Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!


30
Set09

AIIIIIIII

por Pobre(o)Tanas

 

 

Os dias têm sido curtos para o estendal de coisas que tenho para fazer... E como um bom par de calças de ganga fica 3 dias a secar, o meu blog já deve ter umas valentes cagadas de pombos de estar tanto tempo estendido às moscas.

 

Pois bem nem vou falar de trabalho porque ando a ficar xelelé. Ontem entrei às 7 e meia da manhã e saí às 8 da noite com meia horita para almoço. Se ganhei horas extraordinárias? Hum... Ganhei.. Horas extraordinárias de trabalho apenas...

 

Na segunda fui fazer um exame às mamocas porque andava com receios mas a médica tranquilizou-me e disse que estava tudo bem. O dos joelhos vou aguardar pelo que a médica diz porque não percebo nada do relatório.

 

Aproveitei e lá convenci o Luís para irmos à exposição do Titanic no Rossio.

 

Se fosse para escrever tudo o que queria sobre isso não saia daqui o resto da noite por isso digo apenas que vão já lá amanha. Já ninguém me pode ouvir falar da exposição por isso remeto-me ao silêncio antes que me batam! Acrescento que só está aberto até dia 11 deste mês...

 

 

 

Amanhã talvez consiga escrever tudo sobre a exposição... Não vou conseguir resistir mais:D

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

Desde que estou neste trabalho que tenho apenas rasgos da minha inteligência e cultura de outrora... Rasgos esses que antes seriam diários e que agora ocorrem, talvêz, de 15 em 15 dias...

 

Para se ter noção vejamos a brilhante conclusão a que cheguei hoje:

 

B. - Ela poderá fazer inseminação artificial...

 

Pobre(o)Tanas - Porque? É estéril?

 

 

Eu que sempre fui o supra-sumo da cultura sexual saí-me com esta... Eu que era culta, sabia coisas formidáveis... Que tinham piada... Agora transformei-me nisto... Num ser denominado "Bobo "Burro" de Corte"...

 

Obvio que fui gozada apesar de saber que, ha uns meses atrás, nunca cuspiria um "monstro" destes pela boca fora... Isto era básico e eu fui castigada... E sei porque o fui... Porque uma vez um amigo disse que uma mulher nunca engravidaria se não tivesse um orgasmo... Ao qual eu respondi "Seu paspalho, a tua mãe decerteza que não se veio quando te fez e tu estás aqui...".

 

Eu mereço... Mereço estar lerda... Merecia castigo pior...

 

Preciso de ser injectada com neurónios... E deveria pensar antes de falar, isso é certo...

 

 

Precisa-se de meia duzia de enciclopédias, pfv...

 

Neste momento o meu cerebro dá atenção a Perdas Totais e IDS Credor... Aos 40 processos diários que possuo, a um perito por cada processo que tenha em curso e o qual tenho de controlar... Tenho dezenas de homens na rua que preciso de lhes meter mão antes que as coisas fiquem negras...

 

Sou uma pastora e eles o meu rebanho! Rebanho esse que além de querer que façam o seu trabalho, me preocupo com eles... Que não fiquem mal vistos nem eu... E muitas vezes preocupo-me se chegam bem, se estão bem. Tenho os clientes que deveriam estar no topo das minhas preocupações como acontece com maior parte dos meus colegas. Mas para mim o mais importante são os "meus" homens, os meus soldados. E são tão bons meninos quando fazem tudo certinho  e não deixam aqui a pastorinha de cabelos em pé!

 

Dão-me na cabeça porque muitas vezes posso não lhes ter pulso mas acho que se for compreensiva para com eles e com alguns erros que possam cometer, que tenho deles o que preciso e até agora tem corrido bem. E como digo constantemente não vou discutir com um homem que anda neste "mundo" há mais anos que aqueles que tenho de vida...

 

Gosto tanto dos meus "maninos"! Tã lindes qu'eles saum!

