Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!


30
Jan11
Ver os episódios do programa The Hell´s Kitchen faz-me crer que já deveria ter desistido de cozinhar há muito mas muito tempo... Não tanto pela comida em si mas pela ausência de esforço e paixão com que pego na colher e mexo uma panela de sopa...




A minha irmã teima em afirmar que não sei cozinhar pois nunca provou nada do que eu cozinhasse. Pois bem posso garantir que sei cozinhar, sei fazer imensas porcarias e nem pego em receitas a menos que sejam pratos exóticos e merdas dessas. Não olho a quantidades, vai tudo a olho e se sair mal quem quiser faça melhor ou vá comer ao restaurante aqui ao lado. E também tenho mau feitio pois não gosto que me peguem naquilo que faço e às vezes tenho pegas com o meu Jacinto pois ele adora cozinhar e meter o nariz nas coisas o que por vezes deixo outras nem por isso, dependendo da neura.

Se me perguntarem se gosto de cozinhar digo já que depende. Se for algo novo ou que me apeteça imenso faço com gosto ou então com irritação pois tenho fome e nunca mais me despacho com aquilo para comer. Tudo isto vem de um passado em que não me ensinaram a fazer comida de espécie alguma sendo que aprendi a ver e a fazer experiências sozinha e também porque enquanto vivia sozinha dependia de um pacote de bolachas e um copo de leite à noite para jantar.

Tenho uma avó, mãe e irmã que cozinham lindamente e eu apenas não fui aproveitada. Pois tenho um paladar requintado e um toque fenomenal para a coisa pois sei que me saio bem em determinadas áreas. Quando tenho a certeza que o sei fazer as coisas saem bem, quando não tenho a certeza admito e deixo que o façam. Mas existem dias em que a certeza fica bem trás da vontade e a coisa acaba por chegar a umas míseras torradas com sumo de pêssego.

Mas uma coisa eu adoro cozinhar. Comida para os meus cães! Não há nada que me dê mais gozo que fazer uma panela de comida para cão. Restos de carne, massa, um caldo Knorr para dar gosto, misturar tudo com pão duro et voilá! Eles deliram, não reclamam pois não é a merdosa da ração habitual e até repetem. No fim arrotam e vão dormir de pança cheia! Nasci para isso.

É isso e lavar a casa-de-banho! Venha de lá a D.ª Maria, criada da Henriqueta Elisabeth da Cunha e Sá Fonseca-Galhão que não consegue fazer melhor! Se não tivesse panelas em casa a minha sanita servia perfeitamente! O meu bidé pode ser usado para beberem o melhor vinho da melhor reserva! A minha banheira é digna de um Rei Árabe! E o meu lavatório poderia ser usado para que a mulher mais bela deste mundo pudesse lavar a fronha nele!

Nah! Casas de banho é comigo e eu adoro limpar uma casa de banho! Nada me sabe melhor que sentar o meu rabo na minha sanita cheirosa e limpa! Não há nada que não seja branco nela! Aquilo brilha como um diamante em água cristalina! E isso é o que de melhor faço quando me armo em dona de casa.

Por outro lado sou muito desarrumada. Sou-o. Mas o Jacinto bate-me aos pontos. Mas sou-o com a roupa. A roupa de verão é misturada com a de inverno, tenho tudo ao molho enfiado em gavetas e caixas e pouco me preocupo se tem um botão caído. Maior parte da roupa nunca viu o ferro. Só passo camisas e no verão alguma cueca na qual possa ter passado algum bicho. De resto, tiro da máquina, sacudo bem sacudido e estendo o mais direito que posso. Sou desleixada quanto a roupa mas tenho sorte de ter um marido que não gosta de calças passadas a ferro e não liga a meias viradas do avesso quando são arrumadas. O que é certo é que as roupas ficam direitas e nem precisam de ferro. Por outro lado quem me vê vestida e ao meu Jacinto vê-nos impecavelmente engomadinhos e aprumados. Faço 4 a 5 máquinas de roupa por semana e não suporto roupa que fica estendida um dia e ganha cheiro do que quer que seja. Vai logo para a máquina novamente. Nisto sou péssima dona de casa contudo acho que o tempo pode ser aproveitado bem melhor que o passar agarrada à tábua de engomar se posso ter a roupa direita à mesma sem precisar de o fazer. Isto vem também do tempo de estar sozinha. Claro que se estivesse desempregada passaria a ferro pois tentava ocupar o tempo mas se existem coisas mais importantes a fazer a roupa será certamente a ultima coisa com que me vou preocupar.

