Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!


22
Jan09

Shtttt...

por Pobre(o)Tanas

 

 

 

Porque

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Hoje não me apetece aturar coisas básicas, vulgares...

 

 

Estou a anos-luz disso...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Longe. Tão longeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee....

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sim, é daí que eu sou!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E agora vou por-me a caminho da minha TERRA à procura dos meus semelhantes.

 

 

 

 

 

 

Até já...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

(Imagem tirada da net)

 

 

 

 

Pobre(o)Tanas olha para a imagem e pensa:

 

 

 

 

*Oh, que lindos...*

 

 

 

*Suspiro*

 

 

 

 

 

A parte não romântica e não ranhosamente emocional da Pobre(o)Tanas vem por detrás dizendo:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixa-te de merdices!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

22
Jan09

Daquelas coisas...

por Pobre(o)Tanas

 

 

Estou-me a sentir......

 

 

 

pequenina...

 

 

 

 

 

(foto minha...    quem ma roubar leva no focinho, aviso já!)

 

 

 

 

 

 

 

Ai... Precisava de um abracinho...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Que estupidez...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acorda p'rá vida, c******!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

21
Jan09

Fui injectada...

por Pobre(o)Tanas

 

 

- É a primeira vez que cá vem?

 

- É...

 

- De que se queixa?

 

- Dores nas costas, na bacia, nas pernas... Dores nisso tudo...

 

- Vai aguardar que a chamem à triagem...

 

- Como é a primeira vez, onde fica isso, essa coisa, erm... aquilo... coise... triagem?

 

- Atrás de si, naquela sala, por detrás das cortinas.

 

- Cortinas, certo. Obrigada.

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

- É a Pobre(o)Tanas?

 

- Sou.

 

- De que se queixa?

 

*Blá, blá, blá...*

 

- Vai ser chamada à sala 24 para raio-X, está bem? Mas aguarde ali naquela sala...

 

- Obrigada...

 

 

*remoendo coisas...*

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

- Oláááááááááá!!! És a Pobre(o)Tanas?

 

- Isso...

 

- Olha linda, vais-te despir da cintura para cima está bem?

 

*Olhando o enfermeiro de soslaio*

 

- Está...

 

- Usas soutien?

 

*Olhando para o peito...*

 

(Mas olhá lá oh parvalhão, tu num vês que sim???)

 

- Uso...

 

- Vais tirá-lo, está bem?

 

- E os piercings é preciso tirar?

 

- Se tiveres na barriga...

 

- Okay...

 

Chega mais uma...

 

- Olááááááá!

 

*Aqui são todos simpaticos, deveriam trabalhar lá no escritório, passava-lhes logo...*

 

- Olá...

 

- Olha deita-te ali naquela marquesa. Puxa as calças para baixo, está bem?

 

*Mexe, remexe, vira, revira, torce, retorce, puxa, puxa, empurra, empurra*

 

- Vá agora não te mexas. Nem respires...

 

*Tchack*

 

*Mexe, remexe, vira, revira, torce, retorce, puxa, puxa, empurra, empurra*

 

- Não te mexas. Não respira...

 

*Tchack*

 

- Veste-te e aguarda lá fora que já te chamam...

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

BONCKKKK *Pobre(o)Tanas Casimira Fonseca Galhão, chamada à sala 21...* BONCKKKK

 

 

- Olááááááááááááá!!! Pobre(o)Tanas???

 

- Sim...

 

- Olhaaaaaaaaaaaaaaa... Tens aí uma coisa no nariz que brilha...

 

- É... E tenho uma na lingua também... E no umbigo...

 

- Mostra!!!!!!!!!!!!

 

*Mostrando a língua feita animal amestrado num circo*

 

- Isso faz mal...

 

- Tá!

 

- Bom tens uma lombalgia Intensa... Tem a ver com o piercing...

 

- E mais?

 

- Tem nada! Brincadeira. Bem vais levar uma injecção. Voltas cá depois. Podes ir andando que já te estão a chamar lá fora.

 

- Tá!