 

 

Orgulho de "mãe" babada!

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

E de maneira que é assim que ocupo o cérebro... Já não tenho perspicácia... Já não sou tão prática como era. Nem tudo é lógico para mim e não tem sido com noites de descanso que isto tenha melhorado...

 

Efectivamente preocupo-me... Estou metida no meio do mulherio casado que fala no que dizem as revistas cor de rosa do café da esquina. No básico dos básicos. Do que veste a outra hoje... E isso torna-se hábito. O cérebro feminino dispersa-se em porcarias futeis desse estilo. Sempre foi assim por mais "machona" que a mulher fosse por mais que pensasse de forma simples e prática como um homem. A mais SheMale de todas as mulheres, onde estou, tornar-se-ia uma perita em perfumes e nas trezentas formas de fazer galinha de cabidela. Qualquer mulher ali, se se sentar numa cadeira de outra colega, fica grávida... Porque o projecto das que ali trabalham, presentemente, é ter o segundo filho - o primeiro eu ainda não estava lá. Miram as barrigas umas das outras, na gordura acumulada... Entretanto a coisa acalmou com a vinda da praia... Era ver quem trazia o maior bronze e claro a barriga...

 

Tanto se beija como se pregam rasteiras - mas isso sempre foi assim - contudo cada vez é mais intenso e eu vejo-me a cada dia que passa mais sonsa sendo verdadeira comigo mesma. Com a verdade engano as pessoas... Digo que estão fantásticas, lindas, magras para pensarem que estou a ser mentirosa - com aquele sexto sentido feminino para o cinismo - no entanto digo-o com verdade acabando por nunca se saber se o que penso é isso mesmo ou não.

 

Ali dentro nunca disse "Gosto" sabendo que não é verdade. Gosto e pronto. Se pensarem que estou a ser falsa, paciencia... Eu é que sei. E acabo por nunca me trair nem aos meus principios.

 

Talvez por ter que possuir um jogo de cintura muito cruel e que muito oscila entre altos e baixos para a minha maneira de ser eu não consigo desenvolver o meu cérebro no que toca à cultura...

 

Talvez seja uma desculpa... Talvez nem seja... Um dia descobrirei...

 

Até lá espero que volte à minha tolice com algum sentido prático e simples...

 

---------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

15
Set09

Coisas que se fazem por lá...

por Pobre(o)Tanas

 

 

 Apresento-vos um dos melhores amigos do Luís... 

 

 

O Ruca!

 

O Ruca é um burro - como já deu para reparar - mirandês apesar da pelagem dele estar a cair... O Ruca é um burro tolo que se rebola na terra para tirar piolhos e carraças. O Ruca come melâncias e faz muito barulho. O Ruca é um burro que não faz juz ao nome... Uma vez que não anda se nos montarmos nele...

 

Chamem-lhe... Burro!

 

É um gordo!

 

 

-----------------------------------

 

 

Este é o Tuba-Rão...

 

 

 

 

Depois de uma tarde de pescaria, ganhei ao Luís não em quantidade mas em peso com este menino... Foi devolvido ao lago com os restantes manos, obviamente - Não vá a PETA vir aí...

 

 

----------------------------------------------------

 

 

E pronto passo os dias Alentejanos assim...

 

 

 

 

 

 

Voltem férias! Estão perdoadas!!!

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

14
Set09

Carreirisses...

por Pobre(o)Tanas

 

 

Este fim de semana fui novamente para o Alentejo.

 

Chegámos sexta e no Sábado à noite, depois de tomar café e fazer algum tempo porque ele não queria ver o Michael Carreira, eram umas onze da noite, lá nos montámos na "burra" directos para as festas de Vila Viçosa... Meia hora para estacionar porque o Tolo queria levar o carro o mais perto possível - mesmo à homem - e acabámos por encostar a 4 Rodinhas a 1km de distância após duas dezenas de asneiras, meia centena de *BUFAS* e três ou quatro "Eu bem te disse...".

