Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!


28
Nov08

 

 

Afinal existe mais uma regra...

 

 

 

Regra n.º 2 - Nunca pintar o cabelo sabendo de vespera que vai chover...

 

 

Ou seja, NUNCA trazer um casaco de cor clara (neste caso branco)... Não vá a tinta escorrer - por mais que retiremos o excesso - com a chuva e manchar a roupa...

 

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

Descobri também, assim num momento de espasmo mental e brainstorming de coisas que me surgem na cabeça, enquanto fumo, que deveria ter carro pelo menos para as épocas do Outono e Inverno... Mas depois, pensei no Millennium BCP e mudei de ideias... Assim como assim vou emagrecendo andando a pé e usando os joelhos - como tal quando tiver 50 anos já estarei agarrada a um tripé porque os usei vezes demais... - o que é sempre positivo...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Queluz, 28 de Novembro de 2008

 

 

 

 

Ex.ºs Senhores,

Apresento os meus cumprimentos.

Venho com o presente mostrar o meu desagrado no que respeita às condições do prédio onde resido na Praceta **************. Espero que aquilo que vou escrever, seja lido por alguém que conheça os meus senhorios ou melhor, que seja da família destes, porque não fazem nada para que os inquilinos vivam sem riscos e nem sequer assumem uma responsabilidade deles que se esta a tornar um risco para os moradores do prédio em questão e para os que vivem em redor.

O "nosso" prédio está em avançado estado de degradação a nível exterior o que em nada se compara com o interior dos andares que todos nós temos mimado tanto e mantido conforme as posses de cada um. No entanto o senhorio nada tem feito para "mimar" o que lhe pertence e os moradores apesar de tudo conseguiram dinheiro para a compra de uma nova porta de entrada - comum a todos - para que não estivessemos tão expostos aos riscos que a noite poderá trazer, mudaram os interruptores da luz de todos os andares e têm mantido mais ou menos as coisas por amor àquilo que (n)os une como uma família de tantos anos a viver em conjunto.

No entanto o que nos tem dado mais trabalho é mesmo a claraboia do prédio. Todos os anos os vidros partem-se e mandamos colocar novos. Contudo este ano tal será impossivel de fazer porque a madeira da claraboia está podre logo os vidros mais cedo ou mais tarde cairão porque esta não os sustém. Sem vidros os pombos e ratos entram para o prédio minando tudo, chove lá dentro alagando os andares e mais perigoso ainda - porque maior parte dos moradores são idosos - tornando as escadas escorregadias e quedas dificeis de evitar. As nossas escadas estão cheias de toalhas, alguidares e tapetes que vão absorvendo a água. Qualquer dia temos musgo colado ao tecto para enfeitar um presépio.

São quatro andares e só 2 pisos estão habitados, os restantes estão à mercê do tempo. As pessoas foram morrendo e os pertences que deixaram continuam dentro dos andares em questão. O senhorio não os aluga, não faz obras, não limpa as casas e os quintais que estão cheios de bicharada que nos sobe para as janelas - desde osgas a pulgas que passam por debaixo das portas dos andares desabitados - Mais! O sistema de canalizações está velho e podre, temos os tectos das casas de banho a cair e já se conseguem ver os canos. Os estucadores não podem fazer mais nada porque o estuque não agarra ao tecto com tanta humidade. O senhorio, apesar das queixas, não tem feito rigorosamente NADA para alterar o estado de degradação do prédio. Muitas cartas foram enviadas em vão. Pior, além de constituir um risco para os moradores, o nosso prédio é um risco para os que estão ao lado. Foco mais uma vez a persistência de nós, enquanto inquilinos, para mantermos a situação através dos nossos meios e próprias mãos. Não conseguimos manter esta situação mais tempo. Já avançámos com mais cartas e vamos aguardar novidades.

Isto só serve para envergonhar os donos em questão e para mostrar que apesar de não podermos ir para outro sítio porque não temos posses para pagar mais por um aluguer, que queremos, no mínimo, viver com dignidade e conforto. Saber que estamos em segurança e que os que ao nosso redor vivem, que a possuem tambem.

