Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!


 

 

No dia em que os meus pais se conheceram, ele foi a casa da minha mãe arranjar-lhe o autoclismo... E só saiu de lá 20 anos depois...

 

Na minha casa, se o autoclismo avariar, fecho a torneira de segurança e nem que eu tenha de andar a despejar baldes de água de cada vez que usar a sanita...

 

Não quero cá homem nenhum a tentar dar uma imagem de canalizador de borla!

 

Tenho dito!!!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

Eu sempre fui um bocado desengonçada, em moçoila andava sempre a cair, a mandar encontroes em tudo o que passava por mim por falta de cuidado e sem qualquer elegancia felina no andar. Era rapariga do campo, da quinta e em tudo havia espaço para mim.

 

Depois da operação aos joelhos, já lá vão 4 anos, felizmente que nunca mais caí nem entropecei em formigas. Até hoje de manhã...

 

Sou uma pessoa com o seu "que" de vaidosa. Gosto de me arranjar, de me vestir com roupa bonita e cómoda e principalmente andar "nas alturas" já que Deus não me deu os 10cm que me prometeu... E como gosto de parecer alta, é obvio que gosto de saltos... Não daqueles fininhos mas em plataforma porque isto há que manter o equilibrio de forma graciosa e porque infelizmente não sei lidar com saltos "agulha" enfiados na calçada...

 

Contudo hoje não houve graciosidade em mim... Saí de casa... Ergui o queixo, cabelo mandado para trás das costas qual efeito hollywood e costas direitas... Sentimento total do género "The world is mine" ou "I'm "that" girl so R.E.S.P.E.C.T. yourself, boy!", peito inchado de sensualidade que brotava de todos os meus poros e... mais 3 segs e dei comigo no chão agarrada a um joelho e vermelha como um tomate por ter sido tão vaidosa ao ponto de cair.

 

"Toma lá uma rasteira vinda de não sei onde para esse ego descer um bocadinho que não te faz mal nenhum...".

 

 Não contente, esfregadela rápida na rótula, levantei-me, sacudi-me (efeito canino), cabelo para trás, costas direitas e desta feita, sorriso na cara.

 

 Se aprendi a lição? Não!

 

 Era cedo. Ninguém estava na rua a ver!

 

 

 ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

 

 

"E prá proxima não tragas esse vestidinho..."                      (ai *suspiro*)

Autoria e outros dados (tags, etc)

08
Set08

Mais mudanças!

por Pobre(o)Tanas

 

Ora estes dias têm sido a carregar os moveis, a montá-los, a pintar e tudo o mais.

 

Ontem fui buscar as catraias e estão, finalmente, a viver na casa delas!!!

 

Mudarmo-nos? Agora só para melhor! Espero não sair dali nos proximos 5anos e se tudo depender de mim vou enfiar-me em casa nos proximos meses a curtir a minha nova vidinha.

 

INDEPENDÊNCIA!

 

 

 

 

Fiz uma breve leitura nos meus posts todos e fiquei triste por não ter dado tanto de mim nestes meses. Também não posso fazer disto uma obrigação porque tornar-se-ia chato, mas enfim DEVERIA andar com isto para a frente.

 

Contudo não tenho tido paciencia para a virtualidade quando voltei a sentir a realidade das coisas, a saborear a vida novamente e a cheirar em pleno o aroma da alegria. Sinto-me graciosamente iluminada. Nota-se porque não páro de falar nisso...

 

Engraçado como crescemos dum momento para o outro...

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

O escritorio anda com um ambiente de cortar à faca no entanto mantenho-me na minha e nem ligo ao diz que disse que aquilo se tornou. Nem é nada comigo. Barafusto para os meus papeis e para o Sr. Dionisio que de cada vez que lá vai me atormenta com a sua tacanhez... O meu colega velhadas está agora na mesma divisão que eu o que dá para falar com alguém... Não lhe dando confiança porque não se pode dar mas falando de assuntos triviais que me ajudam a passar o dia. Mas o que tem custado é mesmo o ambiente de cinismo e desconfiança que tem vindo a aumentar entre socios. Pergunto-me várias vezes ao dia "Para quê tanta confusão?" se as pessoas não se podem dar bem, para quê tanta vontade de estragar os planos dos outros e tirar tapetes debaixo dos pes uns dos outros para competir por algo que não existe... Se é uma sociedade não ha que competir...

 

Enfim... Passando à frente...

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

Posso dizer que estou cansada? Posso???? Estou sempre a dizer isto eu sei mas para mim é uma frase como "Está bom tempo..."!

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

Posso dizer também que estou lisa? Que a casa fez-me gastar montes de dinheiro? Mas está linda:D

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

Não tenho pensado em porcarias, alias em pessoas que fazem mal, em coisas que sao nocivas, em sentimentos decadentes. Em nada! Felizmente que tenho superado estes ultimos meses com uma força que não sei onde fui buscar, sem pouco ou nada chorar, sem arrancar pedaços de mim, sem me meter em "estup(idos)facientes" que me alterariam a realidade das coisas belas que poderia ver sem nada disso.