 

- E puxa as calças para cima...

 

*Olho para a idiota da enfermeira ou médica que lá estava. Antipática como tudo... Não deveria fornicar há tantos anos quantos os que tenho no B.I....*

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

- Pobre(o)Tanas?

 

- Hum...

 

- Pode ficar aí, vou preparar a injecção. Já a chamo...

 

2 minutos depois...

 

- Venha comigo...

 

*Observo duas injecções que tinham vindo, via Correio Azul, da Faculdade de Medicina Veterinária, especialidade Equídea*

 

Os olhos arregalados das pessoas que ali esperavam, ao verem o que iria acontecer...

 

- Oh Sr.ª Enfermeira, deixe lá... Eu já estou boa. Olhe para mim! Até consigo saltar e tal... Não se mace...

 

- Vá venha lá...

 

e TRAU!!!

 

Em cheio no nalguedo!!!

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

- Pobre(o)Tanas dos piercings?

 

- Posso ir para casa?

 

- Podes...

 

- Adeus e até não tão depressa! Obrigada...

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

- Quero uma justificação para entregar no meu trabalho, se faz o favor...

 

- São 8euros e 40!

 

*Bufando*

 

- Obrigada...

 

- De nada e as melhoras...

 

- Para si também...

 

 

 

 

 

 

ODEIO HOSPITAIS!!!

 

 

Tempo (recorde) de duração: 2h +/-;

 

Dinheiro gasto (+ taxis): 20euros +/-;

 

Aspecto negativo: o enjoo da injecção;

 

Aspecto positivo: a pulseira amarela que me deram para por no pulso... parece aquelas dos festivais!...

 

 

 

 

Pelo menos não pensei mais nas dores que tinha... Tenho outra nova...

 

No Hospital Prof. Reynaldo dos Santos, teria saído com uma etiqueta no pé...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

21
Jan09

 

 

 

Esta DOR também é chamada principalmente de DOR NAS COSTAS, DOR LOMBAR ou LOMBALGIA.
Além destes nomes existem outros sinônimos usados popularmente como LUMBAGO, DOR NA CINTURA, COLUNA TRAVADA e até o exótico ESPINHELA CAIDA.

Geralmente a pessoa se queixa de uma DOR DIFUSA, na região baixa da coluna vertebral, próxima à cintura e acima das nádegas.
(Esta região da coluna é chamada de COLUNA LOMBAR).

A DOR no início pode ser leve e ir aumentando gradativamente, piora com os movimentos e melhora na posição deitada.
A coluna parece "TRAVADA" e o doente , devido ao espasmo muscular na região lombar, anda com o corpo rígido ou encurvado. Aos mínimos movimentos surge uma DOR ou uma PONTADA e o doente pode referir uma "FALHA" na sua coluna ou nas pernas "é como se as pernas não agüentassem o peso do corpo".

A DOR NAS COSTAS comum que todos nós conhecemos aparece principalmente pela manhã e melhora logo após você se levantar e começar a andar. Você sente DOR ao se curvar para lavar o rosto e sempre está em busca de uma melhor posição. Ela em geral desaparece e retorna no fim do dia e você não vê a hora de chegar em casa para tomar um chuveiro quente e se deitar, pois sabe que o alivio virá logo depois.

Este quadro doloroso pode se tornar crônico e estar sempre presente ou desaparecer e reaparecer em intervalos variáveis. Ela surge após a pessoa ficar sentada ou de pé por algum tempo você pode até querer interromper uma conversa para encontrar um lugar onde se encostar durante uma viagem, quando se fica no carro parado no transito ou mesmo durante uma sessão de cinema. Você começa a entendê-la e sabe até prever em que situações ela reaparecerá
.
Em certos casos ela é tão freqüente que a pessoa se sente realmente doente, pode passar por períodos de DEPRESSÃO, torna-se ANTI-SOCIAL e mal humorado e às vezes se pergunta, será que eu tenho uma doença mais grave, pode ser CÂNCER?
Estes doentes comparecem à consulta médica mostrando grande ansiedade e precisam reiteradamente serem convencidos que a sua DOR NAS COSTAS nada tem a ver com CÂNCER.