Apesar de ser uma inquilina com idade para ser neta dos meus vizinhos, quero acreditar que passarão os restos dos seus dias sossegados e sem problemas a passear no Jardim e que vão regressar ao quentinho das suas casas sem lhes cair bocados de madeira, vidro ou tijolo enquanto sobem as escadas...


Obrigada por me lerem.

Bem hajam

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

28
Nov08

Pintar o cabelo em casa...

por Pobre(o)Tanas

 

Para quando pintar o cabelo sozinha:

 

 

 

Regra N.º 1 (e única) - Nunca deixar a tinta escorrer pela testa e orelhas abaixo...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

27
Nov08

Pipoquices!

por Pobre(o)Tanas

 

 

Se ouvirem algo como "Pum-Pam-Pum-Pam" sou eu a fazer pipocas no microondas aqui do estaminé... Agora está aqui um cheiro a milho queimado que os clientes, quando entram, dizem "Ah e tal cheira a pãozinho quente, que bom!"

 

 

 

Apetecia-me alguma coisa salgada então vá de fazer pipocas com sal...

 

 

 

 

 

Hoje, por minha vontade, teria praticado um acto de homicidio numa sucursal do Millennium BCP porque pronto não quiseram fazer aquilo que eu queria que fizessem... De maneira que continuo com conta de menor, apesar dos meus vinte e um anos, e não me abrem uma conta nova com menos de 250euros... Portanto não posso ter conta de menor porque já não o sou e também não posso abrir uma nova porque não tenho dinheiro disponível para o fazer... Logo faço como disse à Sr.ª lá do balcão:

 

- Bom, graças a Todos os Santinhos que tenho um colchão porreiro para esconder lá as minhas poupanças. Então muito obrigada e bom dia, sim?

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

27
Nov08

Ahhhhhhhhhhhhhh não aguentei!

por Pobre(o)Tanas

 

 

 


Então é assim: A Dr.ª Psico ontem trouxe a gata dela para o escritório. Ia ao veterinário com a "rapariga" e até aí tudo bem. Agora quando veio de lá trazia mais um transportador com uma "piquena" lá dentro. Ora imaginemos a cara do Dr quando vê o circo montado dentro da sala dela. Mantas, cestos, comida espalhada, água, caixote dos cagalhotos e uma gata a bufar por não gostar da outra.



À hora de sair foi o cabo dos trabalhos porque a gata mais velha queria arranhar a Dr.ª e assanhou-se como se o mundo fosse acabar! Agora imaginem ela a pedir ajuda aqui à Pobre(o)Tanas e eu assim atrás da porta com medo da bicha. Portanto a gata foi enfiada à vassourada dentro do transportador e comigo fora da sala porque quem não se metia lá dentro era eu...



Pela parte que me toca, as minhas "filhas" NUNCA iriam comportar-se assim. Eu sou muito boa "mãe" e tal, AMO animais e posso dizer que quase nasci no meio deles, agora se não me respeitam enquanto dona deles comigo não fazem farinha e a Piggy ou a Zappa bem que podiam fugir se se alterassem daquela forma. Comigo não. Até porque sou bem capaz de lhes dar umas lambadas a sério se fazem porcaria da grossa e venha de lá a Sociedade Protectora dos Animais que estou-me pouco lixando. Se fazem asneiras, se me arranham ou mordem, levam no focinho e isso é certo e sabido! Agora ela "Ah e tal nunca bati na minha gata...". Ora a sério? Porque será que o animal faz tudo o que quer?



Bom a tourada ainda não acabou porque a mãe da Psico - porque ela é uma solteirona que vive com a mãe - não a quer lá em casa. Portanto nada feito. Ofereci-me para ficar com ela UMA noite. O pior é que a Dr.ª queria que eu levasse, imaginem, a gata para minha casa e a trouxesse TODOS OS DIAS! E eu...



"O QUÊ??? Mas é que nem pensar! ´Tão ia eu carregada a pé para a estação com um transportador que pesa quase 5kg de manhã e à noite quando nem eu quase consigo ir e quase que não caibo dentro da carruagem em hora de ponta quanto mais com um gato??? Ah sim pois claro é já a seguir! Ainda por cima se me desse boleia até casa mas não! Ter "flhos" é muito bonito se tivermos quem tome conta deles... Nã, nã!"