 

E por falar nisso estou "fora" há 10 meses... E já cheguei até aqui e nesta linha me vou manter.

 

Tinha de o dizer, precisava de o dizer, já o disse...

 

E... Sozinha!

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Tenho a dizer também que infelizmente tenho ponderado na questão do meu leque de amigos... Tenho imensa pena mas... Preciso de estar assim. Não me afastei, não deito fora nem esqueço o que fizeram por mim, mas entre isso e estarem sempre a massacrar-me com coisas, prefiro afastar-me e recordar o que de bom passámos. Há alturas que cada pessoa segue o seu caminho, já não há aquela cumplicidade de "pah tou cá sempre" porque simplesmente passou a ser "ainda aqui tas?" ou "porque é que ainda aqui estás quando deverias fazer/dizer isto ou aquilo?". Esqueçam. Para bem de todos e de mim, estou cá quando precisarem mas por enquanto temos de "lavar" as nossas almas antes que rebentemos à tareia uns aos outros.

 

Não me considero egoista, apenas zelo por mim...

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

E hoje, para terminar, foi um dia de...... pepino... Apesar de muito pequenino e enquanto estive a trabalhar...

 

Já chega de desabafos... Vou até ao sofá...

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

 

 NOVIDADEEEEE FRESQUINHA!!! Já tenho as chaves da minha casa!!!!! Pronto novidades fresquinhas porque isto tem sido um turbilhão de emoções que nem sei por onde começar...

 

 Pois bem, na Terça entregaram-me a casa, fui vê-la e amei!!! Nunca pensei que estivesse tão boa e fosse tão tão tão gira! Já tem paredes pintadas de diferentes tons mas alguns já mudei. Tenho 1 quarto, 1 sala, 1 escritório com varanda, 1 wc  com uma banheira para eu me deitarrrrr, 1 cozinha com marquise e 1 pequena dispensa. Ora para que quero isto tudo? Não sei, mas adoro!

 

 A emoção é tanta, o medo de não conseguir paraliza-me, mas tenho fé que tudo vai corer bem. Além disso sei que tenho estrelinhas que me guiam e me ajudam muito. Tanto lá em cima como cá na terrinha. Por isso acredito mesmo que tudo vai correr bem.

 

 Tenho sorrido mas com alguma passividade. Rever pontos de situação, fazer contas, observar... Estou feliz. Nunca me senti tão "EU" como agora. Tenho apoio da minha família - da minha irmã, cunhado e sobrinha - (até da minha avó com quem voltei a estar 1 ano depois de ter saído de casa e o meu pai telefona-me ou manda-me um sms por vezes), de alguns amigos que mesmo longe perguntam-me como estou - são poucos mas gosto assim - e de pessoas que nada me são e ao mesmo tempo me são tanto e que tanto me têm ajudado.

 

 Tenho a casa praticamente mobilidada. Da ultima mudança fiquei com quase tudo da minha mãe. Coisas que comprámos quando fomos viver juntas durante aqueles 3 meses. Ou seja coisas novas. Como digo, tenho tido IMENSA SORTE!

 

 Estou desejosa de ir buscar as miudas, mostrar-lhes o nosso novo ninho onde ninguém nos vai tirar. É so nosso. O nosso reino. As minhas "barriguitas" vao ficar doidas:)

 

 Basicamente é isto... Tenho tirado fotos à casa mas nao tenho forma de as passar para o computador uma vez que ainda nao comprei um bluetooth e neste momento não é prioridade. Mas assim que puder arranjo.

 

 Não contei tudo ao pormenor mas estive com a minha avó, tal como referi mais atrás. Foi estranho. Tinha feito um ano que nao ia à minha terra. Não vi o meu pai mas sei que está bem. Visitei a quinta onde cresci, vi o meu cão e gatos que lá tenho e estão velhinhos (incrivel como num ano os animais envelhecem tanto) e ri-me ainda um bocado. Mas já não dá para mim. No fim do dia não quis voltar para Lisboa mas sabia que se ponderasse na hipotese de ficar de onde vim e tanto me custou a sair por medo de perder o que no final perdi, que iria sofrer mais. Assim ganhei coragem e prossegui com a minha vida e meti-me no comboio para Lisboa mais depressa que um foguete para fugir de uma realidade que me assusta, que me mostra que ali nada mudou, que a forma de pensar se mantém e as boquinhas maldizentes tambem.

 

 Por isso já que cheguei aqui, por aqui me mantenho. Venha quem vier, doa a quem doer.

 

 Sou eu, sou feliz, tenho a minha casa, as minhas gatas, parte importante da minha familia e amigos, tenho o meu trabalho, tenho-me a mim, gosto de mim, sou eu e acima de tudo sou minha!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 4/4



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D