A DOR NAS COSTAS também pode ter início rápido e agudo, geralmente motivada por um movimento brusco referido como "MAU JEITO" ou queda.
Esta DOR é intensa e o portador vê-se obrigado a ir para a cama e lá você fica imóvel, deitado, não conseguindo se levantar até para tomar um banho ou se alimentar.
Esta dor afeta sempre um dos lados e dificilmente abrange os dois membros.
Em geral começa na nádega, parte de trás da coxa e a panturrilha.
Aos mínimos movimentos surge uma pontada extremamente dolorosa na nádega ou em algum local da perna. A elevação do membro é difícil ou mesmo impossível.

Quando a DOR se irradia ou "caminha" para as coxas e pernas ela é chamada de DOR CIÁTICA, devido a uma irritação ou inflamação do NERVO CIÁTICO.

Quando associadamente aparece FORMIGAMENTO ou PERDA DE FORÇA nas pernas ou PERDA DE SENSIBILIDADE, deve tratar-se de lesões mais sérias e,
o doente necessita urgentemente de uma consulta MÉDICA.



A DOR NAS COSTAS TEM CURA?

Esta é a pergunta mais importante deste SITE, e a resposta é SIM.
Na grande maioria dos casos a DOR NAS COSTAS tem um caráter benigno e a sua recuperação é apenas uma questão de dias ou semanas e a pessoa pode retornar ao trabalho com segurança.
Também com uma certa freqüência ela pode retornar periodicamente através de crises de intensidade variável.
Somente através de um correto tratamento PREVENTIVO é que se evitam estas crises repetitivas. A PREVENÇÃO É A CHAVE PARA O SUCESSO.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Olha a m****!

 

 

 

 

Ah mas diz ali que tem cura...

 

 

Menos mal...

 

 

 

Informação tirada daqui.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O QUE É DOR NAS COSTAS?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

21
Jan09

Finalmente!

por Pobre(o)Tanas

 

 

Enaaaaaaaa!!! Já vim trabalhar!!! A custo mas vim!

Estou feliz, pah! Estou mesmo!

 

(Quem é que fica feliz por vir trabalhar?)

Okay... Definitivamente não bato bem...

 

 

 

Hoje a Psico cheira pior que nos outros dias...

 

Eu faço cá tanta falta... Pelo menos para mostrar pela minha cara de enjoada que as pessoas devem tomar banho, no mínimo, uma vez por semana...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

20
Jan09

Daqui a uns 30 anos...

por Pobre(o)Tanas

 

 

 

Pobre(o)Tanas daqui a uns anos... Solteirona encalhada...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

*Suspiro*

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

20
Jan09

Já chegaaaaaaa

por Pobre(o)Tanas

 

 

Estou na mesma. Passei um filho da mãe de um dia na cama e estou na mesma! Nada fez efeito. Fui ver se tomava um banho, ao abrir a torneira constatei a falta da água, com a chuva por vezes falta... Estou farta!

 

Oh Tu aí em cima! Já tomei consciência do peso da minha estupidez... Já chega... Odeio estar dependente das pessoas... E já agora faz com que a água volte... Além do peso da estupidez, também sinto o peso da nha-nha que tenho pegada aos refegos do meu corpo...

 

 

 

 

 

 

 

 

AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!! Renheck-renheck

Autoria e outros dados (tags, etc)

20
Jan09

E assim fiquei...

por Pobre(o)Tanas

 

Estou mesmo chateada! As dores não me passaram, de maneira que fiquei em casa a vegetar... EU ODEIO FALTAR AO TRABALHOOOOO!!! Eu preciso de trabalhar não é ficar em casa, de cama, como se fosse uma doentinha terminal...

 

 

Odeio estar na cama. Odeio ter umas dores merdosas que não me deixem mexer. Que nervos! Se não fosse tão tarde ia bulir. Se não tivesse medo de ficar a meio do caminho ranhosamente dependente de alguém...

