Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Agora sou esposa, mãe, completa! Mas continuo minha... Sempre!


13
Jan11

Cá em casa... Tudo bem!

por Pobre(o)Tanas
Hoje o dia nas calhoeiras foi calmissimo no que toca ao ataque ao meu ego. Muito eu gostaria que todos os dias assim fossem. As coisas correriam sobre rodas e eu tornar-me-ia ainda mais competente do que aquilo que apresento ser e sou, claro está. Sem pressão. Educadíssima. Tranquilérrima. Profissionalíssimamente profissional.

Mas não... Já sei que daqui a uns dias ou mesmo amanhã o meu estatuto passa de bestial a besta e que tudo o que tenho feito e organizado naquela empresa foi algo posto de parte, esquecido, diminuído e serei um zero à esquerda. Todos os cafés cremosos e dourados que servi aos clientes até então foram míseras chícaras de água castanha retirada de meias torcidas pertencentes a um qualquer fuzileiro que andou todo o santo dia no mato e na água. Todas aquelas pastas que abri para um começar de ano luminoso, serão batatas...

Por isso... Dou-me por feliz com este dia que passou e que me deu vontade de limpar a casa mal cheguei apesar de estar estafada.

Nunca pensei por mulher-a-dias. A minha mãe teve uma. Mas eu fazia as coisas a par com ela. Não gostava de a ver a limpar e eu refastelada no sofá a fumar e a ver televisão fazendo gazeta das aulas da Faculdade. Daí que se nem mulher-a-dias eu gostaria de ter quanto mais uma criada interna.

Quando for velhinha e rica - hoje joguei €11,00 no Euromilhões a ver se me sai alguma coisa. Foi a segunda vez que joguei mas desta vez marquei eu as cruzes que eu não confio na máquina - aí sim pode ser que queira uma empregada. Até lá, além de pobre, tenho um belo corpinho para trabalhar e fazer as tarefas que me competem enquanto mulher e dona de casa. Tirando isso vou pondo o meu Jacinto a apanhar a roupa e a dobrá-la. Não queria ele mais nada. É Sr. Engenheiro no trabalho. Cá em casa é simplesmente Jacinto. Quando não lhe chamo manassas. Como já frisei, cá em casa é-se igual ao outro. Tirando o facto de ele ser mais 'teligente que eu no que toca a matemáticas e engenharias correspondentes, eu lavo uma casa de banho como ninguém, indo mesmo ao "fundo da questão"... Enquanto ele faz uma coisa tão perfeita como só ele sabe fazer, eu faço outra coisa qualquer muito bem também, só não me lembrando agora do que será mas faço... E pronto unimos esforços cá em casa e isto desliza que é um regalo para as vistas de quem nada sabe ou nada tenta saber sobre como manter uma relação cordial.

Daí que não precise de uma empregada. Cá nos desenrascamos os dois. No entanto quando tiver um filho tenho plena consciência que terei uma depressão qualquer ao fim de 3 meses. Com um Jacinto que calça botas cheias de lama das calhoeiras dele, dois cães que mijam tudo o que é canto desta casa quando ninguém vê, duas gatas que dormem na roupa lavada e posteriormente um puto aos berros, cagado, mijado, cheio de fome e com uma panóplia de tralha para lavar, desinfectar, esterelizar, unguentar... Ah sim... O meu lado neandertal concerteza que virá ao de cima quando atingir o ponto de não retorno do auge da minha incapacidade de dar conta de tudo o que quis adquirir para ter a casa cheia de patudos de 2 e 4 patas como sempre quis. Mas até lá logo se vê... Tenho a certeza que o meu Jacinto não me abandonará e não emigrará para um país cheio de mulheres empinocadas sem nada a reboque. Como sempre terá a paciência de agarrar no cão e na cadela, pô-los no quintal, tirar as gatas de cima da roupa, limpar as mijas e ainda me perguntar se preciso de ajuda. Ao que eu lhe irei responder com toda a minha calma e descontração: O QUE É QUE ACHAS, PAH????!!!!HUM???  Seguindo-se um rol de queixas e demais descontentamentos da minha vida que não tenho sorte nenhuma, que a culpa é dele por termos um filho, que ele é que quis os cães e as gatas, principalmente as gatas quando ainda nem me conhecia quando as recolhi, mas na altura vou achar que sim ou inventar uma ideia qualquer de psicotelepatia pré-ajuntamento a dois. E que se não tivesse ido naquele dia ao chat nunca me tinha visto naquela situação. Depois o puto recomeça a chorar e nesta altura já aventei um sedoxil para debaixo da língua uma vez que os posso tomar sem risco de afectar a amamentação pois com aquilo que aqui tenho a nadar dentro do soutien comprado na secção pré-adolescente o miúdo bem morre de fome nos primeiros 2 dias...

Daí que empregadas internas, não obrigada! Preciso de emoções na minha vida...



Já dizia a Laila Dominique - Cada faxina, cada fresh...

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Diversidades e Variedades;);) a 13.01.2011 às 22:11

Continua a escrever, porque o fazes lindamente ;) tens aqui uma admiradora =) beijinhos***
Sem imagem de perfil

De Sarokas a 14.01.2011 às 10:56

hehehe bela descrição!espero que depois nomeio de toda a confusão tenhas ainda tempo para aqui vires e descreveres tudo como tão bem o fazes! ;)
Sem imagem de perfil

De Pobre(o)Tanas a 15.01.2011 às 11:06

Obrigada, moçoilas! É claro que virei escrever! Agora que tenho um blog novo e clean o que mais quero é escrever nele pois já estava a precisar!

Beijinhos grandes e bom fim de semana!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D