 

Chegados ao recinto o "show" Carreira ainda deveria estar a 2/3... E mais uma vez alguém "grafonolou" um "Eu não te disse??"...

 

Como apertou a fome de goluseimas dirigimo-nos à paparoca que essa sim é que caiu bem demais.

 

Mas o Michael "Miguel" Carreira não é muito, digamos que, invisivel e inaudivel... O homem ouvia-se, talvez, em Lisboa para mal dos meus pecados.

 

Digo já aqui que não tenho nada contra a música dele e nem me estou a defender e vão já perceber porque...

 

Para mim, até àquele dia, o filho mais velho do Clá Carreira era-me indiferente e não mais que isso.

 

Como qualquer artista tem as suas fãs, tem os seus quês, tem as suas merdices e isso já lá foi no tempo dos Excesso e dos Backstreet Boys que me fazia comichões e pele de galinha.

 

Como sou uma pessoa que dá o benefício da dúvida, enquanto trincava o meu pão com chouriço deixei-me ficar a ouvir com atenção o que o moçoilo poderia dizer para que eu pudesse ter uma opinião formada para que quando ouvisse bem ou mal dele pudesse intervir porque tinha visto e ouvido e não porque lera numa revista cor-de-rosa na sala de espera da dentista.

 

E ouvi...

 

Ouvi merda!

 

 

E por momentos tive vergonha de ter 22 anos porque ainda vou chegar aos 23 (idade que o rapaz disse ter) e poder, eventualmente, ser tão "poucoxinha"...

 

Após o fim de uma das músicas - cujo ritmo bate sempre no mesmo - o Michael Carreira solta algo como isto:

 

- Blá blá as raparigas de Vila Viçosa são lindas e eu sou solteiro mas tenho que vos confessar uma coisa... Como sabem eu sou tímido... E não acreditem no que as revistas dizem mas... Tenho 23 anos e sou virgem...

 

 

UAUUUUUUUUUUUUUUUUU

 

Miúdas a gemerem, a espernearem-se e a gritarem "ÉS TÃO BOM, ÉS TÃO BOM"... Como numa dança de perús que beberam cafeína em época de acasalamento.

 

Acho que o chão até tremeu - O Luís não deu conta porque estava embeiçado pelo meu pãozito. 

 

Depois de meio minuto de berraria - mais alta que os foguetes da festa que normalmente são históricos - chama uma gaiata ao palco e diz-lhe que podem ser ou namorados, ou amantes ou o raio que o parta, durante 5minutos... (A duração da música)...

 

Se não tinha opinião formada acabei de a ter... Ele realmente pode ser virgem mas que guardasse isso para ele uma vez que não tenho nada a ver com essas questões nem maior parte das pessoas que ali estavam e não tem que incentivar relacionamentos "fast food" a ninguém, principalmente a garotas que se baseiam nos Morangos para viver as suas vidinhas... Ou seja, agarrar nele e manter o nível de um homenzinho de 23 anos e não num parvalhãozito armado ao pingarelho com meninas.

 

Se é a forma de Macho Latino dele, se é a maneira como conduz os espectáculos, dar numa de galã barato, posso adiantar aqui que mesmo com aqueles fatinhos brancos e de fato de treino os Excesso e os D'Arrasar - apesar da minha visão de adolescente distorcida - eram bem mais apresentáveis e não falavam de virgindades em palco... No mínimo mandavam umas toalhas suadas para o público para este andar à porrada cá em baixo e mais tarde usar a toalha para limpar os pés depois de Educação Física.

 

Dei mais uma trinca no meu pão com chouriço e disse ao Luís para irmos dar um giro apesar da vontade dele de ir à tenda dos tiros e acabar à chumbada ao Carreirinha.