Portanto a coisa ficará assim até terça feira, fim do prazo que o Dr. lhe deu para ela arranjar sitio para a gata porque aqui não fica...



Por mim, se não tivesse duas, ficava com ela, mas já lá tenho as minhas "porquinhas" que me dão tanto trabalho...



Ainda ontem me refastelei com elas ao colo e a darmos turras... Ai que bom... Na nossa caselas... Sem ninguém a dizer-me se as posso ter ou não! Dass!!!



Tenho pena é da pequenina que vai ter que ser devolvida e isso para o animal é stressante...





E pronto achei que era uma coisa digna de se contar e se não for, paciência, não leiam...





Quanto às prendas consegui gastar menos de 100euros.... Querem saber como? Hum... Quanto pagam? LOOOL



Sim que estamos em crise e tenho de fazer dinheiro com ela...





Bem tinha mesmo de contar tudo senão morria!!!



------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Dr., se vossemecê ler isto, pergunto-lhe assim como quem não quer a coisa:



- Sou ou não sou a pessoa mais normal do escritório? Hum? Que me diz?





Cumprimentos!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

26
Nov08

 

 

Aiiiiiiiii tinha tantas coisas giras para contar e não posso porque tenho tudo controlado aqui...

 

 

Bom posso dizer que este local de trabalho está infestado de gatos e mais não digo... Ficam aí em pulgas para saber...

 

 

Ah e posso dizer que já fiz as compras de Natal todas e, Senhoras e Senhores, em meia hora durante o almoço de hoje! Sou um espectáculo!

 

E que está um frio do caraças...

 

 

 

Quando puder, desabafo tudo. De qualquer forma sabem que estou bem...

 

 

 

Até jáááááááááá - já dizia o Jorge Gabriel!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

25
Nov08

Assim numa rapidinha...

por Pobre(o)Tanas

Shhhhhhhhhhttttt!!! É só para dizer que estou aqui mas escondida... Portanto não façam barulho para não me denunciarem...

 

 

 

 

 

 

 Sabe-se lá por mais quanto tempo tenho de andar assim...

 

 

 

 

 

 

 Não digo até logo... Isto agora é perigoso...

 

 

 Talvez até amanhã...

 

 

 

 Qualquer coisa mandem e-mail que isso posso ler. Ora era o mais que faltava agora não poder ler mail's...

 

 

Beijinhos e abracinhos... Mas escondidos!

Autoria e outros dados (tags, etc)

24
Nov08

URGENTE!!! Help, please! oO'

por Pobre(o)Tanas

 

Cheira-me que a minha Entidade Patronal descobriu aqui o Sou Minha...

 

 

Pois bem, se assim for, posso usar o Blog para duas coisas:

 

 

1.º Avisar que, enfim, sou uma azarada e

 

2.º para começar a pensar em colocar o meu CV aqui porque mais cedo ou mais tarde dar-me-ão um pontapé no traseiro!

 

 

 

Portanto Senhoras e Senhores, se precisarem de uma secretária, chata, refilona e com problemas nos joelhos, podem contactar-me. Mas para Lisboa que nós é pessoas que tem carta de condução que diz "Lisboa Viva". Logo só dá mesmo para Lisboa!

 

Tenho uma certa dificuldade em manter-me de pé ao fim de doze horas, se comer cebola ao almoço fico com mau hálito e tenho uma certa tendência para fazer furos no corpo que não sejam apenas nas orelhas (que isso é feio). Mas não se notam a menos que abra muito o nariz, a boca, mostre a barriga... Coisas que só faço na intimidade do meu lar.

 

Fumo mas só mesmo tabaco por isso se virem os meus olhos vermelhos é mesmo das lentes de contacto e de estar em frente ao computador há mais de seis horas sem óculos.

 

Frequência Universitária!!! Enaaaaaaa é o que tenho. Mais não deu. Mas se explicarem as coisas devagarinho e baixinho - não muito porque também sou um bocado surda - eu até sou um bocadinho inteligente.

