão no início da Quaresma mas eu sou católica não praticante por agora... Gosto de comida com consistência... Ou seja, gosto de carne!

 

- Ah sabes é que o moço só trouxe isto e...

 

- Perguntavas se eu queria ou não.

 

- Não comeste né? Queres o dinheiro de volta?

 

- Um bocadinho... Se puder ser!

 

 

-----------------------------------------------------------------------

 

 

Posto isto até a minha velha guarda se foi toda embora e eu não fico cá para testemunhar a não queda de uma empresa em crescimento à pala do suor dos otários que lá estão dentro.

Afinal o que escrevi em Abril do ano passado em que dizia haver profissionalismo e respeito pelos outros foi apenas enquanto não entrei no esquema e não me enxerguei logo...

 

Se o mal é meu... "Num" sei! Apenas acho que me enganaram...

 

--------------------------------------------------------

 

 

Mais um prego para o caixão e siga para bingo que a vida tem alturas em que ou vai ou racha...

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

Ora bem antes de ter um pouco de sossego o que já fiz desde que cheguei não da minha saudosa Faixa de Gaza mas de Namek em Pé de Guerra Cheio de Fungos foi:

 

Limpar as porcarias que tanto o "rapazola" como as "miudas" fizeram que foi desde uma vomitar em cima das cadeiras da sala e ele comer o que restou (pelo que apenas precisei de passar um pano humido dado que não haviam bocados de coisas estranhas a pastar), limpar duas mijas (normalissimo para o cachorro que ainda não se aguenta da bexiga), apanhar os jornais sujos - aqueles em que ele acertou em cheio -, lavar o chão, fazer o jantar (sob vigilância de cima da mesa da Sodona Piggy o que lhe valeu uma palmada no traseiro), lavar a loiça (com vigilância da Zappa que decidiu beber agua da torneira), lavar a wc delas (com vigilância do Pablo que adora apanhar bocados de silica que trinca com muito prazer fazendo "crrock crrock"), enquanto se limpa a loiça ouvem-se barulhos na wc e deparei-me com a Badalhoca da Zappa dentro da sanita em que quase tive de usar o desentupidor para a tirar de lá de dentro, enquanto a estava a tirar, o cão rouba o "coiso" em que se põe aquela pastilha da wc pato que põe a água azul... Posto isto levo o rapaz e o lixo à rua. Volto e ponho a máquina a lavar com roupa que suas senhorias decidiram tirar do cesto e fazer um festim qualquer com elas, dou meia volta e sigo para lavar a cozinha, vou atrás do Pablo que enfiou na boca mais qualquer coisa nojenta e peganhenta do chão (ha uns tempos foi um Dr Bayard semi comido por baixo do movel dos livros) e após tudo isto vou a banhos que bem preciso... Não sem antes guardar o balde e a esfregona porque o senhor é louco pela água suja das coisas que se lavam cá em casa.

 

Eu aqui mortinha por um estrado com um cobertor roto e um bocado de palha para fazer de almofada e estes lordes a roncarem cada um na sua cama com os seus deveres diários cumpridos. Perdão... A Zappa está a afiar as unhas na mala do portatil. Foi-se deitar agora.

 

 

Volta Luís, estás perdoado!!! :D

 

 

 

Estes dias sem o Luís cá para falar e partilhar as coisas custam-me imenso. Precisamos de ganhar uns trocos.

 

Faltam 3 semanas para eu gritar "Freedom" como o Mel Gibson no filme BraveHeart enquanto é esventrado no potro.

 

Eu sou esventrada psicologicamente todos os dias... A minha estupidez é levada ao limite para aguentar a burrice dos outros. A falta de bom senso, de disciplina, camaradagem, de cultura e humildade para pedir ajuda ou esclarecimentos.

 

Ninguém cruza conhecimentos, ninguém pensa, ninguém quer saber mais do que o básico que lhes foi ensinado. Como burros com palas nos olhos seguem o caminho que apenas conhecem. Não quebram rotinas, não quebram regras para melhorar o funcionamento da coisa em si. 

 

Sobem na horizontal da forma mais podre existente, guerreiam atenções e ladram quando alguem sai fora dos parâmetros por usar calças de ganga ou rir um pouco mais alto, por ir tantas vezes fumar porque "não deve ter nada para fazer" sem nunca se pensar que se é capaz de acabar o que se lhe é mandado mais cedo porque não se perdeu tempo com porcarias futeis e conversas do diz que disse.

 

Não sabem o que foi o Crash nem em que ano se deu. Não sabem o que é uma ETAR e nem nunca ouviram falar da Guiné-Conacri... Para elas o Vulcão Vesuvio ou o Homem de Vitruvio de Leonardo Da Vinci é o mesmo. Um Ford lê-se "Forde"; Epígrafe é epigráfe e a Opel Vívaro é Opel Viváro. O cúmulo é a questão "O que é um U-P-L-O-A-D?" soletrado... E são elas Doutoradas...

 

Por favor.... Tirem-me daqui...

 

 

Eu não nasci para isto. Eu não pisei os meus miolos para isto.

 

 

Eu quero ir para um sítio em que não preciso que hajam enciclopédias mas pelo menos não tentem fazer em fanicos aquilo que construi mentalmente em quase 23 anos...

 

Pra mim só um supermercado em que apenas ponho os produtos no laser e aquilo faz "pip" e eu ficarei toda contente porque somente me pedem sacos ou questionam se há pilhas para vibradores. Faço as minhas horinhas e venho para casa igual ao que fui. Sem mais conhecimento mas também menos baralhada com a merdice que esta gente tem na cabeça.

 

Basicamente a ideia é ter um trabalho de menor responsabilidade a ganhar a mesma miséria - nem é passar de cavalo para burro é apenas passar de cocó para ervilhas de cheiro - tirar a porcaria da carta uma vez que ninguem se cala que eu o deveria fazer - no entanto sei que vai ser parte da minha morte (só 10%) - e voltar à faculdade e acabar os 2 semestres que me faltam.

 

Pingo Doces e afins esperem por mim!

 

Mas também não sei se acabar a Licenciatura é boa ideia uma vez que parte dos licenciados e merdas que tais ali dentro são piores que o meu pobre avô que tanto se esforçou para tirar a Quarta Classe para adultos. Felizmente existem outras maneiras de se ganhar experiencia e conhecimentos de vida não tivesse ele estado na Guiné-Conacri, em Nova Iorque, Paris e por esse mundo fora a soldar peças que se partiam...

 

 

Por falar nisso, este fim de semana recordámos-te como ha muito não se fazia. Já lá vão 8 anos. Já pouco me lembro da tua voz... Desculpa-me!

 

Sei que olhas por mim e que queres que seja sempre mais e mais. De ti herdei a vontade e a mania de arranjar coisas que acabo por destruir por impaciência como aqueles rádios que teimavas em arranjar e acabavam no lixo em pedaços. De ti herdei o "eu é que sei e tirem-me a vida se estou a mentir...".

 

Saudades tuas. Amei-te tanto, meu velho "pai".

 

Beijinhos da Bicharocas:)

 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

P.S. Nunca digam a uma colega que vão com ela de autocarro para casa e quando não a vêem saltam para o primeiro que aparece só porque decidiram à ultima da hora ir sozinhos para acabar o livro que tanto estão a gostar... Ela pode mandar parar o autocarro que entretanto já estava em marcha correndo atrás dele e sentar-se mesmo ao vosso lado como se não vos conhecesse... Assim a vossa vegonha é bem maior.

 

Aquilo que não faço pelos livros da Philippa Gregory...

 

E já vou no 7.º!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D