Odeio lavar a loiça mas alguém acaba por o fazer. E normalmente tentamos não deixar loiça para o dia seguinte. Quando não apetece não apetece e fica assim como está. No entanto odeio ver a cozinha desarrumada e isso deixa-me paranóica. Daí que por vezes parecer que me contradigo. Odeio uma casa desarrumada mas eu sou desarrumada com outras coisas.

Mas sou asseada comigo, o meu Jacinto é o cúmulo do asseio somos com a nossa casa e daí que as coisas até correm bem. Certo que hoje limpámos tudinho e amanhã já estará uma desgraça com toda esta malta cá em casa. Terça-feira já estarei a bufar e a dizer mal da minha vida.

Não passo lençóis a ferro, os nossos corpos fazem-no lindamente, não passo fronhas, nem panos de cozinha, não passo toalhas de mesa pois não as uso e as do banho são dobradas apenas, não dobro meias como se fosse o Principe das Astúrias a calçá-las, mas sim enrolo-as numa bolinha, não tenho jeito para a custura a menos que seja para remendar uma pequena rasgadela ou pregar algum botão e se se notar muito a ausência dele caso contrário fica meses guardado à espera da sua vez. Limpo o pó de 15 em 15 dias e é só nos sítios que é visto, porque em cima dos armários é muito alto e eu só tenho 1,65m. Tenho imensas caixas e caixinhas onde guardo tudo e mais alguma coisa inútil mas que acho que posso precisar e safa-se o dossier da casa onde guardo todas as despesas, garantias e coisas que tais porque assim o exigi de mim própria. Lavo o chão quase todos os dias por causa dos bichos e porque fico cheia de comichões ao ver marcas de pés e patas mas isso tem razões de ser porque cá em casa só andamos de chinelos se nos apetecer caso contrário os sapatos da rua também servem. Não existem carpetes ou tapetes pois acumulam imensa porcaria e quanto mais simples o chão for mais fácil é de tratar daí que a tijoleira ou uma imitação dela servem perfeitamente. O balde e a esfregona estão sempre a postos...

Não sou a dona de casa perfeita mas quem quiser sempre pode usar a minha sanita sem medo algum...

Daí que preocupar-me com uma camisola que ficou desbotada ou uma toalha que está com vergões por falta de engomadelas não me tire o sono pois existem coisas bem melhores na minha vida que isso.

É mesmo aventa pr'aí que eu depois vejo o que fazer com isso...





Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Diversidades e Variedades;);) a 31.01.2011 às 18:15

Como me identifiquei contigo na parte da roupa =) sou exactamente igual...passar? detesto. Lavar loiça?? Detesto. A loiça tento nunca lavar, deixo essa tarefa para o H. Eu prefiro cozinhar...
Tantas semelhanças...não fossemos nós ter a mesma idade;)
Limpei a casinha toda ontem e hoje já a sinto suja :S é sempre isto...pudera com estes dois seres peludos fica sempre mais complicado..lool

Um beijinho grande para ti***
Continuo a visitar-te todos os dias e ADORO o que leio=)
Sem imagem de perfil

De Pobre(o)Tanas a 02.02.2011 às 21:36

É verdade! Para que desperdiçar o tempo dos nossos 23 anos agarradas a um ferro ou a um esfregão? Ahahahah!

Hoje é quarta-feira, aproveitei a ausência do Jacinto para fazer uma limpeza extra... Resultado? Limpeza igual à do fim de semana! Com direito a aspiração e "lavadura" de todas as divisões...

Amanhã já estarei a bufar...

Obrigada por me visitares, querida! Aparece sempre que queiras, estás à vontade!

Beijinho!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D