Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!


25
Set08

Passadeiras...

por Pobre(o)Tanas

 

A coisa que mais detesto, no meu percurso casa/trabalho-trabalho/casa, são as passadeiras. Se há objecto/coisa/thing/coise/"aquilo" que me irrita são mesmo as passadeiras. E aquilo que mais me lixa acima das passadeiras são os automobilistas que nunca param para passarmos.

 

Pois posso dizer que chego a estar 2 min à espera que algum páre. E confesso que muitos páram só quando vou mais ou menos bem vestida. E acreditem, são quase todos homens. As únicas mulheres são as que levam filhos no carro com elas e devem pensar nos seus rebentos a passar a estrada e lá ficam mais conscientes para pararem.

 

Não raras as vezes que já tenho saltado fora das "zebras" por um automobilista parar mesmo em cima dela, porque teve que se desviar para não bater no primeiro que já tinha parado. E isto assusta-me porque têm basicamente obrigação de parar para nos dar passagem dado que não ha sinais que os obriguem a isso mesmo. No entanto vejo que não ha qualquer tipo de civismo. Pior, passam pela passadeira com mais velocidade ainda como se a mostrar que têm uma máquina possante. E digo mais, as mulheres são as piores.

 

Ontem que foi o caso, vinha com ar de refugiada do Iraque, e ninguém parou, a não ser aquando uma moçoila vigorosa e jeitosa pos-se ao meu lado para passar também... E quem parou? Homens, claro!

 

É obvio que não fico espantada quando tenho casos aqui em que as pessoas são atropeladas em passadeiras, ficam em coma durante semanas e em estado crítico e os condutores ainda fogem.

 

Já lá vão 6 meses, foi o primeiro caso que me apareceu à frente aqui no escritório logo no 1.º dia. A cliente tem basicamente a minha idade e até frequenta a faculdade onde andei. Esteve em coma e não lhe davam grande esperança. Ficou toda partida. O condutor vinha numa grande máquina e nem sequer parou. Atropelou a nossa cliente na passadeira. Nem prestou assistência. Teve azar. Um agente da PSP viu tudo.

 

Hoje ela já caminha, devagarinho. Mas perdeu um semestre na faculdade, perdeu o trabalho onde estava e vai ficar com sequelas para o resto da vida... 

 

São os nossos condutores...

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Imagem de perfil

De João Cacelas a 25.09.2008 às 13:32

Pois é. Eles passam sempre feitos doidos nas passadeiras e parar é mentira. Confesso que tenho sempre receio de entrar na passadeira até ver o carro que se diriga na sua direcção bem parado.
A minha táctica para atravessar passadeiras é, sempre que venha um carro, por um pé na estrada, esperar que o carro abrande, recuo até esperar que o carro pare e depois avanço. Pode parecer estúpido, mas dá resultado e por mais insignificante que pareça (atravessar uma passadeira), nos dias que correm e com os condutores que há, é um grande, grande risco para as nossas vidas.
Imagem de perfil

De Pobre(o)Tanas a 25.09.2008 às 18:26

Oh João eu até tenho medo que me passem com uma roda por cima do pé... Tenho mesmo receio. Passam de forma razante... Prefiro esperar até alguma alma caridosa ou algum otário que me queira ver o rabo queira parar e deixar-me passar.

Obrigada:) Beijocas
Sem imagem de perfil

De umcasoraro a 25.09.2008 às 13:35

Experimenta ameaçar com um pé ou inclinar-te para a frente, podes não conseguir passar, mas de certeza que lhes pregas um susto, o pior que pode acontecer é que um desses estupores se estampe contra um sinal de trânsito!!!
Eu pelo menos quando quero passar faço isso, pelo menos olham para mim por breves segundos o que muitas vezes me dá tempo de lhes mostrar um determinado dedo que tenho na mão!!!
O que acontece às vezes é que não param na passadeira mas param a seguir e saem do carro e tudo para dizer um monte de baboseiras, se isso te acontecer pega numa pedra e defende-te, lol...
Imagem de perfil

De Pobre(o)Tanas a 25.09.2008 às 18:29

Eles passam mesmo de forma razante aos passeios não há como me inclinar e com estes joelhos meio trapalhões ainda me espalho:D Depois há aqueles gajos que quando passas na passadeira ainda te apitam para te assustarem. Manda-los para o *#$%& e foges o mais que podes... Nem sempre ha calhaus perto!:D

Beijocas e obrigada:)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D