 

Valeu-me o entusiasmo dos homens Alentejanos... O Michael Carreira pedia para baterem palmas e eles

 

 

 

 

 

  

(Foto tirada da Net)

 

 

-----------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

Gosto do meu sossego mental...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

09
Set09

Basquetebol Queluz

por Pobre(o)Tanas

 

Foi criado um Blog de Basquetebol do Clube Atlético de Queluz - o NBQUELUZ Iniciadas. Ainda está muito verdinho por enquanto mas esperamos que cresça. Lá estarão postadas as novidades, fotos e toda uma panóplia de informação. Quem nasceu entre 1996 e 1998 poderá inscrever-se através do número de telefone que aparece e vir fazer parte da família que não pára de crescer com novas iniciativas e diversão. É um convite aos miúdos aqui da zona que gostam deste desporto e que queiram juntar-se a uma equipa animada, amistosa e com muita garra.

 

Os interessados ou curiosos poderão dar uma vista de olhos aqui ou ir ali à minha direita :)

 

 

"Pela Força Pela Raça
Eterna Dedicação"

 

 

E siga para bingo...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

09
Set09

Ora vejamos...

por Pobre(o)Tanas

 

 

Ora... Aproveitando o facto de ter estado ausente uma série de tempo - um mês? dois? - e porque a minha irmã me pediu - assim a modos que com jeitinho - resolvi vir aqui postar uma poiazita à minha maneira e dar um empurrão ao que a mana pedinchou.

 

Em jeito de resposta ao Kai:

 

Ele foi-se embora... Mas só naquele dia porque depois voltou, obviamente.  e as coisas têm corrido bem - pelo menos eu acho que sim - tirando o meu mau feitio matinal e nocturno.

 

Os dias no trabalho são o que se pode chamar apocalipticos. É tudo rotineiro e se não fossem duas ou três pessoas eu já teria cometido um homicidio colectivo ou no mínimo dos mínimos cortado os meus próprios pulsos para não sofrer mais.

 

Lembram-se da Psico?

 

Eu lembro. TODOS OS DIAS! Que saudades!

 

Lembram-se de como ela era?

 

Eu tenho uns 50 iguais a rodearem-me...

 

Vendo bem... Acho que os dias de trabalho na Faixa de Gaza eram mais pacíficos... Neste momento trabalho numa empresa que só lhe posso chamar IRAQUE!

 

"Impresa" Ruim de Atacantes de "Qalças" (de ganga) Unificada Eternamente...

 

Estive 5 dias de férias - não tinha direito mas como todos os que entraram um mês antes de mim já gozaram mais de 15 dias eu resolvi pedinchar também.

 

O meu chefe não mos quis dar... Mas quando não se consegue beber água do riacho vai-se à nascente e assim lá fui eu falar com outro chefão... E fui de férias.

 

Certo e sabido que rejuvenesci... Para envelhecer logo no dia em que regressei ao trabalho.

 

Chego a casa sem vontade de nada, nem de comer... Apesar de estar gorda que nem uma vaca leiteira em época de abundância de erva.

 

Continuo pobre e a contar os tostões mas quem não nasce rico sempre pode tentar virar o cu para a lua quando esta está cheia... E isto soou um bocado mal mas que se lixe...

 

As miúdas estão boazonas e malcheirosas como sempre. Há coisas que não mudam.

 

A Pamir andou uns dias desaparecida e lá veio com uma mamonas enormes e um cagueiro de quem andou no bem bom. Ou seja deve estar prenhissima.

 

A minha mãe vai casar - contra vontade dela (?) - e eu a pensar no que vou levar vestido...

 

E pronto tirando os meus fins de semana passados Alem do Tejo, onde recupero energias, a minha vidinha insignificante de ser pobre e de mau feitio resume-se a isto nos tempos que correm.

 

Espero voltar à carga ao meu blog nem que seja para falar de trabalho como sempre mas pelo menos escrevo uma porcaria qualquer...

 

Até já!

 

Ah... O pedido da minha irmã fica para o post seguinte...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D