 

Ainda me levantei, pensei para comigo "Ah e tal eu agora levanto-me e como não tenho nada para fazer, vá de limpar umas coisitas... Assim aqueço e isto fica bom..."... Está bem! Estive a comer, lavei a wc das gatas e tive de voltar para a cama uma vez que já não andava...

 

E se fico assim amanhã???

 

Não vou pedir para me levarem ao hospital. Tipo... Não há dinheiro para ir de taxi e também não vou pedir. Fica mal. E no hospital que me fazem? Nada! Hospital é para quando temos um dedo torcido no minimo dos minimos... Não vou para lá tirar a vez a alguém que esteja pior so por causa de umas dores de bacia (sim é na bacia) e que me deixam as pernas inúteis.

 

O mais estúpido disto é o facto de me apanhar as fdp das pernas. Se eu não tivesse o problema dos joelhos aguentava-me bem. Até porque já tive dores destas há uns anos mas nunca mais me deu assim depois da oeração às rotulas... Agora quando me deram, atacaram-me as pernas... Fico sem me poder equilibrar...

 

Bom vou-me calar porque ninguém terá pachorra para ler os meus problemas ranhosos das pernas e bacia e porcarias assim...

 

Quer dizer... Este espaço é meu... Posso falar do que quiser...

 

Mas pronto também não me apetece...

 

Que nojo...

 

 

 

 

Raios!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

19
Jan09

Mais um castigooo

por Pobre(o)Tanas

 

 

Deus castigou-me forte e feio. Depois de ver que eu gozava com as pessoas que buscavam coisas estranhas aqui no meu blog, Deus, chegou ao pé de mim e disse-me:

 

- Minha Filha, terás de aceitar as pessoas tal como são... Com os seus defeitos e virtudes. E hoje não foste branda. E pior, gozaste com o facto de as pessoas escreverem mal... Muitas delas não tiveram a oportunidade que tu tiveste de possuir mais estudos. Sabes o que isto quer dizer, nao sabes?

 

- Que vou ser castigada?

 

- Hum-hum...

 

- Opah...

 

- Tem de ser...

 

- Bolas pah! Todas as semanas é isto - *Bufando stressada* - Pronto está bem. Mas algo assim de leve... Pode ser?

 

- Vou ver o que arranjo.

 

E assim, Deus, abriu a sua mala de castigos e tirou de lá um para me aplicar.

 

- Vais ter uma dor na coluna.

 

- PORQUE????

 

- Pouca coisa. Assim algo que te vai deixar meia rabujenta... Desta forma sentes o peso da tua crueldade para com os teus Irmãos...

 

- Epah fogo. 'Tá bem pronto. Bota lá isso...

 

 

 

E assim foi... Tenho uma dor que se alojou na coluna e que me atacou as pernas de tal forma que foi o meu amigo velhadas que me foi por à Estação. Pediu o carro da Psico emprestado e levou-me. Mas aquela víbora, como foi de má vontade que emprestou a porcaria da carroça, não nos disse onde ela estava e fez-nos andar rua abaixo e rua acima à procura. VACA! Has-de ter pior! E no cu assim não te has-de sentar durante 15 dias!

 

Até onde chega a crueldade das pessoas é algo que cada vez me assusta mais. Então mas se eu tivesse carro, se ela estivesse mal, não a levaria? Não emprestaria o meu carro??? Bolas, posso nao gostar dela, mas entre isso e não ajudar um ser humano, um semelhante a mim, vai um passo tao grande que nunca o faria...

 

Enfim... Mas o que interessa é que cheguei bem a casa. A D.ª Orlanda cuidou de mim e agora estou de cama a descansar as costas...

 

Como aconteceu isto? Senti uma dorzita antes de amoço nada de especial. Desci as escadas do estaminé, piorei ao ponto de não ter força nas canetas...

 

Bom, vou ver se durmo um bocado...

 

De maneira que agora estou aqui... Em casa... Deitada sem me mexer...

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D