 

Percebo de computadores, apesar de eles estarem sempre a desmentir-me, mas por norma trabalhamos bem em equipa.

 

Ah e como podem reparar, tenho um blog, gosto de escrever nele, então ficam já informados que poderão ser avaliados como patrões aqui e que tenho pelo menos 5 minutos de manhã, à hora de almoço e à tarde para escrever. Sem isso não irei conseguir agarrar-me ao trabalho porque, para tal, tenho mesmo de deitar tudo cá para fora porque se me faz assim um comichão no céu da boca e depois não consigo atender os clientes e muito menos falar inglês caso seja necessário...

 

Ah! Só mais uma coisa, aos senhores que sejam patrões, não tenho mamas boas - se estavam a pensar contratar-me para mas verem - mas tenho um punho que se fecha no tempo de um relâmpago e com a força de 2 elefantes machos, tresmalhados e enfurecidos, caso isso interesse para alguma coisa ou sirva para fazer entender o meu ponto de vista...

 

Muito obrigada, e se quiserem fotografia, googlem por "Popota".

 

Mais informações, no sítio do costume e não é no Pingo Doce que esses pagam mal...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

24
Nov08

Fumo! Muito fumo!

por Pobre(o)Tanas

 

 

Eu não gosto de advogados, mas gosto de fumar.

 

Ver um advogado a fumar é uma visão aterradora para qualquer fumador/a que não seja advogado/a.

 

Mais, pior ainda se disser que já não fuma mas que se esconde atrás das árvores a fazê-lo...

 

Isso sim, é vergonhoso para qualquer fumador/a que se preze...

 

 

 

 

E agora que já expus o pensamento que tive, há 5minutos atrás, enquanto estava a fumar, posso ir descansada à wc descarregar via anal tudo isto que se me revolta os intestinos...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gosto de mim! O resto é conversa!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

24
Nov08

Coisas...

por Pobre(o)Tanas

Por momentos, enquanto fumava o cigarro das 11:23, tive uma ideia luminosa!

 

Já sei o que vou oferecer pelo Natal! E para todos!

 

Ou seja, mais um problema resolvido.

 

 

Pitititititititi!

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

Não contei à bocado, mas vou contar agora.

 

O meu excelentíssimo pai, resolveu pegar na minha avó e na pseudo-namorada, e por fim veio visitar-me. Já não nos víamos há mais de um ano. E agora perguntem-me lá o que foi que falámos...

 

 

Trabalho! Ora nem mais! Depois de um ano a conversa girou em torno do meu trabalho. Ainda rodopiou entre "Tens o tecto da wc a precisar de obras" e "Essa aparelhagem que tens aí não presta para nada comparada com a que deixaste lá em casa.".

 

Estiveram comigo 45 minutos, no máximo. Cinco minutos lá em casa, que foi o tempo de ver os defeitos e pousar o saco das laranjas da quinta, e mais quarenta para beber café e passear pelo jardim de Queluz. A namorada dele não abriu a boca - para não lhe sair trampa - e a minha avó, sorrateiramente, enfiou-me 80euros nos bolsos.

 

Quando vi a velhota, que me criou e foi mais que minha mãe, senti um aperto cá dentro. Não lhe dou mais que dois anos de vida. Está tão magra e fraquinha. Espero que não seja por minha causa pelas saudades e muito menos por causa do trabalho que aqueles dois lhe dão.

 

 

 

Obrigada, pai, era mesmo isso que eu precisava de ouvir. Mas mesmo que a aparelhagem não toque CD's e o tecto da wc me caia em cima da cabeça, enquanto eu estiver a tomar banho, eu não saio dali. Mais, não voltarei nunca para casa.

 

Capiche?

 

 

 

 

Só me pesa a consciência pela minha avó. Mas a vida é mesmo assim. E quando me enterrei só me apontaram o dedo e nem ela saiu em minha defesa com medo do meu pai.

 

Temos pena!

 

 

 

Chamem-me neta ou filha desnaturada, chamem-me ingrata, traidora... Sou eu sei o que passei...

 

 

 

I don't care!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/5



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D